Lagarde pressiona Bruxelas para avançar com sistema europeu de garantia de depósitos

A presidente do Banco Central Europeu sublinhou que este sistema vai proteger a economia de choques externos e promover a influência do euro.

A presidente do Banco Central Europeu (BCE), Christine Lagarde, pressionou esta terça-feira a União Europeia a “fazer o que lhe compete” e concluir a União Económica e Monetária para reforçar o euro, nomeadamente avançando com o sistema europeu para garantia de depósitos.

“Nos últimos anos, a arquitetura da zona euro mudou substancialmente, mas tal como sabem, há elementos centrais que ainda estão por completar ou incompletos […] e é por isso que o BCE defende e vai continuar a defender a conclusão da União Económica e Monetária”, disse Lagarde, estreando-se na sessão plenária do Parlamento Europeu.

Falando num debate sobre a política monetária do BCE, a responsável apontou que falta, na União Europeia, completar a União de Mercado de Capitais e criar um sistema europeu de garantia de depósitos, mecanismos que, a seu ver, poderão ter um “papel fundamental de estabilidade em caso de existirem ou quando existirem choques externos”.

Prevê-se que este sistema europeu sirva de cobertura complementar aos sistemas de garantia constituídos a nível nacional, permitindo, assim, aos governos da zona euro respeitarem a obrigação legal de proteger depósitos até 100 mil euros em caso de falência de um banco.

“Não só iria permitir proteger os nossos padrões desses choques externos, mas também promover a influência do euro no mundo, incluindo torná-lo mais atrativo a nível mundial”, sustentou Christine Lagarde.

Lembrando o falhanço das negociações sobre esta matéria no seio do Eurogrupo, já que os ministros das Finanças da UE ainda não chegaram a acordo sobre estas medidas para reforço da zona euro, a presidente do BCE alertou que “todas as partes devem fazer o que lhes compete”.

“Um importante pilar da UE num mundo cada vez mais globalizado é a União Económica e Monetária, que não deve ser esquecida, e o papel do Parlamento Europeu enquanto colegislador também não pode ser menosprezado”, apontou Christine Lagarde.

Presente na discussão, o vice-presidente da Comissão Europeia com a pasta económica, Valdis Dombrovskis, saudou o apelo feito por Lagarde, referindo ser “relevante para a posição da UE a nível internacional” ter uma moeda única mais resiliente.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Califórnia já tem uma estrada pavimentada com plástico

O que parece uma estrada comum é agora a mais recente novidade na cidade de Oroville, na Califórnia. A nova construção junta uma tecnologia que mistura garrafas de plástico com asfalto. Por cada quilómetro de …

Mais de mil operacionais combatem cinco grandes fogos em Portugal

Mais de 1100 operacionais e 16 meios aéreos estão a combater, esta quinta-feira, os cinco maiores incêndios rurais em território continental, concentrados sobretudo na região Centro, de acordo com dados da Proteção Civil. Segundo o site …

Coca-Cola financiou estudos científicos que minimizaram o papel das bebidas açucaradas na obesidade, revela investigação

A Coca-Cola terá financiado com milhões de dólares vários estudos científicos que minimizaram o impacto das bebidas açucaradas na obesidade. A conclusão é de uma investigação publicada na revista médica Public Health Nutrition, que conta …

André Ventura vai pedir suspensão temporária do mandato no Parlamento

O deputado do Chega vai pedir, em setembro, a suspensão do mandato parlamentar até fevereiro do próximo ano para se dedicar às campanhas eleitorais da região dos Açores e das Presidenciais. Em declarações à agência Lusa, …

Governo abre concursos para 800 novos técnicos especializados nas escolas

As escolas vão poder contratar mais de 800 novos técnicos especializados, um reforço de recursos humanos "englobado nas medidas excecionais de organização e funcionamento das escolas para o próximo ano letivo". "As escolas vão poder contratar …

Macron em Beirute: "Se não houver reformas, Líbano continuará a afundar-se"

O Presidente francês chegou, esta quinta-feira, a Beirute, no Líbano. É o primeiro chefe de Estado a visitar o país depois das explosões que destruíram parte da capital.  Emmanuel Macron aterrou no Líbano, esta quinta-feira, e …

"Eu disparei". Neonazi alemão confessa ter matado autarca Walter Lübcke

Um neonazi alemão confessou hoje em tribunal ter matado o autarca Walter Lübcke em 2019, homicídio que chocou o país e fez ressurgir o debate sobre a violência de extrema-direita na Alemanha. "Eu disparei" sobre Walter …

Há 16 anos que não havia tão pouca água na albufeira do Alqueva

É preciso recuar ao ano de 2004 para encontrar uma altura em que esta albufeira tenha tido menos água do que agora, que corresponde apenas a 63,8% do seu nível de pleno armazenamento. De acordo com …

CTT passam de lucros a prejuízos de dois milhões de euros

Os CTT registaram, no primeiro semestre deste ano, prejuízos de dois milhões de euros, o que compara com lucros de nove milhões de euros em igual período de 2019. "O resultado líquido foi de -2 milhões …

Equipa do ciclista em estado grave vai apresentar queixa-crime contra o rival

O diretor da equipa Deceuninck-Quick Step confirmou, esta quinta-feira, que vai apresentar uma queixa-crime contra o ciclista Dylan Groenewegen, face à sua responsabilidade na grave queda de Fabio Jakobsen no Tour da Polónia. "Confirmo as mensagens …