Sismo mais forte do século no México lança alerta de tsunami em toda a América Central

O Serviço Sismológico Nacional do México elevou para 8,4 a magnitude do sismo que se registou esta sexta-feira no México, com epicentro no estado de Chiapas e sentido violentamente na capital e nos países vizinhos.

Com epicentro a 137 quilómetros de Tonalá, no estado de Chiapas, o terramoto provocou cortes de energia na Cidade do México, onde soou um alarme sísmico e imediatamente se começaram a ouvir sirenes de ambulâncias.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico ativou um alerta para o México, Guatemala, El Salvador, Costa Rica, Nicarágua, Panamá, Honduras e Equador. O Sistema de Alerta de Tsunamis dos Estados Unidos avisou que há possibilidade de perigosas ondas de tsunami nas costas do Pacífico de vários países da América Central nas próximas três horas.

A força do sismo fez residentes na Cidade do México fugirem das suas casas, ainda de pijama, juntando-se a grupos nas ruas. Na capital mexicana, os edifícios abanaram com intensidade por mais de um minuto, descreveu a agência noticiosa Associated Press.

No estado de Chiapas os relatos indicaram para um impacto significativo. “A casa moveu-se como pastilha elástica e a luz e Internet desapareceram momentaneamente”, contou Rodrigo Soberanes, que vive em San Cristobal de las Casas, no estado do sul.

O Governo de El Salvador já alertou para a ameaça de tsunami e ativou comunicações para uma evacuação imediata, se necessário, após o sismo que atingiu o sul do México.

Perante este alerta, o sistema de proteção civil de El Salvador ativou os canais de comunicação com as comissões municipais e comunitárias da proteção civil para uma possível evacuação e pediu às comunidades que estão próximas de praias para monitorizarem possíveis mudanças no mar.

O Centro de Alerta de Tsunamis do Pacífico  já registou ondas de tsunami na costa do Pacífico, ao largo do México. Ondas de um metro acima do nível da maré foram medidas ao largo de Salina Cruz, enquanto ondas mais pequenas foram observadas na costa ou registadas por medidores oceânicos noutros locais, afirmou.

O número de vítimas mortais provocadas pelo sismo de magnitude 8,2 que abalou o México na quinta-feira subiu para 32, das quais 23 no estado de Oaxaca, sete em Chiapas e duas em Tabasco, segundo agências internacionais. O balanço anterior era de 15 mortos.

O governador Arturo Nunez indicou que uma das crianças morreu na sequência da derrocada de uma parede, e a outra, um bebé, morreu num hospital pediátrico que ficou sem eletricidade, interrompendo o funcionamento do ventilador a que estava ligado. As outras três mortes foram registadas no estado de Chiapas, em San Cristobal de las Casas.

Possibilidade de réplica

O Presidente do México, Enrique Peña Neto, advertiu a população para a possibilidade de nas próximas 24 horas se registar uma forte réplica do terramoto de 8,4 que sacudiu o país na quinta-feira à noite.

Em declarações ao canal de televisão Televisa, Peña Nieto disse que os mexicanos precisam de estar muito atentos e que a réplica pode superar a magnitude de 7 na escala de Richter, após recordar que em 1985 ocorreu uma réplica muito potente, de 7,5, um dia depois do primeiro grande sismo de magnitude 8,1.

O Presidente assegurou que até agora o alerta de tsunami no sudeste do estado de Chiapas, onde se registou o epicentro do sismo ocorrido na noite de quinta-feira, “não representa um risco maior” e considerou que 50 milhões de pessoas podem ter sentido o tremor de terra por todo o país.

Peña Nieto disse estar no Centro Nacional de Prevenção de Desastres (Cenapred), numa reunião com as secretarias da Defesa e da Marinha, assim como com a Comissão Federal de Eletricidade, entre outras entidades, para fazer um “diagnóstico pontual” do que ocorreu e adotar as medidas necessárias.

O Presidente mexicano assinalou que o sismo de quinta-feira foi maior do que o de 8,1 na escala de Richter de 19 de setembro de 1985, que fez milhares de mortos, mas sublinhou que a cultura de proteção civil entretanto avançou.

O chefe de Estado apelou ainda à população para verificar os danos registados. “Vamos continuar a trabalhar para fazer uma avaliação mais precisa dos danos”, acrescentou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

"Preocupante e descontrolada". Covid-19 volta em força ao Norte (e o mau tempo piora tudo)

A pandemia de covid-19 está de regresso em força ao norte do país que, nos últimos dias, voltou a registar o maior número de novos casos. Há uma "preocupante transmissão comunitária" em algumas zonas e …

"Hormona da fome" pode influenciar memória e fazer com que se coma mais

Um novo estudo, liderado por investigadores da University of Southern California, sugere que as hormonas reguladoras da fome produzidas pelo estômago também podem influenciar a memória e a função cognitiva. Em 2018, a equipa de especialistas …

Costa diz que estado de emergência “não está em cima da mesa” (e adia discussão sobre app obrigatória)

O primeiro-ministro António Costa, em entrevista à TVI esta segunda-feira, falou sobre a obrigatoriedade do uso de máscara e da app Stayway Covid, da possibilidade de o país voltar ao estado de emergência e do …

Nove meses depois de ter chegado ao United, Bruno Fernandes vai ser capitão

O futebolista internacional português Bruno Fernandes foi escolhido pelo treinador do Manchester United para usar a braçadeira de capitão no encontro da primeira jornada da Liga dos Campeões. O antigo jogador do Sporting, que deixou os …

Preocupada com casos na Europa e América do Norte, OMS insiste na quebra de cadeias de transmissão

Os responsáveis máximos da Organização Mundial da Saúde (OMS) insistiram esta segunda-feira na importância de os governos quebrarem as cadeias de transmissão da covid-19 e afirmaram-se preocupados com o aumento de casos na Europa e …

Aquecer resíduos plásticos com microondas pode gerar hidrogénio limpo

Uma equipa de cientistas conseguiu gerar hidrogénio limpo através de um processo simples, aquecendo resíduos plásticos com microondas. O crescente uso de plástico descartável gerou um sério problema ambiental, sendo que, todos os anos, são produzidas …

Erupções vulcânicas podem explicar os misteriosos cristais da Dinamarca

Algumas das maiores espécies de cristais raros de carbonato de cálcio do mundo, também conhecidos como glendonitas, são encontrados na Dinamarca e isso pode ser explicado pelas erupções vulcânicas. Os cristais foram formados há cerca de …

O antigo campo magnético da Lua pode ter servido de "escudo" para atmosfera da Terra

Há 4 mil milhões de anos, a Lua pode ter protegido a atmosfera Terra, através do seu já extinto campo magnético, do Sol, sugere uma nova investigação, levada a cabo por um especialista da agência …

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …