Sem romarias e festas, milhares de famílias estão a entrar em falência

Romaria d'Agonia / Facebook

Procissão marítima de Nossa Senhora da Agonia, em Viana do Castelo.

Milhares de famílias cujo rendimento depende das romarias e festas populares estão a atravessar sérias dificuldades económicas. Os prejuízos ultrapassam os 50 milhões de euros.

A suspensão das festas populares e romarias religiosas em todo o país devido à pandemia do novo coronavírus estão a levar milhares de famílias à falência. Segundo o Jornal de Notícias, os prejuízos são superiores a 50 milhões de euros e deixaram milhares sem emprego. Os negócios dependentes deste tipo de atividades, desde as diversões itinerantes e pirotecnia à música, estão a falir.

Os empresários de diversão itinerante estiveram, esta sexta-feira, em protesto em frente às instalações da Direção-Geral de Saúde. Pedia-se autorização para trabalhar ou então apoios financeiros.

O Governo optou pela segunda opção e, no Parlamento, foi aprovado um projeto de lei que prevê um subsídio de 438,81 euros durante meio ano, para todos os profissionais sem rendimentos. A prestação tem efeitos retroativos a 1 de abril deste ano.

O presidente da Associação dos Profissionais Itinerantes Certificados (APIC) lamenta a situação. “Estão todos a ficar endividados”, atirou Luís Fernandes.

Por sua vez, o presidente da Associação Portuguesa dos Industriais de Pirotecnia e Explosivos pediu soluções ao Governo para a atividade. “Pedimos ao Governo que nos autorizasse a ultrapassar o limite das lotações em 50%”, disse Carlos Macedo ao JN. O setor estima a perda de 10 a 12 mil postos de trabalho e entre 15 a 18 milhões de euros.

O mesmo acontece com as cerca de 750 bandas filarmónicas que estão paradas durante a pandemia.

“São prejuízos avultadíssimos, porque as fontes de financiamento das filarmónicas são principalmente os serviços das bandas, com particular destaque para as festas e romarias religiosas, bem como os subsídios das Câmaras Municipais”, explicou o presidente da Confederação Musical Portuguesa (CMP), Martinho Caetano. Os prejuízos rondam os 18 milhões de euros.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …