Seleção dá metade do prémio de qualificação do Euro2020 ao futebol amador

A seleção portuguesa de futebol vai dar metade do prémio de qualificação para o Campeonato da Europa de 2020 ao fundo de apoio às competições não profissionais, canceladas devido à pandemia de covid-19.

Em comunicado divulgada esta segunda-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) revelou que “os jogadores da seleção, a equipa técnica, os dirigentes de topo da FPF e o ‘staff’ da equipa nacional decidiram ceder metade do prémio de qualificação para o Euro2020 ­ao fundo criado para auxiliar o futebol amador”.

“A verba reforçará o fundo de apoio às competições criado pela FPF e que prevê a distribuição de 4,7 milhões de euros às associações distritais e clubes de futebol não profissional, para que jogadores e treinadores possam ser apoiados até ao final da época 2019/20”, detalha o organismo.

O Campeonato de Portugal [terceiro escalão do futebol nacional] e as restantes competições seniores não profissionais foram canceladas na quarta-feira, depois de os campeonatos de futebol e futsal dos escalões de formação terem tido o mesmo desfecho, numa decisão tomada em 27 de março último, devido ao estado de emergência provocado pelo novo coronavírus.

As competições profissionais, I Liga e II Liga, continuam suspensas, após 24 das 34 jornadas, bem como a Taça de Portugal, que tem Benfica e FC Porto como finalistas.

Vontade de continuar a ajudar

A seleção portuguesa, campeã da Europa, dedicou uma mensagem aos jogadores das competições organizadas pela FPF, que, devido ao “não profissionalismo, sentem um impacto ainda maior da pandemia de covid-19 nas suas vidas”, reiterando “a vontade de continuar a ajudar, quer individualmente quer coletivamente, os portugueses afetados”.

“Se acreditamos fortemente que a solidariedade se pratica e não se exibe, também considerámos importante dar um sinal público de que os jogadores da seleção nacional têm nos seus pensamentos todos aqueles que, fazendo parte da família do futebol, sentiram um maior impacto da pandemia de covid-19 nas suas vidas pessoais e familiares”, lê-se na mensagem da equipa das ‘quinas’.

Salientando a partilha das “mesmas inquietações em relação à saúde pública e segurança” dos mais próximos, assim como a “vontade de regressar aos relvados”, a seleção portuguesa decidiu apoiar a ‘família amadora’ da modalidade: “Também é verdade que estamos conscientes que o futebol nos proporcionou condições de vos podermos ajudar a superar os obstáculos com que se confrontam diariamente, ao mesmo tempo que contribuímos, esperamos, para os vossos futuros sucessos”.

Dentro deste espírito de camaradagem entre o futebol profissional e não profissional, decidimos, em equipa, abdicar de parte do nosso prémio de qualificação para o Euro2020”, remata o mesmo comunicado, acrescentando que este valor vai integrar o fundo criado pela FPF “destinado principalmente aos jogadores dos clubes de competições não profissionais”.

A UEFA atribui um prémio de participação de 9,25 milhões de euros a cada uma das 24 seleções presentes na fase final do Euro2020, que deveria realizar-se em 12 países entre 12 de junho e 12 de julho e foi adiada para 2021 (11 de junho a 11 de julho).

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Criada para prevenir a guerra, a ONU enfrenta um mundo profundamente polarizado

Criada após a Segunda Guerra Mundial para evitar novos conflitos, a Organização das Nações Unidas (ONU) comemora esta segunda-feira o 75.º aniversário, num mundo polarizado que enfrenta uma pandemia, conflitos regionais, uma economia em declínio …

Mulher cai de carro em movimento enquanto grava vídeo para o Snapchat

Uma mulher, que ocupava o lugar do passageiro de um carro em movimento, caiu numa auto-estrada enquanto filmava um vídeo para a rede social Snapchat, no Reino Unido. Segundo a CNN, a mulher estava pendurada na …

Nos Estados Unidos, a venda de discos em vinil ultrapassou a de CD pela primeira vez desde 1986

Pela primeira vez desde 1986, as vendas de discos de vinil ultrapassaram as vendas de CD nos Estados Unidos em 2020. Os números foram apresentados na semana passada pela Associação Americana da Indústria de Gravação, …

Mourinho espera ganhar sem jogar

Tottenham iria defrontar o Leyton Orient mas também no Reino Unido há jogos de futebol em causa por causa do coronavírus. O encontro entre Leyton Orient e Tottenham, relativo à terceira eliminatória da Taça da Liga …

A máfia italiana tem uma nova arma de recrutamento: o TikTok

Os jovens membros da Camorra, organização criminosa aliada à máfia siciliana, estão a recorrer ao TikTok para divulgar o seu estilo de vida e recrutar novos membros. Em maio, um vídeo foi publicado no TikTok que …

Os três segredos para ter um bom sistema imunológico são gratuitos, avisa Fauci

Manter o sistema imunológico saudável é um dos fatores-chave para lidar com a covid-19, o que não implica necessariamente a toma de suplementos vitamínicos. Há uns tempos, quando confrontado com o facto de a atriz Jennifer …

Pinguim encontrado morto no Brasil com uma máscara inteira no estômago

Um espécime de pinguim-de-Magalhães (Spheniscus magellanicus) foi encontrado morto numa popular praia brasileira e a autópsia ao corpo revelou que o animal tinha no seu estômago uma máscara de proteção facial N95. O animal foi …

Trump quer restabelecer sanções ao Irão. ONU rejeita apoiar posição norte-americana

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), António Guterres, disse que somente apoiará a restituição de sanções ao Irão, exigidas pelos Estados Unidos (EUA), se receber luz verde do Conselho de Segurança. Numa carta dirigida …

Designer holandês desenvolve "caixão vivo" feito com fibras de fungos

Um corpo humano pode demorar cerca de uma década a decompor-se dentro de um caixão. Com o Living Cocoon, o tempo é reduzido para dois ou três anos. Bob Hendrikx, biodesigner fundador da Loop, desenvolveu e …

Relógio em Nova Iorque mostra o tempo restante para reverter efeitos do aquecimento global

O Metronome, icónico relógio digital de Nova Iorque, deixou de mostrar o tempo do dia-a-dia e mostra agora o tempo restante que o nosso planeta tem para reverter os efeitos do aquecimento global. O relógio digital …