Seis polícias constituídos arguidos pela morte de mulher durante perseguição policial

Tiago Petinga / Lusa

A vítima terá pedido boleia ao namorado até ao trabalho. Por não ter carta, quando se viu perseguido pela polícia o homem pôs-se em fuga. A PSP disparou cerca de 20 tiros, tendo atingido mortalmente a mulher que seguida no lugar do pendura.

A mulher de 35 anos foi a primeira vítima civil de uma perseguição policial a registar este ano, avança o Diário de Notícias. De acordo com o jornal, o carro onde seguia a mulher acompanhada do namorado tem cerca de 20 marcas de disparos.

A parte difícil será agora identificar qual dos polícias foi o autor do disparo que matou a mulher. Os vários agentes que dispararam na direção do Renault Megane terão que enviar um relatório a justificar o uso da arma de fogo para a Inspeção Geral da Administração Interna (IGAI), que abriu um inquérito ao caso.

Entretanto, o Expresso avança que seis dos sete polícias envolvidos no caso foram constituídos arguidos. Só seis foram constituídos arguidos, porque um deles nunca chegou a disparar. Além disso, um dos arguidos também será prontamente ilibado, uma vez que era o único a utilizar uma caçadeira, enquanto os restantes cinco usavam uma glock de 9 mm.

A bala que atingiu a mulher no pescoço, causando a sua morte, irá permitir identificar o agente que disparou.

A investigação do processo-crime está a cargo da secção de Homicídios da Polícia Judiciária de Lisboa, que irá pedir perícias de balística para tentar determinar o autor do tiro fatal. Do ponto de vista criminal, um ou mais agentes poderão vir a ser indiciados por homicídio por negligência ou qualificado (dependendo dos indícios recolhidos).

Além disso, a polícia alega que disparou de frente para o carro, numa tentativa de o imobilizar, já que a descrição do veículo – cor escura, luzes apagadas e com duas pessoas no interior – era semelhante ao dos assaltantes. Para a investigação, e se se comprovar verdade, os polícia terem disparado de frente pode fazer toda a diferença.

Entretanto, a viatura envolvida no assalto foi encontrada, mas os assaltantes permanecem em fuga, revela o Público.

PSP só pratica tiro uma vez de dois em dois anos

Mário Andrade, presidente do Sindicato dos Profissionais de Polícia (SPP/PSP), revela ao Diário de Notícias que “a certificação obrigatória de tiro” só acontece “de dois em dois anos”. “É composta por um teste escrito com 30 perguntas sobre as regras de uso de armas de fogo e de uma tarde prática a disparar 20 ou 30 munições, ou seja, a descarregar dois carregadores. Não chega, obviamente“.

Já Paulo Rodrigues, presidente da Associação Sindical de Profissionais de Polícia (ASPP), reconhece que, não sendo a “ideal”, a formação “melhorou bastante nos últimos anos”. Paulo Rodrigues salienta que esta formação “é ainda mais frequente” no caso dos agentes que pertencem às equipas especiais, como as de intervenção rápida.

No entanto, o treino obrigatório de tiro “não contempla alvos dinâmicos, apenas tiro estático, quando sabemos que não é essa a realidade numa perseguição, em que estamos em movimento”. Os sindicatos há muito que reclamam mais treino.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas quem deve ser constituidor arguido, os polícias ou o condutor do carro sem habilitações para tal e sem seguro e para mais desobedecendo ás ordens de paragem?

    • E mandado parar duas vezes, com um aparato enorme, com luzes azuis dos carros por todo lado, e ainda por cima àquela hora… só foi pena ser na mulher…

RESPONDER

O primeiro protótipo em tamanho real da Starship explodiu durante um teste

O primeiro protótipo completo em aço inoxidável da nave Starship da empresa norte-americana Space X explodiu durante um teste levado a cabo na passada quarta-feira, 20 de novembro, nos Estados Unidos. O incidente ocorreu nas …

Ex-governador brasileiro condenado a mais de 10 anos de prisão

O ex-governador do estado brasileiro de Minas Gerais foi condenado, esta quinta-feira, a uma pena de 10 anos e seis meses de prisão pela Justiça Eleitoral do país. Fernando Pimentel foi considerado culpado dos crimes de …

Áudio das viagens na Uber vai poder ser gravado

A partir de dezembro, a Uber vai passar a oferecer aos utilizadores no Brasil e no México a possibilidade de gravar o áudio da viagem com o objetivo de melhorar a segurança do motorista e …

Mourinho quer ser campeão no próximo ano (e não precisa de reforços)

O treinador português foi oficialmente apresentado como técnico do Tottenham, esta quinta-feira, e diz que já tem em vista a conquista do campeonato na próxima época. José Mourinho admitiu hoje que o título de campeão inglês …

Casal homossexual de pinguins "roubou" um ovo para poder ter a sua família

Um casal homossexual de pinguins de um jardim zoológico na Holanda estava tão ansioso por ter as suas crias que não resistiu à tentação e acabou por roubar um ovo de outro par. De acordo com …

Gabriel renova contrato com o Benfica até 2024

O médio brasileiro renovou contrato por mais uma época com o Benfica, até 2024, anunciou, esta quinta-feira, o clube no seu site oficial. "Estou muito feliz com esta renovação por mais um ano, é uma forma …

Malta Files permitiu ao Fisco recuperar milhões. Rui Pinto diz que foi um dos denunciantes

O pirata informático assumiu, esta quinta-feira, ter sido um dos denunciantes dos Malta Files, que permitiu ao Fisco identificar cidadãos e empresas portugueses que se aproveitaram do regime fiscal maltês para pagar menos impostos. "De acordo …

Há 5 anos que aparecem maços de notas nas ruas de uma aldeia inglesa (e ninguém sabe porquê)

Os residentes de uma aldeia inglesa andam a descobrir maços de notas nas ruas desde 2014. Um mistério que, até agora, ninguém conseguiu explicar. Mas há várias teorias e uma envolve o Pai Natal! O dinheiro …

Em 2018, só nove crianças foram colocadas em famílias de acolhimento

Apenas nove crianças tiveram uma medida de proteção em regime de acolhimento familiar em 2018, sendo que quase todas as crianças sinalizadas pelas comissões de menores ficaram na família, a maioria junto dos pais. De acordo …

Militar da GNR diz que droga apreendida na "casinha" era da Juve Leo

Decorreu, esta quinta-feira, a terceira sessão do julgamento da invasão à academia do Sporting, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. O militar da GNR João Oliveira admitiu hoje, em tribunal, que a posse da …