Seis mil cirurgias adiadas por causa da greve dos enfermeiros

Cerca de seis mil cirurgias foram adiadas desde o início da greve nacional dos enfermeiros, que começou esta segunda-feira e termina às 24h00 de sexta.

O presidente dos Sindicato dos Enfermeiros (SE), José de Azevedo, adiantou à agência Lusa que desde o início da greve cerca de seis mil cirurgias de rotina foram adiadas. “Ontem fizemos um cálculo de que cerca de seis mil cirurgias de rotina foram adiadas durante todo o período da greve. Isto dá uma média de 80 a 90 por cada grande hospital”.

O responsável referiu também que, no turno desta noite, a adesão à greve foi de 90%. “Hoje estamos já nos 90% de adesão no que diz respeito ao turno da noite que terminou hoje de manhã. Na quarta-feira, terceiro dia de greve a adesão fixou-se nos 89%”.

Em declarações à TSF, Alexandre Lourenço, presidente dos Administradores Hospitalares, também confirma a mesma informação. “Os hospitais, de uma forma genérica, realizam por dia útil cerca de duas mil cirurgias. Considerando a adesão que este protesto está a ter, podemos falar naturalmente de centenas de cirurgias adiadas”.

“Naturalmente, isto causa um transtorno elevado para os doentes e para as suas famílias porque é um momento muito relevante para a vida de qualquer cidadão que se submeta a uma intervenção cirúrgica e essa é atualmente a nossa maior preocupação. Agendar ou reagendar essas cirurgias no menor curto espaço de tempo”, acrescenta.

O presidente do SE disse também à Lusa estar satisfeito com as declarações do presidente da Associação dos Administradores Hospitalares, que declarou não terem sido ainda marcadas faltas injustificadas aos enfermeiros em greve. “As declarações de Alexandre Lourenço vêm ao encontro ao que os enfermeiros já tinham dito e são muito importantes por virem de quem vem”, disse.

Os hospitais foram alertados pela tutela para estarem atentos a “eventuais ausências de profissionais de enfermagem” durante o período da greve, cuja marcação foi considerada irregular pela secretaria de Estado do Emprego.

À Antena 1, Alexandre Lourenço adiantou que ainda que não foram marcadas faltas aos enfermeiros, até porque a lei não o permite. “Existem cinco dias úteis para justificar a ausência ao serviço. No caso do Tribunal Arbitral vier a reconhecer que existe uma greve, esta passa a ser motivo plausível para a ausência, se não vão ter de ser tomadas outras formas legais”.

Questionado sobre a possibilidade de processos disciplinares, o responsável disse que “é preciso ter serenidade suficiente para compreender o protesto e quando essa questão for colocada tem de ser tomada a decisão adequada”.

O responsável referiu ainda à Antena 1 “estar convencido que a greve dos enfermeiros teve uma fraca adesão, contrariando os números avançados pelos sindicatos”.

Esta quinta-feira, o Jornal de Notícias também avança que o Hospital de S. João e o Hospital de Gaia estão a recusar dádivas de sangue porque os enfermeiros que fazem as colheitas estão em greve.

A greve, marcada pelo Sindicato Independente dos Profissionais de Enfermagem (SIPE) e pelo SE, começou às 00h00 de segunda-feira e decorre até às 24h00 desta sexta-feira.

A paralisação foi marcada como forma de protesto contra a recusa do Ministério da Saúde em aceitar a proposta de atualização gradual dos salários e de integração da categoria de especialista na carreira.

Esta terça-feira, a reunião entre o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) e o ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, terminou sem conclusões, mas ficou agendada uma nova ronda de negociações para esta quinta-feira, segundo disse o presidente daquela organização representativa dos trabalhadores.

ZAP // Lusa

RESPONDER

Vem aí um reboot de ‘Sabrina, A Bruxinha Adolescente’

Ainda se lembra de Sabrina: A Bruxinha Adolescente, série mítica do início de noite da RTP2? Parece que a personagem vai voltar, mas para uma versão em que a bruxaria e o terror vão ter mais peso …

Macron sofre primeira derrota eleitoral

O presidente francês, Emmanuel Macron, sofreu este domingo o seu primeiro revés eleitoral, num dia em que a Câmara Alta do parlamento foi parcialmente renovada e onde a direita reforçou a sua maioria. Segundo os resultados …

Teólogos conservadores acusam o Papa de heresia e enviam "correção filial"

Um grupo de teólogos, sacerdotes e académicos católicos conservadores acusaram o Papa Francisco de heresia, e enviaram uma carta na qual apresentam uma "correção filial" - algo que não acontecia há 700 anos. Seis dezenas de …

Marcelo ficou preocupado com relatório das secretas (mas já não está)

O Presidente da República confessou ter ficado com "uma preocupação legítima" com o relatório noticiado no sábado atribuído aos serviços de informações militares, mas que, depois das explicações, "deixou de ter razão de ser". "Aquilo que …

Caçador de tesouros encontra vestígios de bomba atómica nazi (e não diz onde)

Bernd Thaelmann, um 'caçador de tesouros' alemão de 64 anos, encontrou na cidade de Oranienburg, no nordeste da Alemanha, um pedaço de material radioactivo supostamente usado pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial para fazer …

Merkel vence sem maioria. Extrema-direita promete "mudar o país"

A CDU da chanceler Angela Merkel venceu as eleições legislativas de hoje com 33,5% dos votos, seguida dos sociais-democratas do SPD e do partido Alternativa para a Alemanha, de extrema-direita, segundo uma sondagem divulgada pela …

Retrato perdido de Rubens "descoberto" em Glasgow após 400 anos

Uma pintura do artista flamengo Peter Paul Rubens que retrata o duque de Buckingham, dada como 'perdida', foi redescoberta em Glasgow, na Escócia, quase 400 anos depois, segundo a britânica BBC. A obra, com data do …

Morreu D. Manuel Martins, o "bispo vermelho"

Manuel Martins, bispo de Setúbal entre 1975 e 1998, morreu hoje, aos 90 anos, informou a Diocese de Setúbal. Um comunicado da Diocese de Setúbal informou que Manuel Martins “faleceu hoje, às 14h05, acompanhado dos seus …

Cientistas desligam autofagia dos neurónios e aumentam longevidade em 50%

Aumentar a esperança de vida actual em 50%? Sim, aparentemente isso é possível, concluiu uma equipa de cientistas alemães. Investigadores do Instituto de Biologia Molecular de Mainz, na Alemanha, acabam de anunciar uma importante  descoberta …

Cristas diz que ministro da Defesa “se calhar também não existe”

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, defendeu hoje que além de um furto a Tancos e um relatório que "se calhar" não existem, também o ministro da Defesa "ainda não compreendeu que já não existe". "Já …