Santos Silva assume “contactos” para reforço dos EUA da base das Lajes (e desdramatiza eventual crise política)

Manuel de Almeida / Lusa

Augusto Santos Silva, ministro dos Negócios Estrangeiros, disse, em entrevista ao Público e à Renascença, que há “contactos” com os Estados Unidos para reforço norte-americano da base das Lajes e desdramatizou a aprovação do Orçamento de Estado para 2021.

Em entrevista ao jornal Público e à Renascença, Auusto Santos Silva voltou a falar do diferendo diplomático sobre a opção estratégica portuguesa entre Estados Unidos e China, criado pelo embaixador norte-americano em entrevista ao semanário Expresso. “Não houve necessidade de redenção. As circunstâncias estão ultrapassadas. Trabalhamos bem [com os EUA] e continuaremos a trabalhar bem”, garantiu o ministro.

Numa entrevista à TVI24, na terça-feira, o governante já tinha dito que eram “circunstâncias completamente ultrapassadas”.

Na entrevista ao Público e Renascença, Santos Silva assumiu que há “contactos” no dossiê das Lajes para um reforço da presença dos Estados Unidos, embora, por razões diplomáticas, não possa falar enquanto o processo não estiver concluído.

Relativamente às atuais negociações à esquerda para o Orçamento de Estado para 2021 (OE2021), Santos Silva desdramatizou a situação: “A nossa interação com os parceiros parlamentares é todos os dias” e, por isso, nada está perdido junto de Bloco de Esquerda e PCP.

“As vossas perguntas estão a obrigar-me a dramatizar numa área em que a dramatização não faz sentido“, disse Santos Silva.

“Vamos enfrentar esta crise sem recorrer a nenhum dos instrumentos de austeridade propriamente dita, ou seja, continuando a aumentar o salário mínimo, criando uma nova prestação social, investindo fortemente no SNS, aumentando o investimento público, mobilizando um conjunto de fundos que o país nunca teve. Portanto, nós vamos avançar”, assegurou o ministro, acrescentando: “Não peço ao PSD que deixe a oposição”.

Tal como na entrevista à TVI24, o governante afastou-se de um possível apoio do PS a Ana Gomes, candidata a Belém, ao falar sobre os extremismos à esquerda.

“Há extremismos na vida política. Já temos bem presente no debate político um extremismo que põe como objectivo mudar o regime e num sentido não democrático e trazer para Portugal discussões moralmente repugnantes. Esse extremismo deve ser combatido com a força da moderação. Espero que surja uma candidatura suficientemente abrangente para que a grande maioria do eleitorado se reveja”, disse.

Santos Silva garantiu ainda que “o país lucrou imenso” com o “equilíbrio” entre uma maioria de esquerda no Parlamento e “um Presidente que vinha da direita”. Para o ministro, o PS deve ter isso em conta quando decidir qual a “voz avisada e serena” que deve ocupar a cadeira em Belém.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Narco Drones" apanhados a entregar drogas numa prisão chilena

Reclusos e cúmplices no exterior estão a usar drones para contrabandear droga para a prisão mais antiga do Chile. As autoridades chilenas descobriram que o esquema de contrabando tinha como objetivo transportar drogas para a Ex …

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …

Quatro portugueses detidos em Espanha por alegada violação de duas mulheres

A polícia espanhola anunciou, este sábado, ter detido quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país. Segundo a …

Stonehenge pode perder estatuto de património mundial da UNESCO

Depois de Liverpool, também Stonehenge pode perder o estatuto de património mundial da UNESCO. O aviso surge após o secretário dos transportes, Grant Shapps, ter dado luz verde aos planos de construção de um túnel …