/

Santana faz campanha na Figueira da Foz, mas ainda não confirmou candidatura

Mário Cruz / Lusa

Ex-primeiro ministro, ex-presidente da câmara de Lisboa e da Figueira da Foz, ex presidente do PSD e do Sporting, ex provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, fundador do Aliança: Pedro Santana Lopes

Embora ainda não tenha apresentado uma candidatura oficial à câmara da Figueira da Foz, o antigo primeiro-ministro Pedro Santana Lopes tem feito campanha.

Pedro Santana Lopes está desde março a fazer campanha na Figueira da Foz, embora ainda não tenha confirmado a sua candidatura à autarquia, escreve o Público. Ainda este sábado, a página de Facebook do movimento “Figueira A Primeira” partilhou uma mensagem do antigo primeiro-ministro.

“Há pouco, o Sol com uma leve brisa. E a Emanha reabriu. Que bem soube tomar aqui o café da manhã. Ontem, a receber pessoas e, à noite, reunião com a Comissão Coordenadora do Movimento FIGUEIRA A PRIMEIRA”, lê-se na publicação partilhada.

O jornal Público questionou Santana Lopes sobre o que resultou dessa tal reunião de sexta-feira, mas ficou sem resposta do ex-autarca da Figueira da Foz.

O movimento “Figueira A Primeira” já anunciou o nome de Cristina Figueiredo como candidata à Junta de Freguesia do Bom Sucesso, no concelho. Por sua vez, o PSD já apresentou Pedro Machado, antigo líder distrital, como candidato à câmara. O PS recandidata o atual presidente da Câmara, Carlos Monteiro, e o CDS leva Miguel Mattos-Chaves à corrida eleitoral.

A picardia entre Pedro Santana Lopes e o PSD tem sido evidente nas redes sociais. Em fevereiro, o antigo presidente da câmara da Figueira da Foz — entre 1980-82 —, Joaquim de Sousa, disse ao Observador que Santana Lopes seria “péssima ideia” e que a Figueira andou “vinte anos a pagar a dívida” por ele deixada.

Na sua página do Facebook, Santana Lopes partilhou uma série de fotografias de monumentos e outros edifícios do concelho em que compara o “antes” e o “depois”. Santana escreve que dívida é isto: “benfeitorias que ficam para décadas ou séculos”.

No entanto, Pedro Santana Lopes continua sem anunciar uma candidatura oficial à presidência da câmara da Figueira da Foz. As eleições autárquicas realizam-se este ano, em setembro ou outubro.

  Daniel Costa, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE