Face às sanções norte-americanas, a batata é a salvação do Irão

A economia iraniana está em sérias dificuldades devido às sanções norte-americanas impostas ao país. Os iranianos recorrem agora à batata numa tentativa frustrada de combater a fome.

Várias empresas têm deixado de vender bens ao Irão com medo de violar as sanções norte-americanas. Os preços subiram e os iranianos estão a fazer tudo ao seu alcance para evitar a fome. O país dependia muito das importações para alimentar o seu povo, mas agora vê-se obrigado a distribuir senhas de alimentação para carne congelada.

De forma a combater este problema, o Governo iraniano pôs mãos à obra e ordenou duplicar a produção de batatas. O Irão está a construir uma gigante reserva deste tubérculo para evitar inquietação social entre as massas. Desde 2015, o país já produziu 5 milhões de toneladas de batata.

Com o aumento da produção em várias regiões, o ministro da Agricultura espera que se produzam 5,1 milhões de toneladas de batata só este ano. E, segundo o OZY, a produção poderia ser bem maior, não fossem as cheias que inutilizaram mais de 260 mil hectares de terra.

A depreciação do rial iraniano torna bastante mais lucrativo aos produtores nacionais venderem a batata no estrangeiro. No entanto, o Governo iraniano baniu a exportação de batatas, de forma a que o mercado doméstico fosse completamente saciado pela produção nacional.

“A política agrícola do Irão sempre enfatizou a segurança e a auto-suficiência alimentar por causa do medo de que as sanções estrangulassem o Irão“, disse Hooshang Amirahmadi, professor universitário e especialista em economia iraniana. “Como as batatas são fáceis de cultivar, elas encaixam-se nesse modelo e tornaram-se comuns entre a classe média baixa”.

Assumindo-se como o 13º maior produtor mundial de batatas, o Irão tem quase 160 mil hectares dedicados à produção deste tubérculo. Aliás, a nível gastronómico, a batata é um ingrediente muito comum em vários pratos iranianos.

Apesar do acentuado aumento do preço, um quilo de batatas custa apenas cerca de 0,64€ no Irão — um preço consideravelmente mais baixo do que, por exemplo, em Portugal.

“As autoridades iranianas querem ter a certeza de que o mercado não enfrenta escassez de batatas, porque isso pode gerar mais divergências se os preços subirem“, disse Sina Azodi, conselheiro na empresa de consultoria Gulf State Analytics.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas perto de provar que microgravidade inibe crescimento de tumores

Cientistas já testaram com sucesso em laboratório que a microgravidade inibe o crescimento de tumores. Agora, os investigadores querem testar em órbita. Onde quer que esteja, Stephen Hawking permanece presente na ciência, e os seus mais …

Vibrações provocadas por "estrelamotos" permitem precisar a idade da Via Láctea

Os tremores estelares registados pelo telescópio espacial Kepler, da NASA, ajudaram a responder a um antigo enigma sobre a idade do "disco espesso" da Via Láctea. Uma equipa de cientistas, liderada por investigadores do Centro de …

Este casaco foi desenhado para nos ajudar a dormir em qualquer lado

A britânica Vollebak lançou um casaco, inspirado nos astronautas, que facilita a ideia de poder dormir, literalmente, em qualquer lado. A pensar em todas aquelas pessoas que gostam de fazer uma sesta ou outra, independentemente do …

DJ Juice WRLD morre aos 21 anos

A estrela do hip-hop norte-americano Juice WRLD faleceu este domingo (8), depois de sofrer convulsões no Aeroporto de Midway, em Chicago, avança o TMZ. O rapper tinha feito 21 anos a 2 de dezembro. De acordo …

"A Favorita" arrebata prémios do cinema europeu

O filme "A Favorita", do realizador grego Yorgos Lanthimos, arrecadou oito prémios da Academia de Cinema Europeu, numa cerimónia realizada em Berlim. "A Favorita" conquistou, entre outros, os prémios de Melhor Filme Europeu, Melhor Comédia, Realização …

Belenenses 1-1 Porto | "Dragão" escorrega e deixa fugir líder

O FC Porto não foi além de um empate na visita ao Jamor, ante o Belenenses. André Santos abriu as “hostilidades” e Alex Telles, na marcação de uma grande penalidade, fixou o resultado final. Com esta …

Caligrafia desleixada de Isabel I denuncia-a como a tradutora anónima de um livro romano

A rainha Isabel I de Inglaterra foi identificada como a tradutora anónima do livro "Anais" de Tácito. As idiossincrasias da sua caligrafia acabaram por ser fundamentais para a descoberta. Na análise a uma tradução de século …

Hashtags políticas como #MeToo tornam as pessoas menos propensas a acreditar em notícias

Tendem a passarem despercebidas, mas as hashtags são mais importantes do que julgamos. A questão que se impõe é: serão benéficas para a saúde democrática da Internet? Uma hashtag (#) é uma marca funcional, amplamente usada …

Sporting 1-0 Moreirense | "Leão" resolve à cabeçada

O Sporting regressou às vitórias na Liga NOS, embora não sem sentir algumas dificuldades, em especial no ataque. Os "leões" bateram o Moreirense por 1-0, numa partida em que remataram muito (28, máximo na Liga até …

Orçamento do Estado. "Sentido de voto do BE está completamente em aberto"

A coordenadora do BE afirmou, este domingo, que o sentido de voto do partido sobre o Orçamento do Estado para 2020 está "completamente em aberto", desejando que o Governo socialista atenda às reivindicações bloquistas. "Fizemos uma …