Salvador Sobral apaixonou e venceu o Festival da Canção

“Amar Pelos Dois” é a música que irá representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção em Kiev, Ucrânia, no mês de maio.

Este domingo, a final do Festival da Canção ocupou a sala mítica do Coliseu dos Recreios e Portugal coroou o seu vencedor. Salvador Sobral venceu o certame e viajará para Kiev, como representante português no Festival Eurovisão da Canção.

Sobral deu voz a Amar Pelos Dois, uma composição da irmã, Luísa Sobral.

O tema é sobre uma pessoa que está apaixonada por outra”, explicou a compositora durante a primeira semifinal. “Já estiveram apaixonados um pelo outro, mas um deixou de estar. E ele pede-lhe para ela continuar com ele, porque o amor que ele sente é suficiente para amar pelos dois.

Luísa Sobral admitiu ter mudado de direção durante a escrita da canção. Começou por ser uma produção com inspiração brasileira mas o resultado final foi diferente. “Com o arranjo acabou por ficar uma coisa portuguesa mais vintage, que encaixa perfeitamente na voz dele.

luisasobralmusic / Facebook

Liuísa Sobral compôs e o irmão Salvador Sobral cantou "Amar Pelos Dois"

Liuísa Sobral compôs e o irmão Salvador Sobral cantou “Amar Pelos Dois”

Salvador foi a primeira escolha da cantora, que considera a voz do irmão “angelical”. Em entrevista à RTP, confessou: “Eu nunca pensei interpretar esta canção porque quando a escrevi já a escrevi a pensar na voz do meu irmão.

“Pensei logo que gostava muito de ver o meu irmão a interpretar uma canção minha, porque acho que ele é um cantor extraordinário e porque me dava imenso gozo vê-lo no Festival da Canção”, acrescentou. E terminou: “Acho giro estarmos os dois nisto.

Os irmãos Sobral ficaram surpreendidos com a passagem à final. No encerramento da semifinal, Luísa Sobral admitiu: “Ficámos os dois um bocado em choque. Apesar de gostarmos da canção, não estávamos à espera.

Achámos sempre que havia coisas muito mais ‘à festival’”, disse.

O programa, realizado este domingo, no Coliseu dos Recreios, teve apresentação de Catarina Furtado e Sílvia Alberto, e contou com a presença de inúmeras figuras do canal público, uma vez que também se celebravam os 60 anos da RTP.

Salvador Sobral viajará agora para a capital da Ucrânia em maio, para representar Portugal no palco eurovisivo. Portugal irá competir na primeira semifinal do certame, que está marcada para 9 de maio.

PARTILHAR

28 COMENTÁRIOS

  1. A musica é bonita mas não é festivaleira…mas de festivais da canção já não se espera melhor…o festival internacional da canção também não é lá grande coisa visto que, mesmo que a canção não seja lá grande coisa, os países vizinhos e amigos votam entre si…por exemplo: os países nórdicos votam sempre entre si….os da europa de leste fazem o mesmo..etc..
    lembro-me a canção de uma rapariga..acho que se chama Filipa..foi ao intenacional e não ficou bem colocada e para mim era uma das mais bonitas nesse festival….e também lembro-me de uma que ganhou que é uma grande porcaria, é musica de metaleiros..a música não presta para nada e ganhou o festival internacional da canção..

    • Para ti, vai ser dos poucos que não vou “comentar” as criticas…
      Mas apenas dizer, que pelo menos este ano foi bom ver que muitas das principais votações para o Sobral vieram de longe…
      Mas claro que não deixaram de haver votações “políticas”… umas que foram impressionante, foram as da Grécia e de Chipre… mas…

  2. Se fosse um festival de canções de embalar talvez ficássemos bem cotados. A canção é agradável mas não para um festival. enfim mais uma passeata…

  3. Já viram a diferença notória entre a votação do júri e do televoto? Acho que neste tipo de concursos onde é representado o nosso país, a votação deveria ser exclusivamente do povo português, ou, na pior das hipóteses, o peso da votação do júri ser 1/4 da votação total…
    Foi o 51º Festival RTP da Canção e só este ano é que foi permitido concorrer com canções sem ser em português… andamos mesmo muito atrasados!… Agora só falta mudarem o júri, porque como se viu, a única canção em inglês a concurso ficou em 3º lugar na votação do povo português, mas apenas em penúltimo lugar do júri!

      • Agora só faltava saber se na altura desta notícia também acreditavas na victória do Salvador (o que duvido), porque “cantar de galo” depois dos resultados é fácil… 😉

        • Como já disse em baixo… desejei muito que o Festival da Eurovisão me desse motivos para vir aqui responder a algumas criticas… o que acabou por acontecer… e nessa altura nem estava a pensar em vitória, mas num bom resultado, algo como os 3 ou até 5 primeiros… O que é legitimo que até duvides… mas também não me interessa…
          Embora também não me interesse… também é legitimo que duvides que eu acreditasse na vitória do Salvador Sobral… se bem que até te posso dizer que só comecei a acreditar na canção/música depois de a ter ouvido com mais atenção pela 2ª vez… e como já disse de início nem foi logo na vitória, mas apenas num bom resultado… como “bom português”, sofro por vezes do problema nacional do pessimismo… realmente não fiquei logo convencido à 1ª (também não a ouvi com a devida atenção)… mas depois sim… achei que era interessante… Mais, e aí sim já depois desta notícia, quando comecei a ver/ouvir as reações por essa Europa fora…
          Já tu “cantaste de galo” cedo de mais… certo???… 😉

          • Porque é que eu “cantei de galo” cedo demais? Se reparares bem, eu nem me referi à canção vencedora, mas sim à grande diferença entre as opções do júri português e o povo português. A outra crítica era relativamente a só este ano ser possível levarem músicas em inglês quando nos outros países isso já era possível há mais tempo… Por vezes é complicado traduzir uma letra de português para inglês de forma a ter o mesmo sentido e sentimento, o que poderia influenciar negativamente a canção… Lembro-me por exemplo da palavra “saudade” que não tem tradução directa… Neste caso a nossa canção vencedora teve esse mérito de encantar mesmo depois de traduzida para inglês, mas podia não ter acontecido… 😉

            • Quanto ao uso do inglês… ou outra qualquer língua tenho que concordar…
              Só correndo o risco, que depois de se ter durante tanto tempo insistido no português, parecer desespero de ir atrás do 1º lugar… o que até não deixaria de ser verdade… mas…
              Pelo menos agora, depois de se ter vencido na nossa própria língua, que venha outra qualquer… até aproveitando uma das características sonoras da nossa própria língua (particularmente as do pt-pt) que nos permite com alguma facilidade adaptar a qualquer outra língua… 😉

  4. As vezes pasmo com estas escolhas … a musica n é má … a personagem é peculiar … por vezes roça um bocado o ridiculo … mas a musica só funciona em portugal !! … a musica é triste, tipo musica de caixinha de bonecas … como muitos a andam ai … em que qq estrangeiro não entenderá !

    para n falar das musicas do festival … q nem mercem comentários !

  5. Mas…isto é canção de Festival? Francamente! É para adormecer certamente e para levar os “manos” a dar uma volta paga por nós, até á Ucrania.
    Sinceramente, ainda sou do tempo em que ficava até ás tantas a ver o festival, agora, de há uns anos para cá, não ligo nenhuma. Somos sempre uns tristes, com musicas de treta e pontuações vergonhosas.

    • Pois… mas só foi a melhor pontuação de sempre…
      Para além de ganhar nas duas votações… na votação dos júris nacionais e do televoto europeu… E esta???!!!…

      • O meu amigo concordará que, agora, sabidos os resultados (excelentes sem duvida) , é mais fácil criticar as outras pessoas que deram a sua opinião pessoal antes de os saber. É cómodo.
        Pois olhe, não tenho qualquer problema em assumir que “levei uma bofetada sem mão”, e ainda bem, muito embora na minha opinião pessoal continue a achar a musica demasiado “parada e tristonha (a letra é bonita e foi bem interpretada sem duvida), mas são gostos que não se discutem. Não tenho também duvida nenhuma que o sentimento que tive relativamente a esta musica, foi um sentimento comum a muita gente que, certamente está feliz como eu, com a obtenção destes resultados verdadeiramente únicos, não só pela vitória mas pela ” dobradinha” que fizemos ( juri e televoto).

        • Como eu disse mais a cima…eu próprio não fiquei logo convencido à 1ª… até porque também não a ouvi com a devida atenção… especialmente devido à acumulação de desilusões ao longo do tempo (pois também sou daquele tempo em que se ficava até às tantas a ver o festival e a acumular desilusões)…
          Só quando a ouvi com mais atenção à 2ª (vantagens das “modernices” atuais que permitem voltar atrás e ver o que já passou na televisão)… quando a dada altura me vi a trautear a canção… é que comecei a acreditar na canção/música… e mesmo aí sempre na dúvida se os outros iriam perceber o “sentimento” “impresso” nela… julgando que só poderia ter um bom resultado se começassem a conseguir sentir… pois como também já disse e como “bom português”, sofro por vezes do problema nacional do pessimismo (já não falando da experiência)…
          Mas quando comecei a ver/ouvir as reações por essa Europa fora (isso sim, depois desta notícia) então é que comecei a acreditar mais… mas claro que com os receios que resultaram dos falhanços das sondagens do brexit e eleições americanas… mas sempre cada vez com mais esperança…
          Claro que concordo consigo que gostos não se discutem… até… ainda bem que eles são diversos… e ainda bem que eles este ano foram do agrado da maioria dos países da Eurovisão… 😉

  6. A canção não tem qualidade e será uma vergonha para Portugal apresentar “esta coisa aberrante” num evento internacional como o festival da Eurovisão.
    Esta votação devia ser anulada.

  7. Provavelmente isto deve ser uma brincadeira de Carnaval e não de festival, é claro que o verdadeiro responsável pela votação que vamos obter na Ucrânia, é o excelente júri que decidiu esta vergonha. Boa sorte!

    • LOLOLOLOLOLOLOLOLOLOLOL
      E deita cotovelite nisso…
      Eu bem desejei que este ano o Festival da Eurovisão me desse motivos para vir aqui responder… e não é que me deu mesmo!!!…

  8. Eu desejei… mas desejei mesmo muito que este ano o Festival da Eurovisão me desse motivos para vir aqui responder a algumas “criticas de entendidos”…
    E não é que me deu mesmo!!!…

RESPONDER

Costa não tinha dúvidas. O parecer da PGR sobre familiares é “absolutamente inequívoco”

O secretário-geral do PS, António Costa, defendeu hoje que o parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR) sobre as incompatibilidades entre governantes e negócios com empresas de familiares é “absolutamente inequívoco”. “O parecer é absolutamente inequívoco sobre …

Jovens do mundo inteiro ocupam a ONU em inédita Cimeira do Clima

Mais de 500 jovens, representantes de mais de 140 países, ocuparam este sábado o espaço habitualmente destinado aos diplomatas da ONU. A United Nations Youth Climate Summit, primeira cimeira da juventude sobre o clima, em Nova …

Esta zebra nasceu com bolas em vez de riscas

No Quénia, foi avistada uma cria de zebra com uma particularidade: em vez de riscas, esta tinha bolinhas brancas. Habitualmente, as zebras com condições semelhantes acabam por não viver durante muito tempo. Um rara cria de …

Há rochas "saltitantes" e colapsos de penhascos no cometa da Rosetta

  Cientistas que analisam o tesouro de imagens obtidas pela missão da Rosetta da ESA descobriram mais evidências de curiosas rochas "saltitantes" e quedas dramáticas de penhascos. A Rosetta operou no Cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko entre agosto de 2014 …

PS e BE afastados "porque dá jeito" (e os riscos de andar para trás)

O líder do PSD alertou este domingo para o distanciamento do PS em relação ao BE, porque “dá jeito para as eleições”, notando ser uma tentativa de “limpar” a proximidade dos últimos quatro anos e …

A KLM vai passar a "voar" de comboio

A KLM, que já tinha sugerido que se voasse menos e se viajasse mais de comboio, confirmou que vai retirar um dos voos Bruxelas-Amesterdão, passando os passageiros a efetuar a rota sobre carris, num comboio …

Cientistas fazem reconstrução facial de um guerreiro escocês do séc XV

Cientistas reconstruiram digitalmente o rosto daquele que terá sido um membro poderoso de um clã do século XV da Escócia, que terá morrido num violento conflito com um clã vizinho. Corria o ano de 1957 quando …

Estudo mostra que os golfinhos também já são resistentes aos antibióticos

Um novo estudo realizado nos Estados Unidos mostra que os golfinhos Tursiops truncatus também já mostram resistência aos antibióticos. Não é segredo que os seres humanos usam demasiados antibióticos, tanto que estamos a desenvolver uma resistência …

Indígenas famosos pela sua saúde cardíaca começaram a usar óleo de cozinha (e a engordar)

O povo Tsimane, que vive na Bolívia, tem permanecido relativamente afastado do mundo exterior durante várias gerações, prosperando da terra e praticando formas tradicionais de caça, pesca, agricultura e recolha de alimentos. Durante vários anos, sabe-se …

Mais de 150 detidos em protestos violentos em Paris. Desta vez, sem coletes amarelos

As autoridades francesas detiveram este sábado mais de 150 pessoas numa nova jornada de protestos em Paris, onde coincidiram uma manifestação dos coletes "amarelos" com outras dois em defesa do clima e contra a reforma …