Salgado lamenta dificuldades com apenas “dois salários mínimos”

Tiago Petinga / Lusa

Ricardo Salgado, ex-presidente do BES

Ricardo Salgado confessa que está a viver com grandes dificuldades, tendo apenas disponível um valor mensal correspondente a “dois salários mínimos”, depois de ter visto a sua pensão de 40 mil euros arrestada pela justiça.

Em declarações divulgadas pela SIC, o ex-presidente do BES refere que o arresto da sua pensão de 40 mil euros, no âmbito do processo Operação Marquês, está a ter “um impacto tremendo” na sua vida.

“Estou a ter que adaptar a minha vida a essa situação”, confessa o ex-banqueiro, cuja pensão foi arrestada para vir, eventualmente, a ser usada para pagar indemnizações, no caso de ser dado como culpado na Operação Marquês.

“Como banqueiro, descontei toda a minha vida, com um montante de capital muito elevado”, queixa-se Ricardo Salgado, notando que agora enfrenta grandes dificuldades financeiras, tendo que fazer face aos dias com um rendimento mensal equivalente a apenas “dois salários mínimos”.

Confrontado pela SIC com a situação dos lesados do BES, Salgado diz que não se sente culpado. “Dói-me profundamente a situação”, refere, sublinhando, todavia, que o problema foi criado pelo processo de resolução que diz ter sido “um desastre”.

Quando saiu do BES, “o banco tinha recursos mais do que suficientes para reembolsar os lesados e era o que estava previsto”, diz ainda Salgado.

“Nunca subornei ninguém em toda a minha vida”, assegura também o ex-banqueiro, frisando que “quando a investigação chegar ao fim”, está certo de que será “ilibado”.

SV, ZAP //

PARTILHAR

24 COMENTÁRIOS

  1. Coitado. Já que viveu toda uma vida á grande, agora vai sentir na pele o que é viver com 2 salários mínimos, mas não se esqueça que á milhões de Portugueses que não cometeram qualquer crime e sobrevivem mês após mês só com um salário mínimo e ainda lhe tiram descontos porque já é muito.
    Vou-lhe dar uma dica, se vender um, só um, dos seus carrinhos de luxo ou apartamentos, já vive melhor que qualquer Português da classe média

  2. Antes iam para a Comporta brincar aos pobrezinhos!…
    .
    Viver com dois ordenados mínimos não é humilhante, pois muita gente vive com muito menos do que isso.
    .
    Humilhante é ter de pagar o resgate dos bancos sem sequer ter sido cliente. Isso sim, é humilhação e sentença que custa cumprir.
    .
    Os bancos são umas instituições muito “sui generis” que repartem os lucros pelos accionistas e a bancarrota pelos contribuintes.
    .

  3. Coitadinho do homem,tenho tanta pena dele,vamos todos juntar as nossas pensões e salários miseráveis para dar ao pobrezinho…

  4. Como Português que sou vou responder como tal. Pra P**ta que te par**u, fodes-te a vida a muitas familias e vens-te queixar agora. Vende os bens que tens,como fizeram essas familias lesadas.

  5. coitadinho … há gente que não vive neste mundo vive num mundo á parte e goza literalmente c os outros que trabalham e eles andam a roubar. Pessoas como este deviam era viver a pão e água…

  6. Vamos fazer uma petição publica para o ajudar, é mais um lesado do GES … e se quiserem encomendar uns bolinhos às manas Salgado tb era uma ajuda, pode ser que lhe dêm algum…
    Já agora ó Salgadito vê lá nos extractos da Malásia (Bank Islam Malaysia Berhad, Labuan Offshore Branch ou noank Muamalat Malaysia Berhad, Labuan Offshore Branch ) se ainda tens lá algum, pois com estas coisas e fazer rodar o guito pela off-shorres a gente até perde o tino e já não sabe onde ele anda…
    Vê lá não perguntes nada ao Goldman Sachs (Labuan) Investment Bank Limited ou ao Credit Suisse, Labuan Branch, pois deste-lhes a palmada, ainda te levam a mal e o primeiro faz o trabalho de Deus… cuidadinho
    Saudinha e boa sorte na procura de uns trocos para a sopa

  7. Talvez assim, Ricardo salgado, possa avaliar o problema que causou a tanta gente e que vive, provavelmente com menos do que 2 salários mínimos.

  8. Já agora ó Salgadito, vê lá se ainda tens na Malásia uns trocos para mim… a vida está dificil….
    O amigo rico já não pinga nada e a Fava não me larga com as prestações do monte… e não a posso mandar à fava que ela mete a boca no trombone e aí é que são elas.
    Pf não me ligues para um dos meus 100000000 de mumeros, deve estar tudo à escuta, larga aí um pombo do quintal que eu apanho-o na varanda
    Bjs Zé P Sousa

  9. Este tipo de notícias só serve para alguns comentadores , achando-se donos da verdade , de proferirem as suas opiniões sem conhecerem os factos.
    Os tribunais servem supostamente para decidirem a culpabilidade ou responsabilidade deste drama que atingiu tantas pessoas.
    O que está aqui em questão não é saber se o Ricardo Salgado é culpado ou responsável , mas tão somente uma notícia sobre a alteração radical na sua vida.
    Eu, se tivesse mundos e fundos e se de repente fica-se sem nada, também me queixaria, para mais se nada nos tribunais estivesse decidido.

    • É verdade o que diz,mas já pensou que existem pessoas com dramas muito maiores, viveram a vida toda a poupar muitos ñ sabem o que são férias alguns a troco de ganhar um juro agradável perderam tudo muitos hoje tem idade insuficiente para irem para a reforma e estão falidos porque houve um esquema horrendo. Seria muito agradável que todos em Portugal podessem auferir 1100€ mês, colaboradores do banco mais novos é o que auferem e vivem tranqüilamente.

  10. Está a gozar que nem um perdido…
    Como se este aldrabão não tivesse contas em tudo o que é off-shore, e nas contas de “amigos” idênticos ao Carlos de Sócrates…
    E será que a Justiça fez o mesmo ao Zeinal, Granadeiro, Armando Vara, e restantes arguidos do processo Marquês ?!?

  11. Era bom que isto acontecesse a muita gente que nos impõe viver com 1 salário mínimo e não 2. Quem deveria sentir isto são os governantes.
    Embora este Sr. Salgado tenha muita culpa neste processo, eu, chego a ter “pena” do homem.
    Teria pena se isto que ele diz fosse verdade, não me acredito que este Sr. não tenha centenas de milhões de euros algures e que só espera o fim do processo para se pirar e gozar o resto da sua vida ou á beira-mar ou na montanha pescando. Também eu queria….
    O problema aqui é que por lei não sei se é possível investigar os amigos dos amigos e os amigos dos familiares etc etc etc.
    A inversão do ónus da prova para cargos políticos ou bancários tem de ser legislada.

  12. Aqueles a quem ele lesou com as contas no seu Banco e que diariamente vivem com esse trauma é que me fazem pena, agora ele como pessoa madura e responsável por uma instituição bancária é que é imperdoável ter optado pelo caminho que optou, andar em liberdade é sorte a mais!.

  13. Que sorte Sr. Dr.! Trabalhei 36 anos, fui administrativa e gerente comercial da gráfica do meu marido que faleceu quando eu tinha 34 anos (ele tinha 39 anos e faleceu com 39 anos de um cancro galopante), criei sozinha 3 filhos pequenos sem nunca ter tido um centimo de ajuda do estado para qualquer coisa, e, depois de ter estado vinte anos à frente da gráfica – posteriormente com um sócio que, fui vindo a descobrir, era muito pouco honesto . . .- fui obrigada a fechá-la, aoa 52 anos, ficando sem fundo de desemprego pois os “empresarios” não tem direito a tal´- e fechei prque a maioria dos clientes levava os trabalhos e não os pagava. Mas o estado exige que os empresários paguem o IVA que nunca recebem. Paguei tudo a todos os fornecedores e nunca fiquei a dever um ordenado aos empregados. Eu é que, em 20 anos, fiquei a arder 60 000 de vencimentos para “aguentar” a firma todos este anos. As finanças não querem saber. Tem é que arranjar um “culpado” que pague as dívidas às finanças. sem fazerem qualquer análise. Penhoraram os meus clientes ladrões? NÃO! Penhoraram o vigarista do meu sócio (que teve a ousadia de me dizer, quando a firma fechou, que tinha um “pezinho de meia” de 150 000 euros – donde veio este dinheiro? Das negociatas paralelas que ele sempre teve, fugindo ao fisco . . . Soube mais tarde que ele até abrira uma gr´
    afica nas minhas costas onde trabalhava ilegalmente, com uma autorização ministerial falsa, para impressão de documentos . . . A minha conta era ZERO! Mas há seis anos penhoraram as minhas magras reformas – de trabalhadora e viúva (sou viúva há 29 anos) e, das duas juntas, nem o ordenado minimo nacional recebo . . . A si, Senhor doutor, porque é que lhe pagam 2 ordenados ninimos? Em Portugal – o país da desdita, das falcatruas e da extorsão, há de facto uma justiça para os ricos e outra para os pobres. E o Estado, na pessoa das Finanças, é o algoz, o principal TIRANO. O que eu me congratulo é que os meus dois filhos – já me morreu um terceiro com 32 anos, também com um cancro – não querem filhos. Duma família de cinco pessoas não vai haver NINGUÉM para pagar impostos a este país anão e malvado – a juntar aos muitos milhares que tem emigrado nos ultimos cinquenta anos, e nunca mais vão voltar – porque no estrangeiro tem empregos bem remunerados e boas reformas – o país vai ficar deserto . . . Bem ajam pelo desgoverno,
    pela exploração dos que trabalham e não tem um ombro amigo para desabafar – por isso deixo aqui o meu desabafo, Tenho 63 anos, e aqui me comeram a carne, aqui me hão de comer os ossos – se eu, na minha velhice, não pensar ainda em emigrar (infelizmente não o posso fazer pois sou cuidadora de minha máezinha, que tem 85 anos e teve um AVC e estã muito debilitada, mas a quem o estado não paga um centimo por esta grave deficiencia). “Eles roubam tudo, Eles roubam tudo, Eles roubam tudo E não deixam nada . . . “

    • Mas, e que culpa tem o Estado na sua incompetência em gerir o seu negocio (e que a sra venda produtos a clientes que não pagam) ou que o seu sócio fosse vigarista?!
      O Estado não é pai de ninguém!!
      Se demorou 20 anos a descobrir que o negócio não dava, quer o quê?!
      Lamento mas, a responsabilidade é sua e o país/restantes contribuintes não tem que pagar pelos seus erros!

  14. pena, que a pena de morte não aja cá neste país, pena de morte para aqueles que prejudicaram o país, que seja no roubo como em todas as ações que sejam provadas, mas como se diz os maiores criminosos estão a frente do país, por isso nunca vamos ter justice em Portugal..

  15. Mas quem é que acredita que este sr.,que continua a viver uma vida faustosa, na quinta da Marinha, se mantenha com dois ordenados mínimos? Então e a “semanadazita” de 40 milhões que ele recebe de uma filha que está na Suiça casada com um milionário?!!

RESPONDER

Câmara do Porto quer isentar estacionamento em parques municipais por 120 minutos

A Câmara do Porto vai propor isentar do pagamento da taxa de estacionamento em cinco parques municipais, por um período de 120 minutos, por cada cliente, entre os dias 8 de dezembro e 8 de …

Registada a maior explosão solar dos últimos 3 anos

No domingo, dia 29 de novembro, o Sol desencadeou a erupção solar mais potente dos últimos três anos. A explosão foi medida como um M4.4 na escala que os astrónomos usam para tempestades solares. No dia …

Puxar, torcer e deformar. A Grande Nuvem de Magalhães perturba violentamente a nossa galáxia

O disco espiral de estrelas e planetas, na Via Láctea, está a ser puxado, torcido e deformado com extrema violência pela força gravitacional de uma galáxia mais pequena, a Grande Nuvem de Magalhães. Os cientistas acreditam …

2020 entre os três anos mais quentes desde que há registo

O ano de 2020 anuncia-se um dos três mais quentes, alertou hoje a Organização das Nações Unidas (ONU), apontando a probabilidade de o aumento da temperatura em 2024 exceder o limite de 1,5° C do …

Adeus, auriculares. Novo dispositivo transmite música diretamente para o ouvido

O SoundBeamer cria uma espécie de "bolha de som" e emite música diretamente para os nossos ouvido, sem o recurso a headphones. A empresa Noveto Systems inventou um aparelho, chamado SoundBeamer, que cria uma "bolha de …

Há "máfia" no clube de Scolari

Antigo diretor do Cruzeiro conta que viu "muita coisa errada" nos bastidores do clube que pode descer à terceira divisão do Brasil. 2020 está a ser um ano difícil para muitos clubes - um deles é …

Rir faz bem à mente e ao corpo, revelam estudos

Embora pareça algo leviano, o riso, em resposta a eventos engraçados, na verdade dá muito trabalho, porque ativa várias áreas do cérebro: áreas que controlam o processamento motor, emocional, cognitivo e social. O livro "An Introduction …

Pela primeira vez em 37 anos, Isabel II vai passar o Natal no Castelo de Windsor sem a família

A rainha Isabel (Elizabeth) II e o seu marido, Filipe (Phillip), vão passar o Natal em Windsor para evitar riscos de contágio de covid-19. A casa real britânica anunciou, esta terça-feira, que a rainha Isabel II …

Submarino chinês bate recorde e atinge parte mais profunda da Fossa das Marianas

A China transmitiu imagens ao vivo do seu novo veículo submarino que chegou no fundo da Fossa das Marianas no dia 10 de novembro. Esta é uma missão histórica no local subaquático mais profundo do …

Nova Zelândia declara estado de emergência climática

O Governo da Nova Zelândia declarou, esta quarta-feira, o estado emergência em matéria de alterações climáticas, comprometendo-se a tornar o setor público neutro em carbono até 2025 e pedindo ao país para "agir com urgência". A …