Salário mínimo está cada vez mais próximo do médio (e toda a gente ganha menos), diz Montenegro

José Coelho / Lusa

O ex-líder parlamentar do PSD, Luís Montenegro

O candidato à liderança social-democrata Luís Montenegro defendeu esta sexta-feira um partido “suficientemente forte” para ter “maioria absoluta” e fazer “as reformas de que o país precisa” sem “depender do PS”.

Para Luís Montenegro, que anunciou a candidatura dias após as eleições legislativas, desafiando o atual líder, Rui Rio, a entrar na corrida, o PDS “tem de ter vida própria e autónoma e tem de ser suficientemente forte para, nas próximas legislativas, não ter 27 % mas uma maioria absoluta na Assembleia da República e não depender do PS para fazer as reformas de que o país precisa”.

O PS não vai querer fazer nenhum acordo connosco, não vale a pena perdermos tempo sendo muletas ou bengalas do PS, independentemente das áreas onde se devem projetar entendimentos quanto a reformas estruturais. Se uma das partes não quer, que é o PS, não vale a pena insistir”, observou.

Luís Montenegro falava aos jornalistas antes de um jantar com apoiantes em Braga, no dia em que lançou o sítio na internet da sua candidatura. O antigo líder parlamentar social-democrata referiu-se a uma “força que vem de dentro do PSD”, numa alusão ao ‘slogan’ da sua candidatura, e que “falta” ao partido como alternativa política em Portugal, mas que existe. Não está é a ser aproveitada”, lamentou.

Questionado sobre se é a força que falta ao atual líder do partido, Montenegro afirmou que, nos últimos dois anos, Rui Rio “esteve sempre muito à espera do PS” e “sempre muito focado nos entendimentos com o PS”.

Quanto ao programa de Governo, cuja discussão decorreu na quarta e quinta-feira no parlamento, Montenegro destacou que “a grande conclusão” a tirar é a necessidade “de uma alternativa firme, séria e forte” ao PS e “parceiros de esquerda”.

O candidato alertou para um “setor da saúde cuja solução de crise não está prevenida no programa de Governo”, para uma “política salarial que está a nivelar por baixo” e para um executivo que “não ataca o problema que é a asfixia fiscal em que vivem as pessoas e as empresas”.

“Portugal precisa de uma alternativa que dê resposta a estes problemas e sirva de antagonista à política de esquerda do PS e dos seus parceiros”, sustentou. Para Luís Montenegro, esta alternativa é precisa, “em primeiro lugar porque, objetivamente, o PS continua suportado pelo PCP, BE e também pelo PAN e pelo Livre”.

“Não há nenhuma crise na esquerda nem na geringonça. A geringonça existe, o casamento está em vigor. Os parceiros discutem em público mas depois arranjam-se em privado”, alertou.

Montenegro lamentou ainda as “grandes omissões que programa de Governo deixou evidenciadas”, nomeadamente no setor da saúde, onde existe um “drama” para o qual o executivo não apresenta solução.

O candidato à liderança do PSD criticou ainda que apenas haja “uma preocupação com o salário mínimo, que está cada vez mais próximo do salário médio, o que significa que toda a gente ganha cada vez menos”.

“Portugal tem uma política salarial nivelada por baixo e este é um problema que só o crescimento da economia pode resolver isso e não é uma prioridade deste programa de Governo”, notou.

O social-democrata destacou ainda que a carga fiscal, que “atingiu o máximo de sempre com este Governo, não vai ter a diminuição que se exigia”.

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz elogiou na quarta-feira a prestação do partido no debate do programa do Governo, cujas principais intervenções estiveram a cargo do presidente, Rui Rio, e do ex-líder parlamentar Fernando Negrão.

A corrida à liderança do PSD vai ser disputada em eleições diretas a realizar em janeiro e cuja data concreta será fixada num Conselho Nacional, em Bragança, marcado para 08 de novembro. O atual líder, Rui Rio, recandidata-se ao cargo, estando na corrida, até ao momento, Luís Montenegro e Miguel Pinto Luz.

// Lusa

PARTILHAR

16 COMENTÁRIOS

  1. eu acho que o PSD tem um “problema” de raiz, não “sabe” muito bem onde se “encaixar”, dito de outra forma, não sabe muito bem se é Socialista ou é Democrata, concretamente se é aliado do Autoritarismo do Estado ou se é aliado do Estado de Direito, da observação estrita dos Direitos de cada um. Mas acho que esse é um “problema” que afecta outros partidos.
    É evidente que o Rio quer “abraçar” o PS e foi esse o motivo do “descontentamento” do eleitorado “Não Socialista”, tanto mais que a “performance” Economica do PS nos ultimos 4 Anos foi aparentemente “boa”, a outra face da Moeda a “Carga Fiscal” foi a mais alta de sempre, mas essa performance foi “aliciante” para muitos votarem no PS.
    Uma vez ganha a “confiança” do PS, nos proximos 4 Anos o PS vai mostar a sua verdadeira face de um Partido da Extrema Esquerda.
    Já começou com a “Passagem Administrativa” dos Alunos no Ensino, o aumento do Salario Minimo por Decreto ou “vontade” do Comite Central do PS, tipo o Maduro na Venezuela.
    Essa do aumento do Salario Minimo é dos tais “truques” dos SOcialismos de “iludir” as pessoas com “fantasias”, pois no fundo quem mais ganha ganha com isso é o Estado, pois vai aumentar os Descontos para a SS, muitos vao passar a pagar IRS e não por ultimo haverá um aumento de Preços para o consumidor final, especialmente onde há mais Salarios Minimos, ou seja Super Mercados, o que resultará num aumento da Receita do IVA.
    Do outro lado, feitas as contas, o Povo que viu o Salario ser aumentado, foi afinal “roubado” pelo “Carteirista” no “Bolso de trás”:

      • pois é, o grande problema dos tugas é que não sabem nada de Politica, não sabem distinguir Direita e Esquerda, não sabem definir quando se está em presença de “extrema-esquerda”. A distinção não se faz pelo “paleio” do “diz que disse”, qualquer pode “dizer o que quiser”, mas sim em função das medidas concretas que o Governo adopta, como é o caso do Aumento do Salario Minimo. A extrema-esquerda define-se pelo “uso do Poder” para por “Decreto” “mandar na Economia”. A Economia de Direcao Central, é como se chama nos meios academicos, à Economia Comunista Marxista.
        O Aumento do Salario Minimo é contra os interesses de Portugal!!!
        Se, o Governo quer melhorar a “vida” dos tugas que BAIXE os Impostos, mormente o IVA que beneficiaria TODOS. Isto seria politica da Democracia.
        Além do mais não ve como o PS do Costa se “dá muito bem” com o BE e o PCP?

        • “pois é, o grande problema dos tugas é que não sabem nada de Politica,”
          E percebe-se logo que tu és bastante tuga, até porque, no teu caso, não é só de política que não sabes nada!…

  2. O país está triste e de pantanas, com 4 anos de conjuntura económica favorável. É preciso que surja alguém, credível, que venha abanar com estes estado deplorável em que nos encontramos. Quem é esse alguém, não sei, mas que isso é preciso, é. E com urgência, antes que seja tarde. O abismo pode estar no horizonte.

  3. A terrível verdade é essa: só se pensa no salário mínimo. Aumentar-se os outros na mesma proporção, nada! Se é justo que se aumente o salário mínimo? Sem dúvida!

    A grande questão é: para que vou eu estudar e investir em formação, se depois ganho mais 100 ou duzentos euros do que aqueles que nunca o fizeram? Será que vale a pena? Provavelmente, não!

    A malta precisa de uma cenoura. Se não houver cenoura, se não existir recompensa pelo esforço, para quê perder tempo, gastar dinheiro e ter chatices? Mais vale beber uns copos com os amigos, ir de férias mais vezes e trocar de carro com maior frequência…

    • Olhe amigo deixe de ser facista, a questão não é so de ganhar mais 100 ou 200 euros como diz, a questão é tambem de ter uma vida bem melhor, bem mais limpa e menos trabalhosa, isso para si não é importante, nos outros paises mais evoluidos existe mais igualdade salarial e isso é que está correto, pela sua ideia algo facista qualquer dia precisamos de um operario e não o encontramos, ninguem está para trabalhar e ganhar uma bacatela, deja mais humano

      • Caro Luís,
        1 – em primeiro lugar, não sou seu amigo;

        2 – sugiro também que vá aprender a escrever;

        3 – em terceiro lugar, não sou facista. Mas, como o seu comentário claramente demonstra, democracia a mais faz mal à própria democracia. A malta agora só fala em direitos, mas esquece-se dos deveres. Um bom exemplo é a ideia peregrina da nova ministra da modernização administrativa de premiar os funcionários públicos que menos faltam, como se o dever de assiduidade não fosse uma das obrigações que decorrem do contrato de trabalho (e olhe que eu sou funcionário público);

        4 – pouco solidário? Olhe que não! Mas quando várias vezes passei por muitas dificuldades na vida, tirando meia dúzia de pessoas que muito prezo todos me viraram as costas;

        5 – se cheguei onde cheguei, foi por conta do meu trabalho (trabalho desde os 14 anos, frequentava o 8.° ano) e dos muitos sacrifícios que fiz ao longo da vida (enquanto aqueles que hoje reclamam por subsídios e aumentos do salário mínimo, estavam nas esplanadas a beber copos, passeavam-se pelas discotecas e exibiam telefones topo de gama, roupas e calçado de marca, coisa que nunca tive);

        6 – quantas vezes via pessoal a esbanjar dinheiro e eu com 100 escudos no bolso. Tantas coisas de que me privei para poder estudar e comprar livros;

        7 – também ganhei muitos e muitos anos o salário mínimo. Sei bem o que isso é. Mas também sei o quanto trabalhei e investi para poder ganhar mais e viver melhor como refere;

        8 – Portanto, creio que agora é hora do merecido retorno, ou não? Mas se isso é ser egoísta, não solidário e fascista, pois então sou-o sem qualquer problema, a começar pela treta do politicamente correcto.

        Cumprimentos!

  4. Direita, esquerda, extrema-esquerda e extrema-direita tudo financiada e manipulada pelos banqueiros, tudo a mesma perversidade e os seguidistas de direita e esquerda a fazer o papel de otários rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs

    • Agora fiquei totalmente ilucidado como é que o Partido da Carneirada Portuguesa é o maior Proprietario Imbiliario e o Partido mais rico de tugalandia.

  5. Skylanders andas te a estudar e a investir na educação??! Ou foste para a faculdade beber e fumar as contas dos teus pais, deixem se de merdas, porque são as pessoas do salário mínimo que movimentam este país, que o fazem crescer e não estes engenheiros que dizem serem bons que realmente não o são, tem uma boa educação sim mas por favor não confundam educação com inteligência…pois é isso que falta na malta que decide Investir na educação! Aumentem a qualidade de vida da maioria e a vida dos que já ganham mais irá aumentar também como conseguecia

    • faltou concluires que o Partido dos Cinicos Portugueses também é o que mais contribui pra o Aumento de Riqueza do País.
      lol.

    • Trabalho desde os 14 anos otário. Tudo o que tenho foi alcançado pelo meu esforço e pelo meu trabalho.

      Não tive pais que me pagassem os estudos para poder andar a fazer parvoíces na faculdade. Quando os outros andavam nessas andanças estava eu a trabalhar 8 horas por dia.

      Pelo discurso o Sr. é mais um frustrado e falhado da vida que vem mandar bitaites contra aqueles que conseguiram chegar onde o senhor desejava mas não teve capacidade e inteligência para lá chegar…

      Vá mas tratar essa sua frustração….

  6. São as pessoas do salário mínimo que movimentam este país?!?! O problema desta “tugalândia” é que existem ainda muito mentecapto que acredita no Pai Natal do comunismo. É pena não terem vivido na União Soviética na época pré Gorbachev para ver como era… As pessoas que ganham o salário mínimo mal têm dinheiro para suportar uma renda de casa quanto mais “movimentarem este país…” !

RESPONDER

Estados Unidos vão transformar aeronaves obsoletas em "aviões arsenal"

Os Estados Unidos preparam-se para transformar algumas das suas maiores e mais obsoletas aeronaves em "aviões arsenal", que funcionarão como plataformas repletas de armas, revelaram fontes do Governo norte-americano. Foi em 2016 que esta ideia veio …

Imperador japonês paga 25 milhões de dólares por ritual secreto para dormir com deusa

Este ritual de sucessão do Imperador Naruhito aconteceu na quinta-feira e envolve dormir com uma deusa do Sol. O templo é construído para o efeito e é destruído depois. O ritual japonês altamente secreto conhecido como …

Para entrar nesta praia italiana, vai ser preciso pagar (e nem todos podem entrar)

Aos pés de uma antiga aldeia de pescadores, La Pelosa é uma atração turística muito célebre. Por isso, a autarquia decidiu tomar medidas para a proteger. A famosa praia tem sido uma vítima da erosão natural …

Laurent Simons será o mais novo licenciado do mundo. Tem 9 anos

O belga Laurent Simons tem apenas 9 anos e estás prestes a bater um recorde: em dezembro, deverá tornar-se o mais novo licenciado do mundo. O "menino prodígio", tal como é apontado pelos média internacionais, ingressou …

Preços dos passes Navegante ficam iguais em 2020

Os preços dos passes Navegante vão manter-se iguais em 2020, no âmbito da estratégia de “promoção da utilização dos transportes públicos coletivos”, anunciou esta sexta-feira a Área Metropolitana de Lisboa (AML). “A Área Metropolitana de Lisboa …

Os burros-táxi de Espanha vão ter horários de trabalho, estábulos novos e deixar de carregar turistas de 80 quilos

Os burros táxis são uma atração turística de Mijas, província de Málaga, no sul de Espanha. Agora foram definidas novas regras que têm em conta os direitos e o bem-estar dos animais. O serviço funciona como …

Vai ser preciso "ser-se rico" para visitar a famosa Ilha de Komodo

Em breve, os turistas que queiram visitar a Ilha de Komodo, o famoso lar de mais de 5.000 dragões de Komodo, terão de ser ricos. O aviso é do Governo local indonésio, que chegou mesmo …

Sócrates saúda saída da prisão de Lula. "Sei que estás em festa, pá"

O antigo primeiro-ministro José Sócrates, acusado de corrupção, considerou que a saída da prisão de Lula da Silva representou uma "reentrada no mundo" do ex-chefe de Estado brasileiro, acontecimento em relação ao qual o PS, …

Ministra da Justiça visitou mãe que abandonou bebé no lixo

A mãe que abandonou o bebé no caixote do lixo em Lisboa está bem de saúde e a receber apoio psicológico, constatou a ministra da Justiça, que esta sexta-feira visitou a jovem na cadeia de …

Ex-embaixadora dos EUA na Ucrânia acusa Trump de intimidação

Marie Yovanovitch, antiga embaixadora dos Estados Unidos na Ucrânia, denunciou esta sexta-feira a existência de uma campanha para a descredibilizar levada a cabo por Donald Trump com ajuda de ucranianos, no inquérito para a destituição …