Rússia diz que a Starlink de Musk está a arruinar as fotografias espaciais (e vai fazer queixa à ONU)

smithsonianmag.com

Se há alguém capaz de levar o Homem a Marte, provavelmente é Elon Musk.

A Academia de Ciências da Rússia vai fazer queixa junto das Nações Unidas sobre a constelação de satélites de Elon Musk, a Starlink, uma vez que considera que a luz emitida pelo projeto está a prejudicar o trabalho dos astrónomos.

A iniciativa do fundador da SpaceX consiste em colocar uma rede de 12 mil satélites não muito longe da Terra para fornecer Internet de banda larga a todo o mundo, especialmente a regiões do planeta onde este serviço é mais escasso e, por isso, muito caro.

Foi em meados de maio de 2019 que o primeiro de conjuntos de satélites foi lançado. A SpaceX, empresa do universo de Musk, utilizou os seus próprios foguetões Falcon 9, que são reutilizáveis, e prevê uma cadência de lançamentos inédita.

Se a constelação planeada pelo CEO da Tesla se concretizar, a SpaceX vai ter mais satélites em atividade que o conjunto dos outros operadores do mundo juntos, civis e militares, cujos aparelhos devem totalizar cerca de 2.100.

Agora, Nikolai Samus, cientista da academia russa revelou que as centenas de satélites já colocados em órbita por Musk refletem a luz solar e podem mesmo corromper entre 30 a 40% das imagens astronómicas, segundo a agência estatal russa RIA Novosti (em russo), cita pelo portal Newsweek.

De acordo com o mesmo órgão de informação estatal, as preocupações são partilhadas por outros especializas da Agência Espacial Europeia e serão levadas a ONU.

“Estamos a elaborar uma carta da Royal Academy [para a ONU] e amanhã discutiremos esse assunto com o nosso vice-presidente Yuri Balega. A carta será nossa”, disse Samus num audiência no plenário de Moscovo.

Vários astrónomos criticaram já o projeto de Musk, considerando que o multimilionário está a poluir os céus e a cegar os telescópios terrestres. Em maio, Elon Musk garantiu que o Starlink não teria um impacto negativo na astronomia. “Hoje em dia há 4.900 satélites em órbita, e as pessoas apercebem-se disso cerca de 0% do tempo”.

Em janeiro, foi lançado um lote com 60 satélites, tendo já a constelação 300 destes aparelhos, segundo o portal Tech Crunch, que precisa que estes poderão já está a operar, isto é, a fornecer acesso à Internet, aos Estados Unidos e ao Canadá, em meados de 2020.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É a academia russa a tomar partido e se mostrar a favor do governo russo, em atividades de espionagem, roubo, e implantação de políticas de fraudes online. As atuais tecnologias (cabos submarinos, data centers, fibras óticas e cabos convencionais) são passíveis de roubo de dados, o que ocorre com muita frequência através de navios espiões e outras tecnologias. Mas, se houver uma quebra de paradigma, com redes de satélites de dados a civis, empresas, e governos, com criptografia e numa rede tão vasta de salélites, não haverá como a russia roubar dados. Por isso o “medo”.

  2. Para mim empresas privadas não deveria lançar satélites. pelo motivo da ganancia por lucros ele vai jogar muito lixo (porcaria) no espaço e pode falir como qualquer empresa privada.

RESPONDER

"O PS não se pode calar." Líder parlamentar promete combate à extrema-direita

Para a líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, os tempos atuais "não estão para brincadeiras ou para aventureirismos". A líder parlamentar do PS prometeu, esta terça-feira, o combate político aos "populismos" oriundos de correntes de …

"Nem fria, nem quente." China não quer nenhuma guerra

O Presidente chinês, Xi Jinping, assegurou que o país não quer nenhuma guerra e acredita que "a Humanidade vencerá a batalha" da covid-19. Xi Jinping assegurou, esta terça-feira, que a China não quer nenhuma guerra “nem …

Pegadas com 120 mil anos mostram como é que os humanos saíram de África

Uma equipa de investigadores encontrou centenas de pegadas na Arábia Saudita que podem retratar como é que os antigos humanos saíram de África para a Eurásia. Há cerca de 120 mil anos, naquilo que hoje é …

Nélson Semedo oficializado no Wolves de Nuno Espírito Santo

O Wolverhampton oficializou esta quarta-feira nas redes sociais a contratação do português Nélson Semedo, que terminou o vínculo com o Barcelona. Depois de três épocas ao serviço da equipa catalã, o jogador de 26 anos …

Líder da JSD propõe aliança entre PSD, CDS e IL nas autárquicas de 2021

O líder da JSD, Alexandre Poço, apelou aos presidentes do PSD, CDS-PP e Iniciativa Liberal para um acordo de centro-direita nas eleições autárquicas de 2021, sublinhando que o debate político está cada vez mais …

Jota não entra nas contas de Jesus. Florentino cada vez mais perto do Mónaco

Diogo Jota e Florentino Luís devem deixar a Luz nesta temporada por empréstimo, segundo escreve a imprensa desportiva esta quarta-feira. Jota deverá em breve deixar o Benfica e rumar a Inglaterra por empréstimo, avança o …

Se o próximo Orçamento for "mais do mesmo", PCP vota contra

Se o próximo Orçamento do Estado for mais do mesmo, Jerónimo de Sousa garante que o PCP vai votar contra. Esta manhã, em entrevista à Antena 1, Jerónimo de Sousa admitiu que o PCP poderá votar …

Cientistas desenvolvem adesivo para verificar (sem dor) níveis de glicose

Cientistas desenvolveram um sensor que dizem poder penetrar a pele, sem dor associada, para conduzir testes de diagnóstico para condições de saúde como pré-diabetes. De acordo com o site Science Alert, a equipa de cientistas investigou …

Governo está "preparado" para estender moratórias (e não só)

Esta terça-feira, em entrevista à TVI, o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital disse que o Governo está "preparado para estender as moratórias bancárias" e lançar novas linhas de crédito. Pedro Siza Vieira, …

Açores vão dar incentivo financeiro a quem fizer teste da covid-19 antes de visitar região

O presidente do Governo dos Açores anunciou esta terça-feira que será criado um “incentivo financeiro” para compra de bens ou serviços na região a quem pretender deslocar-se ao arquipélago e fizer o teste de covid-19 …