Rússia e Síria vão partilhar controlo do nordeste sírio

Anatoly Maltsev / EPA

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse hoje que a Turquia e a Rússia alcançaram um acordo pelo qual as forças curdas da Síria vão recuar 30 quilómetros a partir da zona fronteiriça do nordeste da Síria.

O prazo concedido foi de 150 horas. Erdogan referiu-se a um “acordo histórico” sobre a Síria concluído após longa reunião com o seu homólogo russo Vladimir Putin e que decorreu em Sochi (Rússia), nas margens do mar Negro.

“Hoje, com Putin concluímos um acordo histórico para a luta contra o terrorismo, a integridade territorial e a unidade política da Síria e ainda para o regresso dos refugiados”, declarou Erdogan.

No decurso de uma conferência de imprensa conjunta com o Presidente russo, Erdogan precisou que o período de 150 horas (seis dias e seis horas) se inicia ao meio-dia de quarta-feira, hora local (10:00 em Lisboa).

No decurso desta operação, a Turquia e a Rússia vão promover patrulhas conjuntas, acrescentou, uma iniciativa confirmada pelo Kremlin.

“Na minha perspetiva estas decisões são muito importantes, mesmo decisivas, e vão permitir resolver uma situação muito tensa”, declarou por sua vez Putin, numa alusão a este mecanismo destinado a evitar o reinício da operação militar turca contra os grupos armados curdos.

Este acordo foi divulgado logo após as forças curdas da Síria, que foram apoiadas pelos Estados Unidos no combate aos ‘jihadistas’, terem confirmado a retirada do nordeste da Síria, uma exigência da Turquia.

A Turquia pretende instalar uma “zona de segurança” em território sírio, junto à na sua fronteira, e define como “terroristas” as Unidades de Proteção Popular (YPG), o principal grupo das FDS.

No entanto, suspendeu na quinta-feira a sua ofensiva militar na sequência da frágil trégua negociada em 17 de outubro entre turcos e norte-americanos.

Esta pausa expira hoje às 20:00, e Ancara já advertiu que recomeçará as operações militares caso as YPG permaneçam na “zona de segurança”.

Segundo Erdogan, o acordo concluído com Putin, aliado do regime de Damasco, abrange os setores do nordeste da Síria onde as YPG estão presentes mas que escaparam à ofensiva turca, entretanto suspensa.

A retirada das forças turcas abrange uma zona com 120 quilómetros de comprimento entre as localidades de Tal Abyad et Ras al-Ayn, principais alvos da ofensiva turca, no setor central e nordeste da Síria.

Em relação à zona fronteiriça a leste e oeste deste setor, “as forças das YPG deverão retirar num prazo de 150 horas a partir de 23 de outubro (…) e as fortificações e posições da organização serão destruídas”.

“No final das 150 horas, as patrulhas turcas e russas vão começar a atuar numa profundidade de 10 quilómetros a oeste e a leste da zona da operação Fonte de Paz. Os terroristas de Tal Rifat e Minbej vão sair desta zona com as suas armas”, acrescentou.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma nova maneira de medir a gravidade da Terra

Uma equipa de cientistas descobriu uma nova forma única de medir a gravidade da Terra. O método anterior envolvia medir a influência da gravidade nos átomos, rastreando a rapidez com que os átomos caíam. O problema …

Detetado pela primeira vez vapor de água na Europa, a lua de Júpiter

Uma equipa internacional de cientistas confirmou a presença de vapor de água na superfície de Europa, um dos quatro satélites naturais de Júpiter, revelou a agência espacial norte-americana (NASA). "Os elementos químicos essenciais (carbono, hidrogénio, …

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …