Rússia pode cortar a Internet mundial, avisa General britânico

Nick Savchenko / Wikimedia

O contratorpedeiro Smetlivy, da Marinha de Guerra da Rússia

É uma nova ameaça à “nossa forma de vida” e à segurança e economia mundiais. O alerta é do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas do Reino Unido, Stuart Peach, que teme que a Rússia corte os cabos submarinos por onde passam 97% das comunicações mundiais.

Este aviso do chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas do Reino Unido, Stuart Peach, surge depois de vasos de guerra da Rússia terem sido detectados, com regularidade, na zona onde se situam os cabos submarinos do Atlântico Norte.

Por estes cabos, que ligam a Europa à América do Norte, passam 97% das comunicações mundiais e transacções financeiras diárias de 10 biliões de dólares, segundo um relatório de um grupo de especialistas de centro-direita do Reino Unido, conforme cita o The Guardian.

Assim, o corte desses cabos teria um impacto “potencialmente catastrófico” para a economia mundial, e até para o modo de vida de milhões de pessoas, alerta o chefe militar durante o discurso anual no Royal United Services Institute, centro de reflexão britânico sobre segurança e defesa.

“Há um novo risco para a nossa forma de vida, que é a vulnerabilidade dos cabos que atravessam os fundos marinhos”, destaca Stuart Peach citado pelo Independent.

“Podem imaginar um cenário onde esses cabos sejam cortados ou interrompidos, o que afectaria imediatamente, e potencialmente catastroficamente, tanto a nossa economia como outros modos de vida, se fossem perturbados”, realça o chefe do Estado-Maior-General.

O homem que é apontado como o próximo líder do comité militar da NATO também alerta para a “ameaça da modernização da armada russa, tanto de submarinos e navios nucleares como convencionais”, e sublinha que os russos continuam “a aperfeiçoar as capacidades não convencionais e a guerra de informação”.

“Por isso, temos que continuar a desenvolver as nossas forças marítimas com os nossos aliados, com os quais estamos a trabalhar proximamente, para igualar e perceber a modernização da frota russa”, conclui Stuart Peach.

O Independent cita um relatório elaborado por um deputado conservador britânico, Rishi Sunak, que nota que os cabos submarinos do Atlântico podem ser facilmente danificados por um caçador de pesca ou submarinos.

O mesmo documento também nota que em 2014, durante a anexação da Crimeia, a Rússia cortou com bastante facilidade as comunicações digitais na zona.

Susana Valente SV, ZAP //

PARTILHAR

15 COMENTÁRIOS

  1. Portanto, os USA acabam com a neutralidade da Internet mas quem a pode destruir é a Rússia? É pá…. vão atirar areia para os olhos de outro….

    • A questão da neutralidade da Internet é bem mais complexa do que toda a gente aqui parece perceber…

      A neutralidade da Internet não é só coisas boas, também tem aspetos negativos. Sou da opinião que trás mais vantagens que desvantagens, mas há desvantagens. O principal problema da neutralidade da Internet é não permitir aos fornecedores de internet cobrar taxas aos fornecedores de conteúdo. Os gigantes da internet, como a Google, Amazon, Facebook, Netflix, Youtube, etc., beneficiam imenso dos investimentos em acesso em banda larga feitos pelos operadores de internet, mas no entanto não pagam nada por isso. Todos os custos que os fornecedores de internet têm com a rede, como a instalação de fibra ótica, etc., são pagos pelos consumidores. Na prática, os gigantes da internet “vivem à custa” dos fornecedores de internet, que lhes abrem as portas para chegar a milhões de consumidores sem que tenham que pagar por isso. A consequência é que os consumidores acabam por pagar mais do que deviam, visto que são eles que suportam em exclusivo todos os custos que os fornecedores de internet têm com a manutenção e gestão da rede. E muito possivelmente limita a inovação na prestação de serviço de acesso à internet.

      Não, acabar com a neutralidade da Internet não é o início da censura! Antes de 2015 não havia neutralidade da Internet nos EUA e não havia censura!

      O problema de acabar com a neutralidade da Internet é que vai tornar muitíssimo mais difícil a entrada de novas empresas no mercado, visto que o pagamento de taxas aos fornecedores de internet cria uma barreira de entrada. Por exemplo, os novos Youtube, Netflix, Amazon, etc., vão ter muito mais dificuldade em entrar no mercado, visto que vão ter que ter pagar aos fornecedores de internet para chegarem aos consumidores nas mesmas condições que os incumbentes. Se não o fizerem, vão ficar um passo atrás. Por exemplo, o acesso a esses novos sites pode ser mais lento ou não estar incluído no pacote mensal de tráfego ilimitado.

      À primeira vista, parece-me que acabar com a neutralidade da Internet é uma má ideia, mas vamos ter que ver.

  2. Ingleses velhos ignorantes…

    As comunicações já “passam” quase todas por satélite!!
    Os cabos marítimos já estão obsoletos.

  3. Pergunto-me como pode um ‘caçador submarino’ ir cortar um cabo depositado a mais de 100 metros de profundidade.
    Não só, devem achar que un cabo submarino è um simples fio eléctrico que se corta com um alicate…

  4. Meus senhores um dos principais cabos submarinos entre a Europa e a América é português e foi instalado nos anos 50 entre Portugal e Brasil. É uma cabo coaxial onde circulam milhares de comunicações e é verdade que por satélite circulam algumas comunicações mas só cerca de 10 a 15 por cento. Também é verdade que esses vabos são de cobre e são facilmente cortáveis.

  5. Ponham-se a dar ideias….parece mentira mas ultimamente procura-se esclarecer publicamente onde o terrorismo deve ser aplicado,gente estupida com atitudes estupidas..

  6. Então e os russos podem praticar essa forma de terrorismo e os outros países não teriam capacidade de resposta contra tal acção, não se encontraria nada que pudesse afectar a economia russa caso tal acontecesse, ou isto será mesmo procurar encontrar problemas onde não os há?

    • Tal e qual.
      Lá se vai acabar com a espionagem americana com o corte dos cabos por onde eles espiam toda a passagem de dados.
      Estes imperialistas ingleses e americanos querem subjugar o mundo.
      Então os russos agora já não se podem modernizar?
      Há que manter o equilíbrio mundial, para podemos viver em paz.

RESPONDER

OMS quer suspender venda de mamíferos selvagens vivos em mercados de alimentos

A Organização Mundial de Saúde defende a suspensão da venda de mamíferos selvagens vivos nos mercados de alimentos para evitar a propagação de doenças, avança a AFP. "Os animais, especialmente os selvagens, são a fonte de …

“Frescura, juventude e capacidade“. Coligação improvável em Penafiel junta PS e partido de Tino de Rans

O PS e o partido RIR, liderado pelo ex-candidato presidencial Vitorino Silva, formaram a coligação Penafiel Unido, que vai concorrer às autárquicas em Penafiel, distrito do Porto, com Paulo Araújo Correia como cabeça de lista, …

Marcelo, IL e Chega querem avanço do desconfinamento. PSD pede travão nos concelhos de maior risco

Marcelo Rebelo de Sousa ouviu os partidos ao longo desta tarde. A renovação de mais um Estado de Emergência está na mira, mas há quem não concorde. O Presidente da República começou por receber o Iniciativa …

MP "não nos ligava patavina. Zero", disse major Vasco Brazão

O major Vasco Brazão, ex-porta-voz da Polícia Judiciária Militar (PJM), disse esta terça-feira ao coletivo de juízes do Tribunal de Santarém que o Ministério Público (MP) não "ligava patavina" à investigação e às diligências sobre …

Especialista alerta que uso de máscara aumentou doenças da voz

A otorrinolaringologista Clara Capucho alertou que o uso de máscaras imposto pela pandemia da covid-19 aumentou o número de patologias da voz, sobretudo nos aparelhos vocais dos portugueses. O alerta da coordenadora da Unidade de Voz …

Tóquio2020. Missão portuguesa deve ser vacinada para diminuir "insegurança" dos atletas

O presidente do Comité Olímpico de Portugal (COP), José Manuel Constantino, deseja que a Missão portuguesa aos Jogos Olímpicos Tóquio2020 seja vacinada, quanto antes, considerando que a demora cria "insegurança" entre os atletas e restante …

Rússia proíbe oficialmente casamento entre pessoas do mesmo sexo

A Rússia proibiu oficialmente o casamento entre pessoas do mesmo sexo, numa emenda constitucional ratificada esta segunda-feira pelo Presidente russo, Vladimir Putin. Segundo avançou esta terça-feira a NBC, o deputado Pyotr Tolstoy, opositor ao casamento homossexual, …

Portugal não vai estar no Europeu feminino

Empate sem golos em Moscovo, depois da vitória da Rússia por 1-0, no Restelo. Fase final marcada para 2022, em Inglaterra. Ao contrário de 2017, a fase final do Europeu feminino de futebol não vai contar …

Apostas em raspadinhas caíram em 2020 para o valor mais baixo desde 2017

As raspadinhas são um vício que afeta principalmente pessoas da classe média baixa. No entanto, em ano de pandemia, as mudanças sócio-económicas na vida dos portugueses fizeram com que as apostas caíssem 16%. Os dados foram …

Associações querem suspensão de obras do Metro do Porto "sem autorização ambiental"

Quatro associações contestam o arranque das obras das linhas Rosa e Amarela do Metro do Porto "sem autorização ambiental legítima", exortando a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) a suspender as que desrespeitam a Declaração de …