Rússia comemora vitória aliada na II Guerra Mundial com gigantesca parada militar

Yuri Kochetkov / EPA

Representantes da China na  parada de comemoração do 70.º aniversário da vitória sobre a Alemanha na II Guerra Mundial, na Praça Vermelha

Representantes da China na parada de comemoração do 70.º aniversário da vitória sobre a Alemanha na II Guerra Mundial, na Praça Vermelha

A Rússia organizou este sábado uma grande parada militar para comemorar o 70.º aniversário da vitória sobre a Alemanha nazi, numa clara demonstração de poderio militar no meio do impasse com o Ocidente sobre a Ucrânia.

No que é visto como uma retaliação pelo envolvimento do Kremlin na Ucrânia, os países ocidentais liderados pelos aliados da Rússia na II Guerra Mundial estão a boicotar as celebrações do 9 de maio, deixando Vladimir Putin marcar a data na companhia dos líderes da China, de Cuba e da Venezuela, escreve a agência France Presse.

Cerca de 16.000 tropas participaram no desfile, numa das maiores comemorações do Dia da Vitória em décadas na Praça Vermelha, que foi palco para a exibição do novo armamento russo de nova geração, como os novos super-tanques Armata T-14.

A União Soviética perdeu aproximadamente 27 milhões de soldados e civis durante a II Guerra Mundial – mais do que qualquer outro país – e o triunfo do Exército Vermelho continua a ser uma enorme fonte de orgulho nacional.

O Dia da Vitória une os russos de todas as classes sociais, independentemente das simpatias políticas, sendo esperadas grandes multidões no centro de Moscovo.

Pela primeira vez nas comemorações do final da II Guerra em Moscovo, guardou-se hoje um minuto de silêncio em memória das vítimas, durante o desfile militar na Praça Vermelha.

O Presidente russo, Vladimir Putin, que destacou o papel do exército soviético na derrota da Alemanha nazi, foi o encarregado de anunciar o minuto de silêncio.

Antes, Putin sublinhou perante os milhares de convidados e veteranos da guerra que a “aventura hitleriana” foi “uma lição horrível para toda a comunidade internacional”.

O Chefe do Kremlin acrescentou que agora, 70 anos depois, a história “apela de novo à razão e vigilância”.

“Não devemos esquecer que a ideia da supremacia racial e da exclusão levou à mais sangrenta das guerras”, disse.

Putin agradeceu a França, à Grã-Bretanha e aos Estados Unidos pela contribuição na vitória contra os nazis.

“Agradeço aos povos da Grã-Bretanha, de França e dos Estados Unidos pela participação na vitória. Felicito os diferentes países antifascistas que tomaram parte nos combates contra os nazis nas fileiras da resistência e da clandestinidade”, declarou o Presidente russo, antes do minuto de silêncio em memória das vítimas da guerra.

/Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Nacional socialismo? Comunismo sanguinário de Lenine e Staline? Do comunismo montado com kgb?
    “…uma lição horrível para toda a comunidade…” das repúblicas socialistas que lhe deram história (Rússia)?

RESPONDER

Cientistas detetam estranhos movimentos de gás na Via Láctea (em redor de algo "invisível")

Os astrónomos detetaram movimentos de nuvens de gás incomuns perto do centro da Via Láctea, que podem sugerir a presença de um desconhecido buraco negro de classe intermediária. Os investigadores que rastrearam os gases no centro …

Hackers podem facilmente piratear satélites (e transformá-los em armas)

Piratear satélites pode não ser assim tão complicado quanto pensamos. Os hackers podem simplesmente desligá-los ou até mesmo usá-los como armas. No mês passado, a SpaceX tornou-se a operadora da maior constelação de satélites ativos do …

Gelo a cair num buraco faz barulhos estranhos (e parece uma batalha de lasers)

Alguma vez pensou o que se ouve quando deixamos cair gelo num buraco gelado profundo? Já não precisamos de pensar mais - e já podemos ouvir. O vídeo do pedaço de gelo a cair num buraco …

Tribunal recusa exumar corpo. Rosa Grilo conhece sentença a 3 de março

A leitura do acórdão no processo do homicídio do triatleta ficou agendada, esta terça-feira, para o dia 3 de março. De acordo com o Diário de Notícias, a defesa de Rosa Grilo pediu a exumação do …

Revelados documentos que provam a investigação de OVNIs por parte do Pentágono

Documentos recentemente divulgados mostram que o Departamento de Defesa dos Estados Unidos (EUA) financiou estudos sobre Objetos Voadores Não Identificados (OVNI's), contradizendo declarações recentes do Pentágono. Em 2017, o New York Times revelou a existência de …

"Nem sei onde é Alcochete". Pinto da Costa ouvido como testemunha de Bruno de Carvalho

O presidente do FC Porto foi ouvido, esta terça-feira, como uma das testemunhas do ex-dirigente leonino no julgamento da invasão à academia do Sporting, em Alcochete, que está a decorrer no tribunal de Monsanto, em …

A nova obra de Bansky só durou dois dias

A nova obra do artista britânico Banksy, que apareceu na véspera do Dia dos Namorados em Bristol, foi coberta por um grafite cor-de-rosa dois dias depois. A imagem de uma menina a atirar flores vermelhas com uma …

Mais de cem médicos assinam carta a exigir fim da "tortura" de Assange

Mais de cem médicos assinaram uma carta, divulgada esta terça-feira, na qual pedem que o fundador do Wikileaks receba tratamento médico adequado.  Através de uma carta publicada, esta terça-feira, na revista científica The Lancet, mais de uma …

Espiões russos foram à Irlanda investigar cabos submarinos de Internet. Teme-se que os cortem

Esta segunda-feira, o mundo entrou em estado de alerta: agentes secretos da Rússia foram descobertos na Irlanda, numa missão para mapear a localização exata dos cabos submarinos que conectam a Europa à América do Norte. Não …

Telmo Correia eleito líder parlamentar do CDS-PP por unanimidade

O deputado foi eleito, esta terça-feira, presidente do Grupo Parlamentar do CDS-PP, sucedendo a Cecília Meireles, numa votação em que contou com os votos favoráveis dos restantes quatro eleitos centristas. O anúncio foi feito no Parlamento …