Rui Rio trouxe pesos-pesados para casa e deixou recado: Com o PSD, não há familygate

Tiago Petinga / Lusa

Naquele que foi o último comício da campanha do PSD, Rui Rio aproveitou a oportunidade para criticar o PS e garantir que, em caso de vitória dos sociais democratas, não vai haver familygate.

“Ao contrário do PS, nós vamos para o poder, vamos gerir o Estado, vamos gerir a Administração Pública, mas não vamos para lá inundar a Administração Pública de militantes do PSD, muito menos de familiares nossos ou de familiares dos nossos amigos”, disse entre aplausos — deixando também o recado para o seu próprio partido.

Abordando a abstenção, Rio disse ainda que não ir votar é um voto indireto na geringonça. “Na prática vão estar a reforçar o PS, o PCP e o BE”, explicou. A discursar no Porto, a terra que o viu nascer, falou que uma eventual vitória do PSD, seria também uma vitória dos portuenses.

“O Porto nunca me enganou, e eu nunca enganei o Porto. Conto com o Porto, que é a minha terra e a terra de Francisco Sá Carneiro, porque temos a possibilidade de, no domingo, 40 anos depois de 1979, o Porto voltar a ter um primeiro-ministro daqui oriundo”, disse, citado pelo Observador.

A apenas dois dias das eleições, Rui Rio pôs a carne toda no assador e trouxe à praça da Batalha reforços partidários. Alberto João Jardim, Luís Filipe Menezes e Paulo Rangel marcaram presença, apesar da sua ‘ausência’ sentida ao longo de toda a campanha.

O antigo líder do governo regional da Madeira protagonizou o discurso de abertura e, entre outros assuntos, falou sobre o caso de Tancos, que qualificou como “anedota nacional” e até deu um exemplo: “O barco encalhou, o barco começou a meter água, o barco começou a ir ao fundo, os marinheiros sabem que o barco está afundado, o imediato do navio sabe que o barco está afundado e o comandante, coitadinho, não sabe de nada“, atirou.

Alberto João Jardim fez ainda questão de recordar que António Costa integrou governos do anterior primeiro-ministro José Sócrates e acusou Costa de “falta de sentido de Estado” por trazer “as forças do fascismo comunista” para a esfera do poder.

No seu discurso, o antigo líder madeirense acusou ainda os socialistas de “gostarem e precisarem de manter a pobreza“.

“Com uma classe média forte a democracia robustece e, quando há muita pobreza, as pessoas ficam dependentes das esmolas do Estado, dos subsídios do Estado, da caridade do presidente da Câmara e são obrigadas a votar nessa gente”, defendeu.

Rio não diz se viabilizaria um Governo de Costa

Questionado sobre o possível impasse em que a governação pode cair, Rio disse que era preciso esperar para ver. “Vamos ver o resultado eleitoral no próximo domingo e vamos ver o xadrez que dali sai“, afirmou.

O líder social democrata realçou que a relação entre PS e BE está abalada, mas que rapidamente reatam se for preciso. “Se o resultado eleitoral for de maneira a que o PS possa formar governo com apoio do PCP e do BE, a minha intuição é de que faz na mesma [uma geringonça]”, perspetivou.

Rio também não confirmou se viabilizaria um eventual Governo minoritário do PS: “Respondo a isso quando o doutor António Costa responder que está disponível para viabilizar o meu Governo se eu ganhar as eleições”, disse, não baixando os braços no sprint final rumo às eleições legislativas.

No entanto, em caso de derrota, Rui Rio disse que a sua continuidade na liderança do PSD dependerá das circunstâncias. “Tudo depende da maior ou menor fragilidade que a solução de Governo possa revelar no médio prazo”, disse uma fonte partidária citada pelo ECO.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

    • Tem calma que vais ter emprego mais 2 ou 3 anos. 4 anos já duvido. Mas 2 ou 3 tu e a tua família estão garantidos. Aproveita!

  1. Se Rui Rio não se rodeasse de “fósseis vivos” (ainda), talvez tivesse mais algumas hipoteses. Agora não nos venha com mais do mesmo……estamos fartos de pelintras enriquecidos.

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …

Dia da Defesa Nacional regressa ao formato presencial a 2 de setembro

O Dia da Defesa Nacional, que está suspenso desde o dia 9 de março devido à pandemia de covid-19, irá regressar ao formato presencial a 2 de setembro, anunciou o Governo esta quarta-feira. Em comunicado, o …

Norte-americano detido depois de usar fundos da covid-19 para comprar um Lamborghini

As autoridades dos Estados Unidos detiveram um empresário que comprou um carro de luxo da marca Lamborghini com dinheiro que recebeu de programas federais para ajudar os afetados pelo novo coronavírus (covid-19). A notícia é …

FC Porto e Benfica disputam Supertaça a 23 de dezembro

O jogo da Supertaça, que vai opor o FC Porto ao Benfica e que deveria a abrir a temporada 2020/21, vai disputar-se a 23 de dezembro, anunciou, esta quarta-feira, a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). Em …