Rui Moreira não queria que a sua candidatura “fosse contaminada ou apropriada por alguém”

Rui Moreira / Facebook

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira

O presidente da Câmara do Porto e candidato independente às eleições autárquicas de 1 de outubro, Rui Moreira, disse esta quinta-feira que não podia permitir que a sua candidatura “fosse contaminada ou apropriada por alguém”.

Em entrevista ao Observador, Rui Moreira revelou que se sentiu “incomodado” com o apoio do Partido Socialista, e que os seus conselheiros chamaram a atenção para o facto de estarem a “perder o controlo da situação“.

“Havia um conjunto de pessoas que começava a não perceber o que estava em jogo. Parecia de repente que a nossa candidatura, que era uma candidatura independente e que tinha o apoio do PS, estava a ser invertida. Parecia que afinal era uma candidatura do PS e que era apoiada pelo movimento independente. Esta é a lógica dos partidos. Não é a nossa. Aquilo que essas pessoas disseram foi: ‘Se é assim, temos de abdicar do apoio do PS’. Que é completamente diferente de dizer: Houve rutura”, destacou Rui Moreira.

“Não podíamos deixar que esta nossa candidatura fosse de alguma maneira contaminada ou apropriada por alguém. Desde o princípio, quando foi anunciado o apoio, se é um apoio sem condições, muito bem”, sublinhou o presidente da Câmara do Porto.

Apesar de toda a polémica ao longo da última semana, Rui Moreira admite ao Observador que sem o PS, as eleições não serão mais fáceis: “Sei perfeitamente que hoje o caminho para uma eventual vitória nas eleições é muito mais difícil do que era há quinze dias”.

Para Rui Moreira, a número dois do PS, Ana Catarina Mendes, “condicionou o apoio a uma negociação de listas”.

“Nada disto tem a ver com as celebrações, ou com o facto de o PS fazer contagem de votos. A questão é ela ter dito especificamente que era um apoio condicionado à participação nas listas, o que aliás ontem foi reafirmado pelo Dr. Manuel Pizarro”, afirmou.

Deste modo, Rui Moreira quis abdicar do apoio do PS nas autárquicas e o PS avança com Manuel Pizarro como candidato do partido à Câmara do Porto.

“A decisão e atitude do dr. Rui Moreira [em não aceitar o apoio do PS] é legítima, como é legítima a posição do PS”, afirmou Pizarro, acrescentando que aceita o convite do partido para ser candidato com “muito gosto”.

Manuel Pizarro destacou que é “mais proveitoso” manter uma amizade com o Rui Moreira do que “ficar num casamento onde uma das partes não se quer manter”.

A intervenção de António Costa terá sido decisiva para este desfecho, adianta o jornal Público, que diz que o primeiro-ministro telefonou ao presidente da concelhia do Porto, Tiago Barbosa Ribeiro, a reforçar a ideia de que era preciso “apresentar um candidato próprio”, estando em causa “uma questão de dignidade partidária”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É Nortenho e já fazia falta na nossa política um INDEPENDENTE com força, que agite as consciências dos partidos.

RESPONDER

Cientista americana diz estar certa de que a Terra será atingida por asteroide

https://vimeo.com/355132338 Uma cientista americana de uma ONG dedicada a proteger a Terra diz que é 100% certo que um asteroide atingirá o nosso planeta. A cientista é Danica Remy, presidente da Fundação B612. Após um asteroide não …

NASA vai mesmo explorar Europa, a lua de Júpiter que pode ter vida extraterrestre

A NASA deu luz verde a uma missão para explorar uma lua de Júpiter que é considerada um dos melhores candidatos para a vida extraterrestre. A Europa - que é um pouco mais pequena do que …

País de Gales cancela plano controverso de criar "casas de banho robô"

O objetivo da construção era impedir atividade sexual, vandalismo e dormidas nas casas de banho públicas. O projeto ia recorrer às tecnologias de piso sensível ao peso, jatos de água, sensores anti-movimento e alarmes. O conselho …

Sem saber, uma mulher viveu durante 17 anos com a sua "gémea" dentro dela

Uma jovem na Índia, sem saber, viveu com uma das condições médicas mais raras e perturbadoras durante quase duas décadas. De acordo com um relatório de caso desta semana, a mulher tinha um saco que continha …

Novo filme da saga 007 já tem nome e data de estreia marcada

O novo filme da saga 007, realizado por Cary Fukunaga chama-se "No time to die" e estreia-se no Reino Unido e nos Estados Unidos em abril de 2020. "Daniel Craig regressa como James Bond, 007 em... …

Comporta pode tornar-se na nova Ibiza (e tudo começou com a queda do BES)

Após anos de um quase esquecimento, em termos de desenvolvimento imobiliário, a Comporta está a atrair investidores internacionais que encaram a pequena vila de Setúbal como uma "nova Ibiza". Um cenário que está a preocupar …

Família de Aretha Franklin cria fundo para a investigação de cancro raro

Um ano após a morte da cantora, a família de Aretha Franklin criou um fundo de apoio à investigação na área dos tumores neuroendócrinos, a doença rara que se revelou fatal para a celebridade, a …

Sporting vai monitorizar tudo o que se diz e escreve sobre jogadores

A empresa Noisefeed tem uma enorme base de dados relativa à atividade nas redes sociais de milhares de jogadores a nível global. Os jogadores de futebol de todo o mundo usam, cada vez mais, as redes …

Boris janta hoje com Merkel para mudar acordo. Maioria quer novo referendo

A pouco mais de dois meses da data marcada para a saída do Reino Unido da União Europeia, uma nova sondagem mostra que a maioria dos britânico quer que qualquer novo acordo vá a referendo. Um …

Oficial: Pardal Henriques candidato a deputado pelo partido de Marinho Pinto

O advogado Pedro Pardal Henriques anunciou esta quarta-feira que aceitou o convite para encabeçar a lista do PDR a Lisboa, deixando de ser porta-voz do Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas para "não misturar …