Rui Moreira não queria que a sua candidatura “fosse contaminada ou apropriada por alguém”

Rui Moreira / Facebook

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira

O presidente da Câmara Municipal do Porto, Rui Moreira

O presidente da Câmara do Porto e candidato independente às eleições autárquicas de 1 de outubro, Rui Moreira, disse esta quinta-feira que não podia permitir que a sua candidatura “fosse contaminada ou apropriada por alguém”.

Em entrevista ao Observador, Rui Moreira revelou que se sentiu “incomodado” com o apoio do Partido Socialista, e que os seus conselheiros chamaram a atenção para o facto de estarem a “perder o controlo da situação“.

“Havia um conjunto de pessoas que começava a não perceber o que estava em jogo. Parecia de repente que a nossa candidatura, que era uma candidatura independente e que tinha o apoio do PS, estava a ser invertida. Parecia que afinal era uma candidatura do PS e que era apoiada pelo movimento independente. Esta é a lógica dos partidos. Não é a nossa. Aquilo que essas pessoas disseram foi: ‘Se é assim, temos de abdicar do apoio do PS’. Que é completamente diferente de dizer: Houve rutura”, destacou Rui Moreira.

“Não podíamos deixar que esta nossa candidatura fosse de alguma maneira contaminada ou apropriada por alguém. Desde o princípio, quando foi anunciado o apoio, se é um apoio sem condições, muito bem”, sublinhou o presidente da Câmara do Porto.

Apesar de toda a polémica ao longo da última semana, Rui Moreira admite ao Observador que sem o PS, as eleições não serão mais fáceis: “Sei perfeitamente que hoje o caminho para uma eventual vitória nas eleições é muito mais difícil do que era há quinze dias”.

Para Rui Moreira, a número dois do PS, Ana Catarina Mendes, “condicionou o apoio a uma negociação de listas”.

“Nada disto tem a ver com as celebrações, ou com o facto de o PS fazer contagem de votos. A questão é ela ter dito especificamente que era um apoio condicionado à participação nas listas, o que aliás ontem foi reafirmado pelo Dr. Manuel Pizarro”, afirmou.

Deste modo, Rui Moreira quis abdicar do apoio do PS nas autárquicas e o PS avança com Manuel Pizarro como candidato do partido à Câmara do Porto.

“A decisão e atitude do dr. Rui Moreira [em não aceitar o apoio do PS] é legítima, como é legítima a posição do PS”, afirmou Pizarro, acrescentando que aceita o convite do partido para ser candidato com “muito gosto”.

Manuel Pizarro destacou que é “mais proveitoso” manter uma amizade com o Rui Moreira do que “ficar num casamento onde uma das partes não se quer manter”.

A intervenção de António Costa terá sido decisiva para este desfecho, adianta o jornal Público, que diz que o primeiro-ministro telefonou ao presidente da concelhia do Porto, Tiago Barbosa Ribeiro, a reforçar a ideia de que era preciso “apresentar um candidato próprio”, estando em causa “uma questão de dignidade partidária”.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. É Nortenho e já fazia falta na nossa política um INDEPENDENTE com força, que agite as consciências dos partidos.

RESPONDER

Hotelaria pressiona Governo. Quer que turistas com estadias marcadas possam circular entre concelhos

A proibição de deslocação entre concelhos entre dia 30 de outubro e 3 de novembro de modo a evitar contágios agradou a alguns, mas não ao setor hoteleiro, que quer ser deixado de fora da …

Ligação fluvial entre o Seixal e Lisboa suspensa a partir de hoje (e durante 45 dias)

A Transtejo tinha informado que a ligação fluvial entre o Seixal e Lisboa estaria suspensa a partir desta segunda-feira, por 45 dias, devido a obras, mas será assegurado transporte rodoviário até ao terminal de Almada. “A …

Nagorno-Karabakh. Arménia e Azerbaijão acusam-se mutuamente de violação de novo cessar-fogo

A Arménia e o Azerbaijão trocaram esta segunda-feira acusações pela violação de um novo cessar-fogo acordado no domingo para pôr fim às hostilidades no enclave de Nagorno-Karabakh, que deveria ter entrado hoje em vigor. A Arménia …

Venezuela testou molécula que "anula a 100%" o novo coronavírus

O Presidente da Venezuela anunciou, este domingo, que o Instituto Venezuelano de Investigações Científicas (IVIC) testou com sucesso uma molécula, a DR10, que "anula 100%" o novo coronavírus. "O IVIC testou uma molécula usada para tratar …

Com a bancarrota a caminho, Governo Sócrates vendeu quase 80% dos imóveis públicos

Numa altura em que o país já estava em situação complicada, com o cenário de bancarrota no horizonte, o último Governo de José Sócrates vendeu quase 80% do património imobiliário público em apenas dois anos. Estes …

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, houve centenas de festas ilegais e álcool na rua

Na primeira noite de recolher obrigatório em Madrid, foram muitos os que ignoraram as restrições. A polícia espanhola foi obrigada a intervir em centenas de festas ilegais e numa festa ao ar livre com mais …

Casa Branca admite que EUA não poderão controlar pandemia. Biden acusa Trump de ter desistido

A Casa Branca admitiu este domingo que os EUA não poderão controlar a pandemia por ser tão contagiosa, numa mudança à postura de minimização da gravidade da crise, numa altura em que há novos recordes …

GNR obrigada a intervir no GP de Fórmula 1. Bastonário diz que evento foi um "insulto" aos profissionais de saúde

O circuito de Portimão teve de fechar algumas bancadas para garantir o distanciamento dos 27.500 espetadores autorizados pela Direção-Geral de Saúde (DGS). Pelo menos em duas foi necessária a intervenção da GNR. Em comunicado, a GNR …

Governo atira-se ao Bloco de Esquerda. Voto contra é "incompreensível"

Em conferência de imprensa, esta segunda-feira, o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, afirmou que "o Governo considera incompreensível que não possa contar com o Bloco de Esquerda" para aprovar o Orçamento do …

Chilenos votam de forma esmagadora para substituir Constituição de Pinochet

Os chilenos votaram de forma esmagadora, este domingo, a favor de uma nova Constituição para substituir a herdada da era do ditador Pinochet, num referendo realizado um ano após uma revolta popular contra a desigualdade …