Gato ganhou em tribunal o direito de passear num shopping do Rio de Janeiro

Rubinho era uma figura presente no centro comercial Cidade Copacabana, no Rio de Janeiro, até ter sido proibido de circular na zona comum. Agora, o tribunal deu provimento a uma providência cautelar permitindo assim que o animal se desloque à vontade no shopping.

Rubinho Correia, nome pelo qual o gato mais famoso de Copacabana é conhecido, estava habituado a passear pelas artérias do centro comercial Cidade Copacabana, no Rio de Janeiro. No entanto, viu há cerca de três meses a sua liberdade ser-lhe retirada, quando a administração daquela zona comercial proibiu o animal de circular na zona comum.

O caso acabou por ir parar a tribunal. No final da semana passada, a primeira decisão deu razão a Rubinho. Segundo O Globo, a juíza Marcia Correia Hollanda, da 47.ª Vara Cível, deu provimento a uma providência cautelar permitindo assim que o animal se desloque à vontade no espaço.

O Diário de Notícias ressalva que esta não é a decisão final, uma vez que o processo terá ainda de ir a julgamento, para que haja sentença transitável um julgado. Ainda assim, a medida jurídica foi recebida com muito entusiasmo quer pelo dono quer pelos inúmeros fãs de Rubinho.

Pedro Duarte Correia tem 84 anos e é proprietário de uma loja daquele shopping. Foi ele que adotou Rubinho há oito anos, e frisou ao jornal brasileiro o motivo pelo qual esta batalha judicial lhe é tão importante: como se viu impedido de passear, Rubinho “ficou doente. Chegou ao ponto de não querer mais comer“, contou.

Na ação que Pedro Correia interpôs em tribunal foi anexado um relatório no qual se sustenta que o cativeiro forçado estava a deixar o gato “sob efeito de stresse e risco de depressão“. Estes argumentos convenceram a juíza, que considerou que “pela idade de Rubinho – prováveis 10 anos – o animal não consegue mais se adaptar a tal medida”.

Os fãs de Rubinho, os amigos humanos que muitas vezes passavam pelo felino e o cumprimentavam com uma carícia, também não se conformaram com esta situação. Aliás, uma petição pela concessão de direito de liberdade ao Rubinho, e pela anulação da multa que a administração do shopping aplicou a Pedro Correia por se ter recusado a prender o animal, reuniu rapidamente mais de cinco mil assinaturas.

Além disso, as redes sociais encheram-se também de apelos, tornando viral a notícia da decisão judicial. Há, inclusivamente, quem lhe chame “a melhor notícia do mês”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

EUA preparam-se para deixar de reconhecer pessoas transgénero

A administração Trump está a considerar definir o género como uma condição biológica e imutável determinada pela genitália à nascença. Esta é a medida mais drástica do governo dos EUA para reverter o reconhecimento e …

Encontrado o maior meteorito da história de França

De acordo com a Sociedade Astronómica de França, o meteorito de 477 quilos encontrado em Aube, a 200km de Paris, passou a ser o maior da história do país. O meteorito foi encontrado por astrónomos franceses …

Australiana finge cancro e angaria 34 mil euros

Lucy Wieland, de 27 anos, criou uma falsa campanha de solidariedade para financiar os tratamentos médicos a um suposto cancro nos ovários. A australiana já foi detida e vai ser julgada por fraude. De acordo com …

China critica comentários “ignorantes” do secretário de Estado norte-americano

A imprensa oficial chinesa classificou esta segunda-feira de "ignorantes e mal-intencionadas" as afirmações do secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, que pediu aos líderes da América Latina que mantenham os "olhos bem abertos" para os …

PSP quer mudar lei contra carteiristas. 4,5 milhões de euros roubados só no primeiro semestre

Agentes da PSP querem alteração à lei para travar furtos contra turistas. Só em Lisboa e só no primeiro semestre do ano, foram roubados 4,5 milhões de euros. De acordo com a TSF, nos últimos anos …

Novas revelações implicam príncipe herdeiro na morte de Khashoggi

Há novas revelações que implicam o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, Mohammed bin Salman, na morte do jornalista Jamal Khashoggi. A imprensa turca publicou, esta segunda-feira, novas informações que implicam o príncipe herdeiro da Arábia Saudita, …

Os turistas não contribuem assim tanto para riqueza gerada na capital

Um relatório internacional indica que o peso do setor do turismo na riqueza gerada em Lisboa é, afinal, inferior à média nacional. Um relatório, apresentado esta segunda-feira pelo World Travel & Tourism Council (WTTC), indica que …

Khashoggi. Líderes exigem investigação "credível", Alemanha suspende venda de armas

Num comunicado conjunto, os governos de França, Reino Unido e Alemanha frisaram a "necessidade urgente de esclarecer" a morte "inaceitável" do jornalista saudita Khashoggi. Merkel, a chanceler alemã, foi ainda mais longe, suspendendo a venda de …

"Até segunda-feira, se Deus quiser". Fernanda Câncio ataca Dina Aguiar

Uma jornalista de um canal público de televisão pode despedir-se dos telespectadores com a expressão "Até segunda-feira, se Deus quiser"? Para Fernando Câncio, é óbvio que não. A jornalista do Diário de Notícias critica a …

Fake News: de Santo Tirso para o Mundo, com passagem pelo Canadá

A divulgação de "fake news" é um dos maiores problemas da Internet dos dias de hoje. Segundo o DN, em Portugal a divulgação de imagens e notícias falsas com suposto teor informativo poderá ter origem …