Ronaldo de “consciência tranquila” com acusação de fuga ao fisco

Miguel A. Lopes / Lusa

Cristiano Ronaldo marca o primeiro golo da vitória de Portugal por 2-0 frente ao País de Gales na meia-final do Euro 2016

Cristiano Ronaldo

O futebolista português declarou, esta quarta-feira, estar tranquilo perante as notícias de evasão fiscal pela justiça espanhola, que o acusa de defraudar o fisco espanhol em 14,7 milhões de euros.

Na partida da comitiva da seleção portuguesa de futebol que vai disputar a Taça das Confederações, na Rússia, o capitão da seleção portuguesa foi questionado à entrada da porta do Aeroporto Humberto Delgado por uma equipa de televisão espanhola, que o confrontou com as últimas notícias dos jornais.

“Estou de consciência tranquila”, atirou, de longe, Cristiano Ronaldo, deixando ainda uma garantia sobre a sua serenidade face a esta polémica: “Sempre tranquilo”.

A Gestifute, empresa que gere a carreira do futebolista, já reagiu também esta terça-feira à acusação da justiça espanhola através de um comunicado, negando “qualquer tipo de esquema fiscal montado” pelo jogador para evadir impostos.

Por sua vez, António Lobo Xavier, um dos advogados do internacional português, entende que a acusação contra o jogador se deve a uma diferença de opinião que não tem base em qualquer lei.

O Real Madrid também já veio a público notar que tem “total confiança” em Cristiano Ronaldo e que acredita que este terá “atuado em concordância com a legalidade”.

Jorge Mendes ouvido na investigação a Falcao

Entretanto, Jorge Mendes vai ser ouvido como arguido, a 27 de junho, no Tribunal de Instrução número 1 de Pozuelo de Alercón, Madrid, no caso da alegada fuga fiscal do jogador Radamel Falcao.

De acordo com as fontes da EFE, o mesmo tribunal será o responsável por investigar a denúncia apresentada pelo Ministério Público de Madrid contra Ronaldo.

No que respeita ao internacional colombiano, o atual jogador do Mónaco e ex-jogador do FC Porto foi acusado de uma fraude fiscal no valor de 5,66 milhões de euros, em 2012 e 2013, quando atuava no Atlético de Madrid.

O Ministério Público de Madrid também acusou o português Fábio Coentrão, companheiro de equipa de CR7 no Real Madrid, de ter defraudado o fisco espanhol em 1,29 milhões de euros, entre 2012 e 2014.

A Falcao e Coentrão são imputados cinco delitos contra a Fazenda Pública espanhola, tendo em conta os dados recolhidos pelo fisco sobre as suas situações fiscais.

Falcao é acusado de ter criado uma sociedade com o único fim de ocultar à Fazendo Pública espanhola as receitas geradas em Espanha pelos seus direitos de imagem obtidos em 2012 e 2013 – 822.609 e 4.839.253 euros, respetivamente -, valores que também não foram declarados fora de Espanha.

Antes, o argentino Ángel Di Maria e o português Ricardo Carvalho, ambos ex-jogadores do Real Madrid, também foram acusados de alegados delitos fiscais, sendo que Jorge Medes, dono da Gestifute, representa todos os futebolistas.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Quase um milhão de refeições escolares desperdiçadas

Quase um milhão de refeições escolares que tinham sido encomendadas foram desperdiçadas porque os alunos faltaram, revela o relatório anual do ministério da Educação sobre cantinas concessionadas a privados. Entre setembro do ano passado e 31 …

Arrojada no céu: Aston Martin apresenta carro voador de luxo

A Aston Martin apresentou recentemente o Volante Vision Concept, uma aeronave arrojada e futurista destinada a transportar passageiros em voos de médias e longas distâncias. A Aston Martin pôs em cima da mesa as suas soluções …

Marta Soares recusa candidatura de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho tentou formalizar a sua candidatura à presidência do Sporting, esta quarta-feira, tendo sido prontamente recusada por Jaime Marta Soares. O advogado de Bruno de Carvalho, Pedro Proença, deslocou-se esta quarta-feira ao Estádio de …

Hungria retira-se de pacto mundial sobre as migrações aprovado na ONU

A Hungria, com um Governo abertamente hostil à imigração, declarou que se retira do pacto mundial sobre as migrações aprovado, na semana passada, nas Nações Unidas, por considerar que encoraja o fluxo de pessoas "perigosas". O …

Lisboa vai proibir copos de plástico a partir de 2020

Um dos objetivos da Câmara Municipal de Lisboa para o ano em que a cidade será a Capital Verde Europeia é banir os copos de plástico até 2020. Segundo o Diário de Notícias, esta é uma …

Primeiro não flutuava, e agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …