Depois de Ronaldo e da Coca Cola, Pogba imitou-o com a Heineken (e a UEFA podia castigar Portugal e França)

Após Cristiano Ronaldo ter removido duas garrafas de Coca Cola da mesa onde se sentou para uma conferência de imprensa no Euro 2020, foi a vez do francês Paul Pogba ter feito o mesmo com uma garrafa de Heineken. Gestos que dão que falar e que poderiam valer sanções aos atletas.

Após a vitória da França sobre a Alemanha, por 1-0, na primeira jornada do Grupo F do Euro 2020, Paul Pogba retirou uma garrafa de cerveja da marca Heineken da mesa da conferência de imprensa, colocando-a temporariamente no chão.

Quando deixou a sala, voltou a colocá-la no lugar num gesto que replicou aquilo que tinha acontecido antes com Cristiano Ronaldo.

O capitão da Selecção Portuguesa retirou duas garrafas de Coca Cola do ângulo de visão das câmaras durante outra conferência de imprensa. E ainda atirou aos jornalistas presentes “água” enquanto acenava com uma garrafa deste líquido.

A postura de Ronaldo valeu-lhe muitas críticas, mas também elogios, pois reflecte a sua dedicação a uma vida e alimentação saudáveis. O craque já confessou que não gosta que o filho beba refrigerantes, nem que coma batatas fritas.

No caso de Pogba, o caso com a Heineken terá a ver com questões religiosas, uma vez que o jogador francês é muçulmano e o Islão proíbe o consumo de álcool.

Em eventos desportivos que patrocina a Heineken costuma apresentar as versões sem álcool da sua cerveja. Mas nem assim Pogba quis ver a sua imagem associada à marca.

Portugal e França poderiam ser sancionados

Os dois episódios caricatos têm feito as delícias das redes sociais, com debates sobre se Pogba e Ronaldo estiveram bem ou mal nos seus gestos.

O que é certo é que o comportamento poderia valer-lhes sanções da UEFA por eventuais “feridas” causadas às duas marcas que são patrocinadoras do Euro 2020.

A UEFA tem um regulamento específico para lidar com as questões comerciais associadas às suas competições e que vincula todos os participantes nas mesmas, desde jogadores a treinadores e dirigentes. É uma forma de proteger os acordos estabelecidos com os patrocinadores.

Assim, perante os comportamentos de Ronaldo e Pogba que podem ter provocado “prejuízo a um patrocinador da competição”, a UEFA poderia “considerar impor alguma sanção” às Federações Portuguesa e Francesa, como nota o advogado especialista em direito desportivo, Marcel Belfiore, em declarações ao blogue brasileiro Lei em Campo.

As duas Federações, por seu lado, poderiam aplicar penas aos jogadores por terem a responsabilidade pela “infracção”, aponta ainda.

“Mas tudo isso dependerá, evidentemente, de uma análise comercial dos impactos que eventual punição poderá trazer à imagem da competição e do patrocinador, que poderiam ir além dos impactos já causados pelo acto do jogador”, acrescenta Marcel Belfiore.

Portanto, aplicar sanções a Pogba e Ronaldo poderia até tornar-se ainda mais negativo para a Heineken e a Coca Cola do que os gestos assumidos por ambos.

“Vale a pena combater um ícone global como Ronaldo?”

“Vale a pena para a empresa buscar um embate com um ícone global como o Cristiano Ronaldo?”, questiona outro advogado especialista em direito desportivo, Tiago Gomes, no mesmo blogue.

Por um lado, Tiago Gomes nota que “a Coca-Cola não pode falar em prejuízo”, pois “é praticamente impossível demonstrar uma relação de causa e efeito” entre o gesto de Ronaldo e uma alegada queda de acções da empresa na Bolsa de Valores. Essa queda já estaria, aliás, a acontecer antes da atitude do jogador.

Mas, por outro lado, “se, por simplesmente afastar as garrafas do refrigerante e pedir que as pessoas bebam água, que não é um concorrente da Coca Cola, [Ronaldo] causou tanto impacto no valor de mercado das acções, imagine o dano que ele pode causar se efectivamente se dedicar a combater o produto, algo que pode fazer livremente fora do ambiente da competição”, aponta ainda Tiago Gomes.

Portanto, é improvável que Coca Cola e Heineken iniciem uma batalha com dois grandes craques do futebol e de quem ainda se espera muito neste Europeu.

Susana Valente, ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Descontos em apps de entrega de comida e táxi. Reino Unido oferece incentivos aos jovens para se vacinarem

Descontos em aplicações na entrega de comida ou de táxi são alguns dos incentivos que serão oferecidos no Reino Unido para promover a vacinação entre os mais jovens. Sajid Javid, ministro da Saúde do Reino …

Demolição do prédio Coutinho começa esta segunda-feira

O processo de demolição do prédio Coutinho, em Viana do Castelo, começa esta segunda-feira. Em comunicado, o gabinete do Ministério do Ambiente informa que o ministro João Pedro Matos Fernandes “vai presidir à cerimónia de …

Atleta bielorrussa forçada a abandonar Tóquio está sob proteção da polícia japonesa

Polémica iniciou-se depois de velocista ter denunciado a inscrição do seu nome na estafeta de 4x400m sem o seu conhecimento, o que terá acontecido, segundo a própria, por as restantes atletas bielorrussas não terem viajado …

Manuel Pinho diz que aceitar um cargo político "foi um erro enorme"

Quatro anos depois de ter sido constituído arguido no processo EDP, o ex-ministro da Economia esteve, na última sexta-feira, a ser interrogado no Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP). De acordo com o semanário …

Alemanha prepara dose de reforço para as pessoas mais vulneráveis

A Alemanha pondera administrar uma dose de reforço da vacina contra a covid-19 aos idosos e pessoas imunodeprimidas a partir de setembro, avançou hoje a AFP, citando um projeto do Ministério da Saúde alemão. O plano, …

Alexis Vega na órbita do FC Porto

O jovem futebolista, que se encontra a representar o México nos Jogos Olímpicos, está a ser colocado na órbita do FC Porto pela imprensa do seu país. Esta segunda-feira, vários meios de comunicação social mexicanos, entre …

Presidente cessante do Irão diz que Governo nem sempre foi verdadeiro

Hassan Rouhani, Presidente cessante do Irão, reconheceu que, durante os seus oito anos de mandato, o Governo "não disse parte da verdade" ao seu povo. No domingo, Hassan Rouhani reconheceu que o Governo "não disse parte …

Yaremchuk já treinou pelo Benfica e promete "marcar muitos golos"

O Benfica anunciou, no sábado, a contratação do futebolista ucraniano ao Gent por 17 milhões de euros, com o avançado a assinar um contrato válido até junho de 2026. "A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, …

Fauci descarta novos confinamentos nos Estados Unidos apesar da variante Delta

Anthony Fauci considera que os Estados Unido não deverão regressar aos confinamentos para conter a covid-19, apesar do aumento de casos devido à variante Delta. Os Estados Unidos não deverão regressar aos confinamentos para conter a …

Escrituras e divórcios passam a poder ser feitos por videoconferência

Divórcios, escrituras de imóveis e até uma procuração passam a poder ser feitos por videoconferência. Hoje em dia estes atos obrigam a ir à conservatória, mas o objetivo é que o mecanismo esteja em prática …