Robôs estão a construir réplica do Arco do Triunfo de Palmira

Uma equipa do Institute for Digital Archaeology está a trabalhar numa réplica daquele que é um dos monumentos mais importantes da cidade síria, recentemente destruído pelo Estado Islâmico.

Depois da recente expulsão dos terroristas do Estado Islâmico da cidade de Palmira, na Síria, as esperanças em conseguir reconstruir o património histórico destruído pelo grupo reacenderam.

Porém, os vários monumentos destruídos pelos extremistas estão de tal forma danificados que podem não ter salvação possível. Face a esta situação, as organizações responsáveis por este “reerguer da cidade” não querem baixar os braços e estão a investir na criação de réplicas idênticas aos monumentos originais.

A primeira réplica já está a ser construída e representa um dos monumentos mais conhecidos, isto é, o Arco do Triunfo, o monumento de entrada da cidade síria destruído em outubro do ano passado.

A réplica, de aproximadamente seis metros de altura e doze toneladas, deverá ficar pronta no próximo mês e está a ser construída a partir de um modelo 3D desenvolvido por computador.

Este modelo foi criado a partir de fotografias, tanto profissionais como amadoras, que juntas conseguiram captar todas as informações estruturais necessárias para a reprodução do monumento.

O conjunto desses dados foi enviado para Itália, país onde um grupo de robôs está então a esculpir o “novo Arco do Triunfo” a partir de blocos de mármore egípcio.

Quando a réplica estiver finalizada, a ideia é que esta seja instalada, de forma temporária, na Trafalgar Square em Londres e, no final do ano, seja transferida para a cidade de Nova Iorque.

“Este é o momento pelo qual tanto esperamos”, afirmou Roger L. Michel Jr, fundador e diretor do Institute for Digital Archaeology, que trabalha com instituições como Harvard, Oxford e o Museu do Futuro no Dubai.

Em declarações ao The New York Times, o responsável acredita que esta é, sem dúvida, uma “mensagem poderosa” para todos aqueles que têm a intenção de destruir património da humanidade.

“Cada vez que um destes monumentos ressuscitar dos escombros, é uma oportunidade para enfraquecer a mensagem de medo e de ignorância que estas pessoas estão a tentar espalhar”, afirma.

“Se eles os destruírem, nós vamos reconstrui-los. Se eles os destruírem outra vez, nós vamos reconstrui-los outra vez”, conclui.

Alexy Karenowska, diretora da tecnologia do instituto, reconhece que a reprodução nunca será como a original, mas que o projeto prova que a tecnologia é capaz de fazer coisas importantes para toda a humanidade.

ZAP / Canal Tech

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-governador do Rio de Janeiro libertado. Luiz Pezão passará a usar pulseira eletrónica

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) brasileiro libertou na terça-feira o ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão, substituindo a sua prisão preventiva por medidas cautelares alternativas, como uso de pulseira eletrónica, anunciaram fontes …

EUA, Canadá e México assinam revisão do NAFTA. Pacto comercial tem 25 anos

Representantes dos Estados (EUA), do Canadá e do México assinaram na terça-feira uma nova revisão do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), um pacto comercial entre os três países, que já tem 25 anos. Segundo noticiou …

Bósnia fecha campo improvisado e transfere quase 800 pessoas para Sarajevo

A Bósnia fechou, esta quarta-feira, um campo de refugiados, montado num local onde antes funcionava um aterro de lixo, que não tem água potável nem eletricidade. As autoridades bósnias fecharam esta quarta-feira um campo acolhimento de …

Trabalhadores dos Registos em greve a 26, 27 e 28 de dezembro

O Sindicato Nacional de Registos vai estar em greve contra o decreto-lei aprovado pelo Governo, acusando Marcelo Rebelo de Sousa de não ter tido "sensibilidade na análise do diploma do sistema remuneratório". O Sindicato Nacional de …

Artistas exigem 1% do Orçamento do Estado para a Cultura

Mais de 300 artistas concentrados esta terça-feira em frente ao Teatro Nacional de São Carlos, em Lisboa, exigiram um valor imediato de 1% do Orçamento do Estado para a Cultura, em 2020. O protesto, convocado pela …

Depois do Idai, ainda há carência de comida e água potável

São milhares os desalojados que, após o ciclone Idai, continuam sem acesso a água potável. Além disso, a necessidade de comida mantém-se em níveis inalterados. Os dados da Organização Internacional para as Migrações (OIM), patentes no …

Há mulheres-polícia que recebem menos quando estão grávidas

De acordo com um relatório sobre as iniquidades de género dentro da Polícia de Segurança Pública (PSP), ao qual a revista Sábado teve acesso, há mulheres-polícia que recebem menos quando ficam grávidas. Segundo o inquérito realizado …

França. Governo adia entrada em vigor das novas pensões

O novo sistema universal de pensões em França vai abranger apenas as gerações nascidas a partir de 1975 e só terá nova formulação, através de pontos, a partir de 2025. O novo sistema universal de pensões …

Greta Thunberg é a "Personalidade do Ano" da revista Time

Greta Thunberg é a “Personalidade do Ano” mais jovem alguma vez escolhida pela revista Time. A capa da edição de 23 de dezembro foi divulgada esta quarta-feira. A revista norte-americana Time elegeu a ativista climática sueca …

Erupção do Whakaari. Nova Zelândia encomendou 120 metros quadrados de pele para tratar os feridos

A Nova Zelândia já encomendou 120 metros quadrados de pele humana aos Estados Unidos para tratar os 30 feridos do vulcão Whakaari, na Ilha Branca. Cirurgiões neozelandeses têm trabalhado sem parar dado o número de queimados …