Robôs autónomos competem em tarefas domésticas no RoCKIn 2015 Lisboa

Uma casa onde os robôs se movimentam, falam naturalmente com as pessoas e reconhecem objetos domésticos, como copos, talheres, chávenas, é um dos cenários do campeonato internacional de robótica, que hoje começou em Lisboa.

Coordenada pelo Instituto Superior Técnico da Universidade de Lisboa, a competição RoCKIn 2015, que decorre no Parque das Nações até segunda-feira, reúne 13 equipas de universidades de Portugal, Alemanha, México, Grécia, Espanha e Reino Unido, num total de cerca de 150 participantes.

Durante a iniciativa, realizada no âmbito de um projeto europeu que visa promover a investigação e o desenvolvimento em robótica através de competições de robôs, as equipas mostram os seus robôs a competir em ambientes domésticos e industriais realistas.

Para criar o ambiente doméstico, foi construída uma casa com uma sala e um quarto, onde os robôs das diferentes equipas, através de sensores e computares, se deslocam entre as duas divisões, falam e reconhecem os vários objetos domésticos que estão de cima dos móveis.

É neste ambiente que a equipa portuguesa dos alunos de engenharia eletrotécnica do Instituto Superior Técnico participa ao apresentar um robô que faz várias tarefas em casa de forma autónoma.

“A nossa equipa concorre na prova com um robô que vai buscar objetos, interage de uma forma natural com as pessoas, usando voz, e navega pela casa, podendo encontrar objetos que podem dificultar a sua locomoção”, disse à agência Lusa o coordenador da equipa, Rodrigo Ventura.

“É um conjunto de provas que testa a capacidade de robôs para fazer essas tarefas de uma forma completamente autónoma”, acrescenta o responsável.

O professor adiantou que “o grande desafio é conseguir integrar um conjunto de capacidades” e fazer todas as tarefas “de uma forma coerente e muito robusta, porque isto é uma prova e tem de funcionar logo à primeira“, porque se a equipa falhar sai da competição.

Rodrigo Ventura explicou que cada equipa é pontuada de acordo com as suas capacidades.

O professor disse ainda que há “imensas equipas em Portugal em termos de robótica”, que têm tido “resultados de topo” e alcançado os primeiros prémios em várias competições.

Maria Braga, aluna do mestrado de eletrotécnica no IST, participa pela terceira vez neste tipo de campeonatos para ganhar experiência, corrigir erros e conseguir resolver problemas inesperados em ambiente de pressão.

“Participo nestes campeonatos para testar todos os temas que vamos apreendendo e programando ao longo do tempo”, disse a aluna à agência Lusa, quando se preparava para entrar em prova.

Maria Braga considerou, ainda, que participar em iniciativas deste género “é muito gratificante, porque ao fim de vários meses a programar, testar e a corrigir erros, finalmente o robô executa as tarefas do princípio ao fim sem falhar”.

Os vencedores do campeonato de são conhecidos na segunda-feira.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Ex-governador brasileiro condenado a mais de 10 anos de prisão

O ex-governador do estado brasileiro de Minas Gerais foi condenado, esta quinta-feira, a uma pena de 10 anos e seis meses de prisão pela Justiça Eleitoral do país. Fernando Pimentel foi considerado culpado dos crimes de …

Áudio das viagens na Uber vai poder ser gravado

A partir de dezembro, a Uber vai passar a oferecer aos utilizadores no Brasil e no México a possibilidade de gravar o áudio da viagem com o objetivo de melhorar a segurança do motorista e …

Mourinho quer ser campeão no próximo ano (e não precisa de reforços)

O treinador português foi oficialmente apresentado como técnico do Tottenham, esta quinta-feira, e diz que já tem em vista a conquista do campeonato na próxima época. José Mourinho admitiu hoje que o título de campeão inglês …

Casal homossexual de pinguins "roubou" um ovo para poder ter a sua família

Um casal homossexual de pinguins de um jardim zoológico na Holanda estava tão ansioso por ter as suas crias que não resistiu à tentação e acabou por roubar um ovo de outro par. De acordo com …

Gabriel renova contrato com o Benfica até 2024

O médio brasileiro renovou contrato por mais uma época com o Benfica, até 2024, anunciou, esta quinta-feira, o clube no seu site oficial. "Estou muito feliz com esta renovação por mais um ano, é uma forma …

Malta Files permitiu ao Fisco recuperar milhões. Rui Pinto diz que foi um dos denunciantes

O pirata informático assumiu, esta quinta-feira, ter sido um dos denunciantes dos Malta Files, que permitiu ao Fisco identificar cidadãos e empresas portugueses que se aproveitaram do regime fiscal maltês para pagar menos impostos. "De acordo …

Há 5 anos que aparecem maços de notas nas ruas de uma aldeia inglesa (e ninguém sabe porquê)

Os residentes de uma aldeia inglesa andam a descobrir maços de notas nas ruas desde 2014. Um mistério que, até agora, ninguém conseguiu explicar. Mas há várias teorias e uma envolve o Pai Natal! O dinheiro …

Em 2018, só nove crianças foram colocadas em famílias de acolhimento

Apenas nove crianças tiveram uma medida de proteção em regime de acolhimento familiar em 2018, sendo que quase todas as crianças sinalizadas pelas comissões de menores ficaram na família, a maioria junto dos pais. De acordo …

Militar da GNR diz que droga apreendida na "casinha" era da Juve Leo

Decorreu, esta quinta-feira, a terceira sessão do julgamento da invasão à academia do Sporting, que decorre no tribunal de Monsanto, em Lisboa. O militar da GNR João Oliveira admitiu hoje, em tribunal, que a posse da …

Continental vai acabar com 5500 empregos em todo o mundo até 2028

A alemã Continental vai suprimir 5.500 empregos no mundo até 2028, num contexto de abrandamento conjuntural e de queda da procura por motores a combustão, anunciou esta quarta-feira o fornecedor automóvel germânico. Com o objetivo de …