Robô CIMON vai dar uma mãozinha aos astronautas da Estação Espacial Internacional

Parece uma bola que flutua, mas não é. O robô CIMON foi criado de raiz para ajudar os astronautas da Estação Espacial Internacional a completar tarefas.

A 15ª missão de entrega de mantimentos com destino à Estação Espacial Internacional pela SpaceX levou consigo uma carga especial: uma bola com feições de desenho animado estampada numa tela de computador.

À primeira vista, parece inútil, mas o robô desenvolvido pela Airbus é mais necessário do que parece. Batizado CIMON – abreviatura de Crew Interactive Mobile Companion ou Companheiro de Tripulação Móvel Interativo – este robô foi especialmente desenhado para ajudar os astronautas na Estação Espacial Internacional (EEI).

Segundo o Público, a inspiração surgiu da ficção científica e partiu de uma banda desenhada, a Captain Future, lançada nos anos 40 que conta a história de um robô senciente em forma de cérebro humano, apelidado Professor Simon, que serve de mentor a um astronauta chamado Capitão Futuro.

Anteriormente testado em voos terrestres parabólicos (capazes de simular gravidade zero), o CIMON é o primeiro companheiro pessoal para astronautas, capaz de responder de viva voz com recurso à inteligência artificial – mas só em inglês.

Esta ajuda precisa pesa cinco quilogramas e flutua graças às 14 ventoinhas internas que possui. Tem microfones e câmaras para reconhecer quando os astronautas precisam de ajuda e uma cara sorridente 24 horas por dia.

CIMON deverá ajudar os astronautas na condução de várias experiências, podendo responder a várias questões ou exibir dados na sua tela embutida.

Enquanto que a Airbus tratou do hardware, o software e a componente de inteligência artificial ficou a cargo da IBM. Mas, entre tantas funcionalidades, há uma que se destaca: o aparelho vai ajudar o astronauta alemão Alexander Gerst a levar a cabo algumas experiências na EEI.

Embora tenha sido programado para reconhecer instantaneamente a voz e o rosto de Gerst, CIMON será também capaz de interagir com qualquer membro da tripulação. No fundo, CIMON vai ajudar a “aumentar a eficiência do astronauta“, explicou Matthias Biniok, engenheiro da IBM, à Reuters.

Atualmente, os astronautas têm de ler as instruções das tarefas a partir de um portátil, um processo difícil segundo Biniok. Um companheiro como CIMON, capaz de responder e sem fios, poderá ser uma ajuda preciosa.

“A nossa missão principal é apoiar os astronautas com as suas tarefas diárias para poupar tempo, porque o tempo é a coisa mais cara na Estação Espacial Internacional”, conclui.

Ainda assim, este robô pode ir mais além. No futuro, avança a Wired, espera-se que o CIMON evolua o suficiente de forma a conseguir interpretar a forma como a tripulação interage entre si e as dinâmicas sociais que surgem (que podem escapar a quem está em terra).

ZAP // CanalTech

PARTILHAR

RESPONDER

Arrojada no céu: Aston Martin apresenta carro voador de luxo

A Aston Martin apresentou recentemente o Volante Vision Concept, uma aeronave arrojada e futurista destinada a transportar passageiros em voos de médias e longas distâncias. A Aston Martin pôs em cima da mesa as suas soluções …

Marta Soares recusa candidatura de Bruno de Carvalho

Bruno de Carvalho tentou formalizar a sua candidatura à presidência do Sporting, esta quarta-feira, tendo sido prontamente recusada por Jaime Marta Soares. O advogado de Bruno de Carvalho, Pedro Proença, deslocou-se esta quarta-feira ao Estádio de …

Hungria retira-se de pacto mundial sobre as migrações aprovado na ONU

A Hungria, com um Governo abertamente hostil à imigração, declarou que se retira do pacto mundial sobre as migrações aprovado, na semana passada, nas Nações Unidas, por considerar que encoraja o fluxo de pessoas "perigosas". O …

Lisboa vai proibir copos de plástico a partir de 2020

Um dos objetivos da Câmara Municipal de Lisboa para o ano em que a cidade será a Capital Verde Europeia é banir os copos de plástico até 2020. Segundo o Diário de Notícias, esta é uma …

Primeiro não flutuava, e agora o novo submarino espanhol não cabe nas docas

Primeiro não flutuava, por excesso de peso, e agora, não cabe nas docas. O novo submarino da Marinha Espanhola é um embaraço para a Defesa do país vizinho e um caso flagrante de derrapagem, com …

Prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos dos Hells Angels

O Tribunal de Instrução Criminal de Lisboa determinou prisão preventiva para 39 dos 58 arguidos como medidas de coação no âmbito do processo do grupo Hells Angels e apresentações periódicas às autoridades para os restantes. Segundo …

Bruxelas aplica multa recorde de 4,3 mil milhões de euros à Google

A Comissão Europeia aplicou, esta quarta-feira, uma multa com valor recorde de 4,3 mil milhões de euros ao gigante norte-americano Google por abuso de posição no mercado devido ao sistema Android. Esta sanção, destinada a punir …

Rapazes salvos na Tailândia saíram do hospital e recordam "milagre"

As 12 crianças e o treinador de futebol que ficaram presos numa gruta inundada na Tailândia e que estavam internados desde a semana passada receberam esta quarta-feira alta hospitalar e falaram pela primeira vez desde …

Hotel processa sobreviventes do massacre de Las Vegas

A empresa que detém o hotel Mandalay Bay, em Las Vegas –  onde Stephen Paddock disparou sobre uma multidão num festival de música country –, processou mil de vítimas do ataque, argumentando não ter "qualquer …

Jesus pediu a Cintra para anular cláusula de confidencialidade

Nas primeiras entrevistas após a sua saída do Sporting e das agressões em Alcochete, o Jorge Jesus disse que a equipa não devia ter jogado a final da Taça de Portugal e que Sousa Cintra …