Robert vive há 22 anos numa cidade fantasma à procura de prata (e ainda não a encontrou)

QKC / Wikimedia

Cerro Gordo, nos EUA

O ex-professor de 70 anos anda à procura de prata há 22 anos, na cidade fantasma de Cerro Gordo, nos Estados Unidos, sendo o único habitante.

Robert Louis Desmarais é o único habitante da cidade fantasma de Cerro Gordo, no estado norte-americano da Califórnia. Na mina agora abandonada, mas que já foi considerada a mais abundante da região, o ex-professor procura prata há 22 anos.

O norte-americano, de 70 anos, visitou pela primeira vez este lugar remoto numas férias com o objetivo de procurar minerais. No entanto, depois da visita, decidiu ficar lá a viver “nas montanhas e sob as estrelas”, diz à BBC.

Convencido de que ainda falta encontrar muita prata, Robert desce regularmente à mina, com um cinzel e um martelo, para “quebrar pedra e ver o que está por trás”. “Espero encontrar, é por isso que estou aqui. Durante 22 anos, encontrei o equivalente a um carrinho de mão cheio de prata”. Para já, vende minerais a turistas por preços que variam de cinco a 20 dólares.

Depois de ter vivido na cidade durante alguns anos, foi-lhe oferecida uma cabana que já foi a casa de um mineiro chamado William Hunter. Foi aí, a uma altitude de 850 metros, que o velho professor se estabeleceu, com uma visão dominante do vale que lhe permite ver os visitantes muito antes de chegarem à cidade.

Longe de tudo e todos

Robert não leva uma vida fácil. Todos os dias, corta e guarda lenha. Há eletricidade na montanha, mas não há água, então tem de carregar uma carga de camião da cidade vizinha, Keeler.

A cidade já foi uma estação ferroviária e uma cidade próspera. A prata era retirada da montanha para Keeler, atravessava o Lago Owens e era transportada num comboio para Los Angeles. Porém, desde que o lago foi drenado como parte do projeto do aqueduto de LA, a população diminuiu para 30 pessoas.

Lone Pine, a cidade que fica a 24 quilómetros de distância, é o local mais próximo para obter suprimentos e onde existem cafés, lojas, hotéis e bares.

Sendo alguém que vive completamente sozinho, “além dos fantasmas”, como gosta de brincar, Robert gosta de mostrar Cerro Gordo aos visitantes, que foi fundada em 1865 e cresceu rapidamente para abrigar uma população de 4500 pessoas.

O ex-professor gostava de fazer viagens de mineração subterrânea, mas os atuais donos da terra, os empresários Brent Underwood e Jon Bier, estão contra essa ideia porque consideram que as minas são “inerentemente perigosas”.

Os dois compraram a cidade por 1,4 milhões de dólares, em julho do ano passado, a uma sexta-feira 13, tal como manda uma cidade fantasma. Tal como Robert, também pensam que pode a terra esconde ainda muitas riquezas.

“Já conseguiram retirar pelo menos 500 milhões de dólares em minerais da montanha e há rumores de que há pelo menos outros 500 milhões ali em baixo. A cidade tem sido cedida de sonhador a sonhador desde a sua fundação”, dizem.

Brent Underwood e Jon Bier

Os novos proprietários querem reviver aquilo que a cidade já foi, ao instalar um alojamento para os turistas passarem a noite. Além disso, pediram mais ideias no Reddit sobre o que poderiam fazer mais para dar vida a este lugar.

Um utilizador desta rede social sugeriu a construção de um cinema mas Cerro Gordo já tem uma capela convertida numa sala com um projetor e cadeiras de cinema. A dupla planeia fazer uso deste espaço para projetar vários filmes.

Outros utilizadores também deram conselhos sobre o que deveriam plantar por lá. “Sugeriram-nos que cultivássemos mais tremoço de soda de uva (Lupinus excubitus), que é muito bonita e roxa, e que tenhamos algumas cabras para controlar as ervas daninhas que estão a aproximar-se das casas para evitar futuros incêndios”.

O anterior proprietário pediu a Robert que vigiasse a cidade, o que fez de forma voluntária. Os novos proprietários agora contrataram-no como cuidador. O ex-professor repara janelas, já matou cobras e ratos, mas nunca coiotes, que considera “criaturas importantes e maravilhosas” e recolhe o lixo que a “gente má” deixa.

Um utilizador do Instagram chegou a escrever-lhe: “Muito obrigado por vigiar Cerro Gordo durante todo este tempo”. E outro também disse: “Quero sentar-me ao lado de uma fogueira sob as estrelas e ouvir as suas histórias”.

Infelizmente, o Robert nunca vai ver estes comentários, já que não tem computador. “Sou da velha escola. Gosto dos animais, de aventura e das estrelas”.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Líbano. Governo corta metade dos salários de políticos em resposta aos protestos

Ao quinto dia de manifestações, o governo libanês respondeu com a aprovação de um pacote de emergência de reformas económicas que deixa cair a introdução de novos impostos e passa pela redução do défice. O primeiro-ministro …

Caso Griezmann. Barcelona paga 15 milhões pelo silêncio do Atlético (e fica com benefício futuro)

Escreve o jornal espanhol El Mundo que Barcelona e Atlético de Madrid já chegaram a acordo no "caso Griezmann". O clube catalão pagou 15 milhões de euros pelo silêncio dos colchoneros, ficando ainda com benefício …

Professor detido depois de ser acusado de agredir aluno “com enorme violência”

Um aluno do 8.º ano da Escola Secundária Rainha Dona Leonor, em Alvalade, em Lisboa, terá sido esta segunda-feira agredido por um professor durante uma aula. Segundo o relato da Associação de Encarregados de Educação dos …

Gabinetes dos novos membros do Governo custam 71 milhões de euros

O novo Governo terá 70 gabinetes no total, que representarão uma despesa anual de, pelo menos, 71 milhões de euros aos cofres públicos, mais sete milhões de euros do que o último. O primeiro-ministro, António Costa, …

Fim do cessar fogo na Síria. Turquia ameaça que milicianos curdos no terreno serão abatidos

O período de cessar-fogo de 120 horas acordado entre a Turquia e os Estados Unidos (EUA) para permitir que as milícias curdas saiam do nordeste da Síria termina esta terça-feira, pelas 19:00 (20:00 em Lisboa), …

Ministro adjunto cabo-verdiano encontrado morto no gabinete

O ministro adjunto do primeiro-ministro de Cabo Verde para a Integração Regional, Júlio Herbert, foi encontrado morto, esta segunda-feira, no seu gabinete, no Palácio do Governo, na Praia, confirmou fonte governamental. Elementos da Polícia Nacional cabo-verdiana …

"Risco de desvio significativo" nas contas do Governo. Bruxelas com reservas sobre esboço do OE2020

A Comissão Europeia (CE) pediu esta terça-feira ao Governo português que apresente uma versão atualizada do projeto orçamental para 2020 “tão cedo quanto possível”, observando que o ‘esboço’ recebido aponta para o risco de um …

Goldman Sachs. Funcionário acusado de divulgar informação em troca de dinheiro

Bryan Cohen, vice-presidente de um dos departamentos do Goldman Sachs, foi acusado de tirar proveito de um esquema que gerou alegadamente cerca de 2,3 milhões de euros em lucros ilegais. Nos últimos 18 meses, dois funcionários …

Encontrada carruagem romana milenar com restos fósseis dos cavalos

Uma equipa de arqueólogos do Museu da Cidade de Vinkovci e do Instituto da Arqueologia de Zagreb, na Croácia, encontrou uma carruagem romanda de duas rodas com os corpos fossilizados de dois cavalos. Os especialistas consideram …

Caos no Chile. Governo anula aumento do preço do metro que iniciou protestos

O Governo do Chile anulou esta segunda-feira o aumento do preço dos bilhetes do metropolitano, depois de a medida ter provocado violentos protestos que se generalizaram no país. Esta terça-feira, com apenas uma linha do metro …