Rio alerta para “claro divórcio entre a sociedade portuguesa e os partidos políticos”

Fernando Veludo / Lusa

O presidente do Partido Social Democrata (PSD), Rui Rio

O presidente do PSD, Rui Rio, disse ontem, em Paredes, no distrito do Porto, haver “um divórcio entre a sociedade e os partidos”, defendendo que só uma maior “abertura” das estruturas às “pessoas” pode inverter a situação.

“Há um claro divórcio entre a sociedade portuguesa e os partidos políticos, entre os quais o PSD. Temos de assumir essa verdade e não enfiar a cabeça na areia” afirmou, acrescentando: “Temos de trazer a sociedade para o partido”.

Falando num encontro com militantes, na qualidade de candidato à liderança nacional do PSD, Rui Rio disse que a promoção de uma maior abertura à sociedade é uma das três prioridades da sua proposta aos militantes.

“Nenhum partido escapa à fragmentação se não fizer a aproximação à sociedade”, reforçou, enquanto defendia a importância de o Conselho Estratégico Nacional estender a sua ação a todo o país, o que, admitiu, ainda não foi possível realizar.

A segunda linha de força, referiu o líder social-democrata, é trabalhar para recuperar a implantação do partido ao nível autárquico, condição que considerou essencial para o PSD reforçar a sua importância no contexto partidário e evitar a fragmentação dos votos que dificultam as soluções de governação, como aconteceu em Espanha, lembrou.

A terceira ideia reforçada pelo presidente do partido, num discurso virado para dentro do PSD, mas sem referência direta aos adversários, é o trabalho de “oposição credível” que disse querer continuar a realizar.

Rui Rio criticou a “oposição do bota-abaixo, como nas massas associativas dos clubes”, insistindo na necessidade de uma “oposição construtiva” baseada “no conteúdo das propostas dos outros”.

“Temos de ser capazes de criticar, denunciar, que é o mais fácil, obrigar o Governo a fazer bem o que está mal e apresentar alternativas“, afirmou.

Para o dirigente social-democrata, esse será o caminho para o PSD “cimentar” junto do eleitorado, a sua posição e “estar em condições de governar e fazer melhor que o PS”.

// Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Senhor Rui Rio diga antes por nossa culpa a sociedade portuguesa deixou de acreditar e confiar nos políticos, em campanhas não os esclarecemos das nossas propostas e de como as realizar, passamos o tempo a falar uns dos outros a sociedade cansou-se dessa conversa, também não temos dados bons exemplos de como somos honestos, prometemos uma coisa depois chegados ao governo e ás autarquias fazemos tudo diferente do que prometemos, são os políticos é que têm de mudar para a sociedade voltar a acreditar e confiar nos políticos, e fica-lhe mal falar em nome da sociedade quando os políticos estão no governo empregam os boys e as suas clientelas esquecem-se que na sociedade há pessoas competentes e que queriam fazer o melhor por Portugal, mas que os políticos os “afastam.”

RESPONDER

Morreu Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos

O empresário Sindika Dokolo faleceu, nesta quinta-feira, no Dubai, aos 48 anos de idade, durante a prática de mergulho. A morte do empresário de origem congolesa já foi confirmada à Lusa por uma fonte ligada à …

Lagostins autoclonados invadiram (e conquistaram) um cemitério na Bélgica

Um cemitério na Bélgica foi completamente invadido por lagostins marmoreado. De acordo com o Instituto Flamengo para Pesquisa da Natureza e da Floresta (INBO), a espécie representa uma grande ameaça para a biodiversidade local. Segundo o …

Benfica 3-0 Standard Liège | “Águia” voa de forma imperial

A noite foi de festa no Estádio da Luz para os cerca de 4875 espectadores – 7,5% por cento da lotação – que se deslocaram ao reduto dos “encarnados” esta quinta-feira. O Benfica venceu por 3-0 …

Urnas abertas no Minecraft. Servem para ensinar os jovens a votar nas eleições

A organização não partidária e sem fins lucrativos Rock the Vote e a empresa criativa Sid Lee uniram-se para criar um servidor de "casa de votação" no popular jogo Minecraft antes das eleições presidenciais de …

Zorya Luhansk 0-2 Braga | “Nota artística” em triunfo minhoto

Dois jogos, duas vitórias para o Sporting de Braga no Grupo G da Liga Europa. Uma entrada de rompante em jogo, com dois golos espectaculares nos primeiros 11 minutos, permitiram aos “arsenalistas” controlar e lidar …

Amostra de ADN desvenda homicídio cometido há quatro décadas

Uma amostra de ADN, colhida de um norte-americano da Carolina do Sul após este ser detido por apontar uma arma, permitiu às autoridades desvendar um caso antigo, identificando-o como principal suspeito do homicídio de uma …

Investigadores portugueses criam simuladores para treinar médicos à distância

Investigadores da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) desenvolveram, durante o confinamento, um método para os estudantes treinarem para cenários de emergência sem saírem de casa. Em declarações à Lusa, Carla Sá Couto, do …

Restam apenas dois rinocerontes brancos do norte (mas há uma esperança para salvar a espécie)

Com a morte do último macho em 2018, o rinoceronte branco do norte chegou ao ponto em que não pode ser salvo naturalmente. Com apenas duas fêmeas restantes, a subespécie é agora tida como oficialmente …

Há uma região na América do Norte sem qualquer caso de covid-19. Tem a dimensão do México

Nunavut, uma região localizada no norte do Canadá, continua sem registar nenhum caso de covid-19. A receita para o sucesso tem vários ingredientes, mas as caraterísticas especiais da região e as medidas rígidas tomadas logo …

Site da campanha de Trump foi alvo de ataque. Hackers "fartaram-se das fake news"

O website oficial da campanha presidencial de Donald Trump foi alvo de um ataque informático que o deixou temporariamente desfigurado na noite desta quarta-feira. Os hackers responsáveis substituíram o habitual conteúdo por uma mensagem normalmente utilizada …