Rio ataca sondagem que mantém vitória do PS. “Só não vê quem não quer”

1

ppdpsd / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

O presidente do PSD não escondeu a sua insatisfação, esta segunda-feira, com os resultados da sondagem realizada pelo CESOP-Universidade Católica para a RTP, que mantém o cenário de vitória para o PS nas Legislativas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Uma sondagem da Universidade Católica para a RTP, divulgada no dia das eleições Presidenciais, mostrou que, se as Legislativas fossem agora, o PS ganharia com 35% das intenções de voto. O PSD ficaria em segundo com 23% e o Chega em terceiro com 9%.

Esta segunda-feira, o líder social-democrata reagiu na sua conta do Twitter aos resultados deste estudo de opinião. “Há um mês, uma sondagem dava ao PSD 30%. Ontem, a mesma instituição deu-nos 23%. A gestão que, desde o Natal, o Governo tem feito da pandemia tem sido fatal para o PSD e excelente para o PS. Só não o vê quem não quer”, escreveu Rui Rio.

Em dezembro do ano passado, o ex-presidente da Câmara do Porto também reagiu na mesma rede social a uma outra sondagem, que dava o cenário de vitória aos socialistas, tendo sido muito criticado pela forma como fez referência à morte do cidadão ucraniano nas instalações do SEF.

“Eu, cá por mim, não precisava da sondagem do Expresso para nada. É mais do que evidente que, face aos últimos acontecimentos políticos, o Governo e o PS só podiam estar a subir. Mais uma morte no aeroporto e ‘a coisa’ vai à maioria absoluta. Força nisso!”, escreveu na altura.

Entretanto, uma nova sondagem da Aximage, para o Diário de Notícias, Jornal de Notícias e TSF, vai na mesma linha do estudo de opinião da Católica: Os socialistas começam o ano com 39,9% das intenções de voto, o seu melhor resultado em cinco meses.

Os sociais-democratas alcançam 26,6% e o Chega mantém-se em terceiro lugar, com 7,5% das intenções de voto. A reboque das Presidenciais, eleições nas quais foram os principais derrotados, os bloquistas caem para os 7,2% e a CDU para os 5%.

Neste estudo de opinião, o partido Iniciativa Liberal empata com o PAN, que também atravessa um período de queda, somando ambos 3,5% das intenções de voto. O CDS ocupa o último lugar, com uns meros 0,8%.

Esta sondagem foi realizada entre os dias 9 e 15 de janeiro através de 1183 entrevistas entre maiores de 18 anos residentes em Portugal. À amostra corresponde um grau de confiança de 95%, com uma margem de erro de 2,8%.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.