Reveladas mais de 100 páginas de novos manuscritos de Einstein

(dr)

A Universidade Hebraica de Jerusalém deu a conhecer um total de 110 páginas de manuscritos escritos por Albert Einstein, com reflexões científicas e pessoais.

As páginas, cuja maioria nunca tinha sido exposta a público, incluem reflexões pessoais e científicas, muitas delas escritas entre 1944 e 1948. Entre elas há quatro cartas de Einstein endereçada ao seu colega e amigo Michele Besso.

Três destas cartas, escritas em 1916, referem-se a uma “ideia gloriosa” que Einstein teve sobre a absorção e emissão de luz por parte dos átomos, ideia que mais tarde se converteria na base da tecnologia laser.

Os manuscritos incluem um manuscrito inédito, apêndice de um artigo científico sobre a Teoria Unificada que Einstein apresentou à Academia Prussiana de Ciências em 1930. O cientista alemão dedicou os últimos 20 anos da sua vida a tentar unificar as forças da natureza numa única teoria, segundo Hanoch Gutfreund, diretor dos Arquivos de Einstein na Universidade Hebraica, que descreve as páginas como “típicas da sua mente criativa”.

“Completou páginas inteiras de cálculo matemático com muito pouco texto: eram uma preparação para artigos assombrosos ou resumos de ideias enquanto lutava por formular a Teoria Unificada”, defendeu.

Reflexões sobre o nazismo

As cartas também mostram os sentimentos de Einstein sobre o clima político que se vivia na época na Europa, como judeu que crescera na Alemanha.

Numa carta de 1935, escrita dos EUA para o seu filho Hans Albert, na Suíça, Einstein mostrou preocupação pela agravamento da situação na Europa e o surgimento do partido nazi na Alemanha, se bem que também expressou uma cautelosa esperança numa melhoria gradual no seu país natal.

Espero que não tenhamos uma guerra na Europa primeiro… O resto da Europa está a começar a levar a coisa a sério, especialmente os ingleses. Se tivessem caído há um ano e meio, teria sido melhor e mais fácil”, diz o carta.

Einstein deixou a Alemanha pouco antes de Adolf Hitler chegar ao poder em 1933, renunciando à cidadania alemã. Ele mudou-se para os Estados Unidos, onde obteve cidadania em 1940. Em 1952, Einstein recebeu a presidência de Israel, mas rejeitou-a.

O cientista descreveu o seu vínculo com o povo judeu como forte e legou os seus escritos pessoais e científicos à Universidade Hebraica, o que levou à fundação dos Arquivos Albert Einstein. Até ao momento, os arquivos permitiram que 80 mil manuscritos, artigos de correspondência, fotografias e materiais de realizações científicas, atividades públicas e a vida privada de Einstein fossem acessíveis ao público.

Os novos manuscritos foram adquiridos para os arquivos como um presente filantrópico da Crown-Goodman Family Foundation, em Chicago. Foram comprados de um colecionador particular em Chapel Hill, Carolina do Norte.

PARTILHAR

RESPONDER

Ainda há esperança. Corais do Atlântico reproduziram-se pela primeira vez em laboratório

Este é um avanço histórico que poderia ajudar a salvar corais em todo o mundo, incluindo o ameaçado recife da Flórida, nos Estados Unidos. O Aquário da Flórida, nos Estados Unidos, conseguiu que o coral Dendrogyra …

Cientistas descobrem a melhor maneira de ensinar uma nova língua a crianças

As pessoas muitas vezes assumem que as crianças aprendem novas línguas facilmente e sem esforço, independentemente da situação em que se encontram. Mas será verdade que as crianças absorvem linguagem como esponjas? Estudos mostraram que as …

Cientistas descobrem que as mantas gostam de socializar e de fazer amigos

Embora já tenham sido consideradas criaturas solitárias, um novo estudo descobriu que as mantas formam relações sociais e escolhem parceiros sociais. De acordo com o IFLScience, uma equipa de cientistas estudou mais de 500 grupos sociais …

Planta que não se reproduzia há 60 milhões de anos no Reino Unido revivida pelas alterações climáticas

Há 60 milhões de anos que as cicas não se reproduziam no Reino Unido. Agora, com a subida das temperaturas devido às alterações climáticas, fizeram-no pela primeira vez. As cicas são plantas lenhosas muito parecidas com …

Líderes políticos e religiosos ultraconservadores reunidos secretamente em Fátima

A reunião foi promovida pela International Catholic Legislators Network (ICLN). O encontro começou na quinta e termina este domingo. Entre muitos, conta com a participação do primeiro-ministro húngaro, Viktor Orbán. Vários líderes políticos e religiosos ultraconservadores …

Rio alerta para "divórcio violento" e medo de Costa em perder votos para o BE

O líder do PSD, Rui Rio, disse este sábado que as críticas de António Costa ao Bloco de Esquerda refletem "ingratidão" e o "medo" que o Partido Socialista tem em "perder" votos para os bloquistas …

Trump diz que Boris é "o homem certo" e promete "grande acordo comercial"

Os dois líderes estiveram reunidos à margem da cimeira do G7. Trump elogiou Boris e garantiu que o acordo comercial com o Reino Unido será rápido depois do Brexit. Johnson diz que será "fantástico". O Presidente …

Uma impressora 3D construiu uma casa em apenas 12 horas

A impressora 3D S-Squared (SQ3D) construiu um protótipo básico de uma casa em cerca de 12 horas. A estrutura tem 46 metros quadrados e foi construída através de uma mistura de cimento em camadas. O trabalho …

Uma estrela supermassiva explodiu e aniquilou tudo à sua volta

Uma estrela renegada, que explodiu numa galáxia distante, forçou os astrónomos a colocar de lado décadas de investigação e a concentraram-se num novo tipo de supernova que pode aniquilar completamente a sua estrela-mãe - não …

G7: Macron e Trump com "elementos de convergência" sobre Amazónia, Irão e comércio

O Presidente francês, Emmanuel Macron, conversou este sábado com o Presidente norte-americano, Donald Trump, durante o almoço, que durou duas horas, sobre "elementos de convergência" relativos ao comércio, ao Irão e aos fogos na Amazónia, …