Tensão sobre a reunificação do Chipre, depois de uma praia simbólica ser reaberta

Katia Christodoulou / EPA

Na semana passada, as autoridades pró-Turquia no Chipre reabriram parcialmente a praia de Varosha, que estava fechada desde 1974, altura em que os turcos invadiram a ilha num confronto com tropas pró-Grécia que causou a divisão do país. A movimentação é vista como um golpe político.

A “invasão” foi vista como forma de chamar a atenção para as eleições presidenciais do Chipre do Norte, que decorreram no último domingo e que contam com o apoio da Turquia, uma vez que o presidente Recep Tayyip Erdogan, comemorou a reabertura de Varosha. Esta atitude aumentou a tensão com Nicósia.

Varosha era a estância balnear mais cosmopolita do Chipre quando no Verão de 1974 as tropas turcas invadiram o norte da ilha, para proteger a minoria cipriota turca após um golpe de Estado orquestrado por nacionalistas gregos.

Muitos dos seus habitantes, cipriotas gregos, fugiram das casas de férias com a roupa que tinham no corpo. Varosha estava fechada desde então, e tornou-se numa verdadeira cidade fantasma.

A reabertura do local e a respetiva jurisdição e controlo são dos temas mais sensíveis nas recorrentes negociações para a reunificação da ilha. Varosha tem sido utilizada ao longo dos tempos como carta e trunfo pelos cipriotas turcos.

Na opinião de Fahim Teskin, jornalista turco independente “esta decisão abrupta foi uma tentativa clara de Ancara para influenciar as presidenciais na RTCN (República Turca do Chipre do Norte) e alterar os parâmetros na resolução da divisão da ilha”.

Para muitos cipriotas, a cidade-fantasma de Varosha é símbolo do impasse e da frustração dos últimos 46 anos. Múltiplas tentativas de negociação para tentar reunificar a ilha foram em fracasso. A divisão de Chipre está na base das tensões no leste do Mediterrâneo, e Ancara não reconhece a República de Chipre.

Foi neste ambiente tenso que decorreu, domingo passado a primeira volta das presidenciais na RTCN. O atual Presidente Mustafa Akinci (esquerda liberal, favorável a uma solução federalista e à reunificação) acusa a Turquia de querer influenciar o resultado. Akinci revelou ter sido pressionado a não se recandidatar, e até ameaçado de morte.

Segundo o Expresso, estas eleições são importantes porque o Presidente da RTCN tem, formalmente, mandato para negociar com os cipriotas gregos, a Turquia, a Grécia e o Reino Unido, no âmbito das eternas negociações patrocinadas pela ONU.

A ONU já prometeu lançar novo processo negocial após as eleições na RTCN, tendo a última ronda falhado em 2017.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

França diz-se "enganada" pela Austrália após suspensão de contrato de submarinos

Na semana passada, Estados Unidos, Austrália e Reino Unido anunciaram um acordo de defesa que inclui o desenvolvimento de submarinos nucleares na Austrália. O embaixador francês na Austrália, Jean-Pierre Thebault, disse esta segunda-feira que a França …

Sete mortos e 306 infetados nas últimas 24 horas

Portugal registou, esta segunda-feira, 306 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …

Rússia Unida anuncia vitória nas legislativas

O partido do Kremlin, Rússia Unida, reivindicou no domingo a vitória nas eleições legislativas russas, mas a sua maioria constitucional na Duma, a câmara baixa do parlamento, está ainda por apurar, após a contagem de …

Cientistas estão a dar vida ao holodeck, um holograma que você pode tocar

Os cientistas estão cada vez mais perto de tornar o holodeck uma realidade. Investigadores estão a criar um holograma que você pode tocar. A série Star Trek: The Next Generation apresentou a milhões de pessoas a …

A partir de novembro, EUA passam a permitir entrada de estrangeiros totalmente vacinados

A partir do início de novembro, os Estados Unidos passam a permitir a entrada de viajantes da União Europeia (UE) e do Reino Unido, desde que estejam totalmente vacinados. Os Estados Unidos vão reduzir as restrições …

Talibãs mandam funcionárias do governo de Cabul ficar em casa

As funcionárias do governo de Cabul devem ficar em casa. A única exceção aplica-se às trabalhadoras cujos cargos não podem ser desempenhados por homens. Só as mulheres "que não podem ser substituídas por homens" podem regressar …

"Tatatatatatata." A bazuca de Costa é, afinal, uma "metralhadora" que dispara de rajada

Rui Rio considera que António Costa devia chamar a bazuca de metralhadora, porque o primeiro-ministro "dispara de rajada" promessas. "HK21 tem fita, carrega-se, e aquilo dispara tatatatatatata." O presidente do PSD, Rui Rio, ironizou esta segunda-feira …

Campanha alerta população sobre cancros de sangue e apela para informação

Uma campanha para quebrar o silêncio sobre os cancros do sangue e alertar para a importância do diagnóstico precoce está nas ruas até final de setembro, lembrando que é essencial estar atento a sintomas e …

Pfizer diz que vacina é "segura" para crianças dos cinco aos 11 anos

A Pfizer/BioNTech anunciaram, esta segunda-feira, que a vacina é segura e parece gerar uma resposta imunitária robusta nas crianças dos cinco aos 11 anos. Depois de um estudo com 2.268 participantes, a Pfizer/BioNTech anunciaram que a …

PS e CDS na Madeira desencontrados, PSD e Bloco continuam no Norte

No arranque da segunda semana de campanha para as autárquicas, os líderes do PS e do CDS-PP apostam na Madeira mas com horários desencontrados, enquanto BE e PSD continuam a norte, e PAN e PCP …