Relatórios oficiais ilibam ex-ministro do Ambiente francês envolvido em polémica de gastos excessivos

Dois relatórios oficiais afirmaram esta terça-feira não ter encontrado irregularidades nas despesas realizadas pelo ex-ministro do Ambiente francês François de Rugy.

Tornados públicos, os dois relatórios, um elaborado pelo gabinete do primeiro-ministro francês e outro pelo Parlamento, foram pedidos depois dos media franceses terem revelado que o ex-ministro da Transição Ecológica e Solidária (a designação em França para o ministro do Ambiente) François de Rugy teria utilizado dinheiros públicos para pagar jantares de luxo, com lagosta e champanhe, a pessoas que pertenciam ao seu círculo social e ao da sua mulher Séverine de Rugy, jornalista de uma revista de celebridades.

Os jantares teriam ocorrido numa altura em que François de Rugy era presidente da Assembleia Nacional (câmara baixa do Parlamento francês), entre 2017 e 2018, segundo a imprensa francesa.

O ministro do Ambiente teria organizado uma dezena de jantares de lagosta, champanhe e vinhos provenientes das caves da Assembleia Nacional, alguns no valor de mais de 500 euros a garrafa, quando era presidente daquele órgão. Haveria também as obras de “conforto”, pagas pelos contribuintes franceses, no apartamento em Paris a que Rugy tinha direito, como ministro.

Um dos relatórios focou-se sobre os jantares realizados por De Rugy, tendo concluído que “não tinham sido encontradas irregularidades“. O documento admitiu, porém, que o caso concreto de três jantares, que apresentavam custos muito acima da média, foi encarado com alguma apreensão.

Já o relatório desenvolvido pelo gabinete do primeiro-ministro francês analisou os gastos feitos por François de Rugy, na ordem dos 63 mil euros, para remodelar a sua residência oficial. O documento concluiu que as regras foram “globalmente respeitadas”.

Poucos dias depois de ter garantido que não iria renunciar ao cargo ministerial, François de Rugy, o número “dois” do Governo francês, anunciava a sua demissão a 16 de julho, afirmando então que estava a ser vítima de um “linchamento dos media“. O Presidente francês, Emmanuel Macron, criticou a cultura da “denúncia” e adiantou que não toma decisões “com base em revelações, mas em factos, se não isto torna-se a República da delação”, afirmou.

Horas após a demissão de François de Rugy, Elisabeth Borne foi esta terça-feira nomeada para o seu lugar como ministra do Ambiente.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …

Com a ajuda de um radar, cientistas revelaram pegadas de mamutes e humanos pré-históricos

Espalhados pelo Monumento Nacional de White Sands, nos Estados Unidos, encontram-se os "rastos fantasma" de mamutes mortos há milhares de anos. Agora, investigadores conseguiram revelar pegadas de humanos. De acordo com o Science Alert, esta descoberta, …

A desertificação está progredir na Índia. Mas a solução pode estar no conhecimento tradicional

Quase 45% da área de Maharashtra está a transformar-se em deserto, assim como uma grande parte da Índia. De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), o ritmo da desertificação no país é agora …

Um dos videojogos mais famosos do mundo é acusado de propaganda anti-Rússia

Call of Duty é uma das franquias de maior sucesso na história dos videojogos, mas atualmente existem pedidos para boicotar o seu último lançamento devido à descrição de conflitos militares do jogo. Call of Duty: Modern …

Nova aplicação rastreia todos os seus passos em troca de descontos

Todas as pessoas gostam de aproveitar descontos, negócios e saldos. A Miles é uma nova aplicação que lhe oferece isso em troca de algo: a sua privacidade. A app rastreia todos os seus movimentos, disponibilizando descontos …