Relatório aponta “bom estado global” do carvalho que matou 13 pessoas na Madeira

Homem de Gouveia / Lusa

O carvalho que caiu em agosto do ano passado na freguesia do Monte, provocando 13 mortos e 50 feridos, apresentava um “bom estado global”, revela o relatório preliminar da peritagem pedida pela Câmara do Funchal.

Em comunicado, a Câmara Municipal do Funchal informa que remeteu já ao Ministério Público a versão preliminar do relatório técnico da peritagem que solicitou na sequência da queda de um carvalho no Largo da Fonte, na freguesia do Monte, no dia 15 de agosto de 2017.

O relatório preliminar, publicado no site da autarquia, para efeitos de consulta pública, foi elaborado pelo perito independente Pedro Ginja, engenheiro agrícola e arboricultor profissional com formação avançada em Arboricultura Urbana, com a colaboração de Gerard Passola Parcerissa, biólogo, membro do Colégio de Biólogos da Catalunha e especialista em Arboricultura.

A versão preliminar considera que “num passado recente não se registou nenhum incremento da inclinação” e que o tronco se encontrava “totalmente são em toda a sua extensão”. É referido ainda que “a rutura teve origem na base” e que a “árvore apresentava um crescimento da área anelar nos últimos anos” que evidencia “um incremento da vitalidade”, sendo que “a parte visível da base não apresentava nenhuma anomalia”.

Conclui, por isso, que a árvore apresentava um “bom estado global”, inexistindo qualquer lesão ou anomalia que possa ter interferido na sua queda, não tendo sido encontrados “defeitos na estrutura mecânica da árvore ou cargas externas naturais (vento ou outras) que justifiquem a rotura repentina da grande raiz de tensão, que se encontrava integralmente sã, e o consequente colapso do carvalho”.

O relatório levanta “como hipótese que a explicação para a rotura da raiz de tensão esteja relacionada com um sobre esforço a que foi sujeita por uma movimentação do solo, provavelmente na zona rochosa encontrada a sul”.

Os autores defendem que devem “ser encetados estudos subsequentes de caracterização da geologia, da pedologia, da geotecnia, em especial no que concerne à mecânica dos solos, e as respetivas relações com as questões da acústica (som emitido pela atuação dos conjuntos musicais e detonação dos fogos de artifício) e da detónica (fogos de artifício: caracterização das ondas de choque, caracterização dos materiais – solo e árvore – ao choque e avaliação de possíveis danos)”.

Consideram ainda “que também deverá ser estudado o possível efeito das vibrações mecânicas de uma máquina giratória que trabalhou com um martelo pneumático na Ribeira de Santa Maria, próxima do local”.

A Câmara Municipal do Funchal aguarda, agora, a entrega do relatório técnico final da peritagem do incidente que a 15 de agosto de 2017 causou 13 mortos e 50 feridos, entre residentes e turistas. Nesse dia, dia da Assunção de Nossa Senhora ou Nossa Senhora do Monte, como é conhecido na Madeira, o carvalho tombou no Largo da Fonte sobre uma multidão que aguardava a passagem da procissão da padroeira da região.

Na sequência do acidente, o Ministério Público confirmou em janeiro a constituição de três arguidos: o presidente da Câmara do Funchal, Paulo Cafôfo, a vereadora da Câmara Municipal do Funchal com o pelouro do Ambiente Urbano, Espaços Verdes e Espaços Públicos, Idalina Perestrelo, e o chefe de Divisão de Jardins e Espaços Verdes Urbanos da autarquia.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Planetas anormalmente gigantes detetados a orbitar uma estrela jovem

Investigadores identificaram uma jovem estrela com quatro planetas do tamanho de Júpiter e de Saturno em órbita, a primeira vez que tantos enormes planetas foram detetados num sistema tão jovem. O sistema também quebrou o recorde …

Diminuição de insetos tem efeitos "inimagináveis" para os seres humanos

A diminuição do número de insetos é um problema muito mais grave do que se julgava. Nova investigação afirma que essa diminuição põe em causa cadeia alimentar e traz "consequências inimagináveis para os seres humanos". O …

Cientistas confirmam que os eletrões são perfeitamente redondos

Com uma precisão sem precedentes, cientistas mediram a forma da carga de um eletrão confirmando que é extremamente redonda. O resultado apoia o Modelo Padrão das Partículas Física e força a revisão de várias teorias …

Morte de Khashoggi foi um "erro monumental". Riade diz não saber do corpo

Em entrevista à Fox News, o ministro dos Negócios Estrangeiros saudita, Adel al-Jubeir, afirmou neste domingo não saber onde se encontra o corpo do jornalista Jamal Khashoggi, considerando que a sua morte foi um "erro monumental". …

Médicos voltam a integrar Conselho Nacional de Saúde após renúncia do presidente

A Ordem dos Médicos decidiu voltar a integrar o Conselho Nacional de Saúde, após a renúncia ao cargo do atual presidente do organismo, disse à agência Lusa o bastonário. De acordo com Miguel Guimarães, o Conselho …

Numa vila turca, os muçulmanos têm rezado na direção errada durante décadas

Os muçulmanos de uma pequena aldeia no oeste da Turquia foram obrigados a ajustar as suas orações, depois de descobrirem que estavam a rezar na direção errada durante décadas.  A descoberta partiu do imã Isa Kaya, …

Há um superaglomerado de galáxias escondido no Universo primitivo

É a maior estrutura astronómica alguma vez conhecida do antigo Universo. As evidências sugerem que a sua massa seja equivalente às maiores estruturas encontradas no Universo atual. A equipa de investigadores, liderada por Olga Cucciati, do …

Trump anuncia saída dos EUA de tratado nuclear com a Rússia

Os Estados Unidos vão retirar-se de um tratado sobre armas nucleares assinado com a Rússia durante a Guerra Fria, anunciou hoje o presidente norte-americano, Donald Trump, acusando Moscovo de violar o acordo “há muitos anos”. “A …

Os portugueses têm menos filhos do que gostariam

A diretora da representação do Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA) disse que em Portugal a fertilidade desejada está bastante abaixo da realizada, tendo o país uma taxa de fecundidade baixa. Mónica Ferro, que neste …

"Piranha" da era dos dinossauros aterrorizou os mares do Jurássico

Uma nova espécie de peixe, semelhante a uma piranha e que viveu há 150 milhões, no tempo dos dinossauros, é descrita na edição desta sexta-feira da revista científica Current Biology. O peixe ósseo tinha dentes como …