Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

Hendrik Schmidt / EPA Pool

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto dos 100.000.

O ministro de Saúde britânico, Matt Hancock, disse hoje que três quartos dos maiores de 80 anos do Reino Unido receberam uma vacina.

Hancock revelou que três quartos dos residentes de lares de idosos também receberam a sua primeira vacina.

Até sábado, quase 5,9 milhões de doses da vacina foram administradas no Reino Unido. As autoridades de saúde britânicas pretendem vacinar 15 milhões de pessoas, incluindo todas as pessoas com mais de 70 anos, até 15 de fevereiro.

A campanha de vacinação no Reino Unido é um raro sucesso em um país com o pior surto do novo coronavírus da Europa.

O Reino Unido já registou um total 97.329 mortes devido à covid-19. 1.348 mortes foram registadas no sábado e o Reino Unido deverá chegar, em alguns dias, ao quinto lugar do país do mundo a registar 100.000 mortes devido à covid-19.

Alemanha aperta medidas

A Alemanha registou 12.257 infeções e 349 mortes devido ao novo coronavírus nas últimas 24 horas, altura em que o Governo aperta o controlo nas suas fronteiras a países com alta incidência de contágios, incluindo Portugal.

Na Alemanha como um todo, a incidência cumulativa nos últimos sete dias é de 111,1 casos por 100.000 habitantes e as novas infeções totalizam 92.427. O pico de incidência na esfera federal foi registado em 22 de dezembro com 197,6 novas infeções por 100.000 habitantes em uma semana.

O número de pacientes com covid-19 hoje nos cuidados intensivos é de 4.660, os quais 2.614 precisam de respiração assistida, segundo dados do a Associação Interdisciplinar Alemã de Cuidados Intensivos e Medicina de Emergência (DIVI).

O fator de reprodução (R) que leva em consideração as infeções em um intervalo de sete dias é 1,01 na Alemanha como um todo, o que significa que a cada 100 infetados contagiam uma média de 101 outras pessoas.

Desde 26 de dezembro, o número de pessoas que já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 na Alemanha subiu para 1.469.353, enquanto 163.424 pessoas já foram vacinadas pela segunda vez.

A Alemanha apertou os controlos de fronteira a partir de hoje, após definir na sexta-feira um novo grupo de mais de vinte países considerados de “alta incidência”, incluindo Portugal, para os quais estão contempladas restrições mais severas para a entrada em território alemão.

Os viajantes de países com incidência cumulativa de mais de 200 novas infeções por 100.000 habitantes só podem entrar na Alemanha se apresentarem teste PCR negativo realizado na origem até 48 horas antes do voo, sendo que devem fazer um segundo a partir do quinto dia de quarentena.

Neste grupo estão, além de Portugal, Albânia, Andorra, Bolívia, Bósnia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Eslovénia, Estados Unidos, Estónia, Irão, Israel, Colômbia, Kosovo, Letónia, Líbano, Lituânia, Macedónia do Norte, México, Montenegro, Panamá, Espanha, República Checa, Sérvia e Territórios Palestinianos.

Nova Zelândia com caso positivo

As autoridades de saúde da Nova Zelândia disseram hoje que registaram o seu primeiro caso local de infeção com o novo coronavírus em mais de dois meses.

Uma mulher de 56 anos, que recentemente regressou da Europa, teve teste positivo dez dias depois de passar por uma quarentena obrigatória de duas semanas. A paciente tinha apresentado sintomas do novo coronavírus alguns dias antes de ser testada.

As autoridades iniciaram uma busca ativa de casos de contacto, já que a mulher e o marido passaram vários dias na região Northland, no norte do arquipélago, quando era potencialmente contagiosa e teria visitado cerca de 30 locais.

O ministro da Saúde neozelandês, Chris Hipkins, disse que ainda é muito cedo para decidir se um confinamento total ou parcial deve ser implementado novamente.

Desde 18 de novembro, o país não registava qualquer caso local de contágio. A Nova Zelândia tem sido amplamente elogiada pela sua administração da pandemia, com 25 mortes atribuídas à covid-19 e 1.927 casos confirmados de uma população total de cerca de cinco milhões.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Erupção do vulcão Etna causa problemas económicos na Sicília

Nos últimos meses, o vulcão Etna tem estado em constante erupção e o custo de limpeza das cinzas está a deixar muitas cidades da Sicília à beira da falência. O vulcão Etna – um dos mais …

Argentina cria documento de identidade para pessoas não binárias

O Presidente da Argentina anunciou, esta semana, que o país tem um novo documento de identidade para incluir pessoas não binárias. É o primeiro país da América Latina a fazê-lo. De acordo com o chefe de …

Costa diz que Portugal vai ter "o dobro" de fundos comunitários para investir

O primeiro-ministro afirmou, este sábado, que Portugal vai contar, nos próximos sete anos, com "o dobro" de fundos comunitários para investimento, considerando que esta "é uma oportunidade única" que não pode ser desperdiçada. "Vamos ter a …

Chinesa morre após salvar a filha de deslizamento de terra. Bebé esteve 24 horas nos escombros

Uma mulher morreu após salvar o seu bebé quando um deslizamento de terra e uma forte inundação atingiram a sua casa na China, revelam as equipas de resgate. Como noticia a BBC, a bebé foi resgatada …

Caso Ihor. IGAI pede expulsão do ex-diretor de fronteiras do SEF

A Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) já entregou ao ministro Eduardo Cabrita o relatório final do processo disciplinar contra o inspetor coordenador do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) António Sérgio Henriques, que propõe a …

Chuvas torrenciais fazem mais de uma centena de mortos na Índia

Pelo menos 136 pessoas morreram na Índia, em consequência de chuvas torrenciais que assolaram o país e causaram fortes enchentes e deslizamentos de terra, enterrando casas e submergindo ruas. Numa altura em que as alterações climáticas …

China inaugurou o comboio mais rápido do mundo

O comboio-bala maglev, que pode atingir uma velocidade de 600 quilómetros por hora, fez a sua estreia em Qingdao, na China, esta semana. Tal como conta a cadeia televisiva CNN, este comboio-bala maglev foi desenvolvido pela …

Quatro portugueses detidos em Espanha por alegada violação de duas mulheres

A polícia espanhola anunciou, este sábado, ter detido quatro cidadãos portugueses por suposta violação múltipla e abusos sexuais a duas mulheres de 22 e 23 anos, numa pensão em Gijón, no norte do país. Segundo a …

Stonehenge pode perder estatuto de património mundial da UNESCO

Depois de Liverpool, também Stonehenge pode perder o estatuto de património mundial da UNESCO. O aviso surge após o secretário dos transportes, Grant Shapps, ter dado luz verde aos planos de construção de um túnel …

Mais 20 mortes e 3396 casos de covid-19. Não havia tantos óbitos desde março

Portugal registou, este sábado, mais 20 mortes e 3396 casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 3396 novos …