Reino Unido já vacinou quase 6 milhões. Alemanha aumenta controlo nas fronteiras

Hendrik Schmidt / EPA Pool

O Reino Unido já administrou a primeira das duas doses da vacina contra o novo coronavírus em cerca de seis milhões de pessoas, quando o número de mortes no país devido à pandemia está perto dos 100.000.

O ministro de Saúde britânico, Matt Hancock, disse hoje que três quartos dos maiores de 80 anos do Reino Unido receberam uma vacina.

Hancock revelou que três quartos dos residentes de lares de idosos também receberam a sua primeira vacina.

Até sábado, quase 5,9 milhões de doses da vacina foram administradas no Reino Unido. As autoridades de saúde britânicas pretendem vacinar 15 milhões de pessoas, incluindo todas as pessoas com mais de 70 anos, até 15 de fevereiro.

A campanha de vacinação no Reino Unido é um raro sucesso em um país com o pior surto do novo coronavírus da Europa.

O Reino Unido já registou um total 97.329 mortes devido à covid-19. 1.348 mortes foram registadas no sábado e o Reino Unido deverá chegar, em alguns dias, ao quinto lugar do país do mundo a registar 100.000 mortes devido à covid-19.

Alemanha aperta medidas

A Alemanha registou 12.257 infeções e 349 mortes devido ao novo coronavírus nas últimas 24 horas, altura em que o Governo aperta o controlo nas suas fronteiras a países com alta incidência de contágios, incluindo Portugal.

Na Alemanha como um todo, a incidência cumulativa nos últimos sete dias é de 111,1 casos por 100.000 habitantes e as novas infeções totalizam 92.427. O pico de incidência na esfera federal foi registado em 22 de dezembro com 197,6 novas infeções por 100.000 habitantes em uma semana.

O número de pacientes com covid-19 hoje nos cuidados intensivos é de 4.660, os quais 2.614 precisam de respiração assistida, segundo dados do a Associação Interdisciplinar Alemã de Cuidados Intensivos e Medicina de Emergência (DIVI).

O fator de reprodução (R) que leva em consideração as infeções em um intervalo de sete dias é 1,01 na Alemanha como um todo, o que significa que a cada 100 infetados contagiam uma média de 101 outras pessoas.

Desde 26 de dezembro, o número de pessoas que já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 na Alemanha subiu para 1.469.353, enquanto 163.424 pessoas já foram vacinadas pela segunda vez.

A Alemanha apertou os controlos de fronteira a partir de hoje, após definir na sexta-feira um novo grupo de mais de vinte países considerados de “alta incidência”, incluindo Portugal, para os quais estão contempladas restrições mais severas para a entrada em território alemão.

Os viajantes de países com incidência cumulativa de mais de 200 novas infeções por 100.000 habitantes só podem entrar na Alemanha se apresentarem teste PCR negativo realizado na origem até 48 horas antes do voo, sendo que devem fazer um segundo a partir do quinto dia de quarentena.

Neste grupo estão, além de Portugal, Albânia, Andorra, Bolívia, Bósnia, Egito, Emirados Árabes Unidos, Eslovénia, Estados Unidos, Estónia, Irão, Israel, Colômbia, Kosovo, Letónia, Líbano, Lituânia, Macedónia do Norte, México, Montenegro, Panamá, Espanha, República Checa, Sérvia e Territórios Palestinianos.

Nova Zelândia com caso positivo

As autoridades de saúde da Nova Zelândia disseram hoje que registaram o seu primeiro caso local de infeção com o novo coronavírus em mais de dois meses.

Uma mulher de 56 anos, que recentemente regressou da Europa, teve teste positivo dez dias depois de passar por uma quarentena obrigatória de duas semanas. A paciente tinha apresentado sintomas do novo coronavírus alguns dias antes de ser testada.

As autoridades iniciaram uma busca ativa de casos de contacto, já que a mulher e o marido passaram vários dias na região Northland, no norte do arquipélago, quando era potencialmente contagiosa e teria visitado cerca de 30 locais.

O ministro da Saúde neozelandês, Chris Hipkins, disse que ainda é muito cedo para decidir se um confinamento total ou parcial deve ser implementado novamente.

Desde 18 de novembro, o país não registava qualquer caso local de contágio. A Nova Zelândia tem sido amplamente elogiada pela sua administração da pandemia, com 25 mortes atribuídas à covid-19 e 1.927 casos confirmados de uma população total de cerca de cinco milhões.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Depois do balde de água fria da pandemia, Israel vai ficar melhor do que nunca. Tudo pelos turistas

Israel está fechado em casa e viajar para este país não faz parte dos planos de muitas pessoas. No entanto, este período de acalmia pode mesmo ser o melhor momento para planear uma viagem - …

Menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais e menos 151 mil cirurgias em 2020

No ano em que a pandemia chegou a Portugal, houve menos 151 mil cirurgias e menos 1,3 milhões de consultas nos hospitais públicos. A covid-19, que chegou a Portugal a 2 de março de 2020, obrigou …

Várias escolas de Tóquio pedem "certificados de cabelo real" aos alunos

As escolas japonesas são conhecidas pela sua rigidez relativamente à aparência dos seus alunos, tanto que os estudantes que não seguem o padrão de "cabelo liso e preto" têm de apresentar provas. Dados divulgados, esta semana, …

UE estima normalidade nas vacinas daqui a duas semanas. Orbán recebeu vacina chinesa

A União Europeia (UE) estima que dentro de duas a três semanas "tudo vai funcionar normalmente" na produção e distribuição de vacinas nos Estados-membros. Entretanto, o primeiro-ministro húngaro já foi vacinado (mas com uma vacina …

"Os dados de milhões de pessoas estão em risco", alertam denunciantes da Amazon

Denunciantes da Amazon alertam que os dados de milhões de pessoas estão em risco devido à falta de preocupação da empresa com a cibersegurança. A par da Google, Apple, Microsoft e Facebook, a Amazon é uma …

Mais 41 mortes e 718 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal registou, este domingo, mais 41 mortes e 718 novos novos casos de infeção pelo novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 718 …

Navalny chega a colónia penal a leste de Moscovo

O principal opositor do Kremlin chegou, este domingo, a uma zona a cerca de 200 quilómetros a leste de Moscovo para ser transferido para uma colónia penal onde vai cumprir a sua pena, informou um …

Já chegou o voo de repatriamento com 300 passageiros vindos do Brasil

O voo de repatriamento vindo do Brasil chegou, este domingo de manhã, ao Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, com cerca de 300 passageiros. De acordo com a RTP, o voo de repatriamento vindo de São Paulo, …

Costa imune ao descontrolo da pandemia. Popularidade de Marcelo dispara

A sondagem TSF/JN/DN regista uma avaliação positiva do primeiro-ministro e do Presidente da República, com este a atingir um novo pico de popularidade. Os líderes do PSD e do Chega surgem empatados como principais figuras da …

Mais seis mortos nos protestos em Myanmar. Embaixador na ONU afastado

Seis manifestantes foram mortos em Myanmar, este domingo, por forças de segurança que dispersavam com violência as manifestações pró-democracia. Três manifestantes foram mortos em Dawei (no sul do país), enquanto dois adolescentes, de 18 anos, morreram …