Há novas regras para levantar dinheiro e fazer pagamentos

Mário Cruz / Lusa

A partir do próximo sábado, há novas regras para levantar dinheiro e para fazer pagamentos. As medidas fazem parte de uma diretiva europeia e levam a várias mudanças.

Como já foi noticiado anteriormente, não vai ser possível levantar nem transferir dinheiro com as cadernetas bancárias. Estas apenas poderão ser usadas para consultar movimentações e saldos bancários. Em Portugal, os afetados pelas regras das cadernetas são clientes da CGD, do Banco Montepio e do Crédito Agrícola, os bancos que as comercializam.

A diretiva europeia também prevê que as bandas magnéticas dos cartões de débito e crédito deixem de servir para pagamentos, passando apenas a ser usado o chip. Esta alteração, entre outras, serve para promover medidas de seguranças reforçadas.

De acordo com o Jornal de Notícias, os cartões matriz, usados em movimentos nas contas bancárias online, também deixarão de ser usados. Como tal, será exigida uma nova medida extra de segurança no acesso via internet às contas bancárias. Os bancos deverão enviar uma mensagem escrita para o telemóvel do cliente com um código secreto.

Por enquanto, a proibição do uso de cartões de crédito para pagar compras e serviços online não será implementada. Futuramente, apenas será necessário o número do cartão e os três dígitos de segurança. A medida deverá ser adotada num prazo máximo de 18 meses.

Apesar das mudanças, há algumas exceções, como no caso dos cartões de refeição e cartões pré-pagos, que vão continuar a ser usados com a banda magnética. Adicionalmente, Via Verde e pagamentos de autoestradas e estacionamentos também continuarão sem alterações.

A partir de sábado, outras entidades para além dos bancos poderão aceder diretamente à conta bancária para informações e pagamentos. Isto apenas será possível mediante a autorização do cliente.

O Banco de Portugal divulgou ainda que as taxas máximas dos créditos ao consumo vão descer. No caso dos créditos para compra automóvel, a taxa vai baixar de 9,6 para 9,5%. O JN informa ainda que, a partir de outubro, a taxa máxima que pode ser cobrada nos cartões de crédito e contas a descoberto será de 15,7% e no crédito pessoal será de 13,4%.

ZAP //

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

  1. “Por enquanto, a proibição do uso de cartões de crédito para pagar compras e serviços online não será implementada.”

    Proibir o uso de cartões de crédito para pagar compra e e serviços online??????

    “Futuramente, apenas será necessário o número do cartão e os três dígitos de segurança.”

    Aumentam a segurança como?
    Hoje é necessário pelo menos saber o nome e a data de expiração do cartão e em alguns casos a morada do cartão e do envio tem de ser a mesma.
    Se só for preciso o número e o csv do cartão vai ser mais fácil roubar números de cartão de crédito.

    De certeza que leram bem?

    • Esta algo inexplicavel, nesta questao dos pagamentos com CC. Na minha opiniao para mais segurança, os bancos deviam enviar sms token para os titulares dos cartoes em TODAS as compras online.
      Em alguns sites aderentes e com supervisao da sibs e enviado sms token 3dsecure e mantendo tudo que solicitado quando se faz pagamentos online. MAS em TODAS as transacoes pagamentos online devia ser enviado e validado com sms token.
      So assim, os pagamentos online ficariam um pouco mais seguros….

  2. “Como tal, será exigida uma nova medida extra de segurança no acesso via internet às contas bancárias. Os bancos deverão enviar uma mensagem escrita para o telemóvel do cliente com um código secreto.”

    Segurança?!.. SEGURANÇA??!!!… De quem? Do meu dinheiro? Mas eu pedi alguma coisa por acaso? Isto vem na tradicional mania de tentar controlar mais e restringir mais as liberdades, sempre com a desculpa esfarrapada da “nossa” segurança. Querem ser mais papistas que o Papa, vejam só… Tão bonzinhos, preocupados com o que é meu!.. Qualquer imbecil percebe que isto são manhas para controlar as pessoas pelos telemóveis. Já sabemos que mesmo desligados os telemóveis registam todo o lado por onde andamos via GPS, etc… Agora querem que demos os nossos números de telemóveis para podermos usar o nosso próprio dinheiro?.. Tem pai que é cego… Só um burro não percebe a jogada. Então e quem não quer ter telemóvel? Somos obrigados a ter telemóvel a partir de agora? Isso é que era doce! Tenham calma… Se esperarem um bocadinho ainda vão assistir à saída de uma lei em que não ter telemóvel dá prisão. Um passo intermédio para o microchip! Comigo têm azar porque eu uso um telemóvel e um cartão diferentes só para confirmações de “sigurança” manhosas dessas… Telemóvel esse que está quase sempre em casa. Quando o levo para algum lado só lhe meto a bateria quando preciso de o usar e depois tiro logo.

    “Adicionalmente, Via Verde e pagamentos de auto-estradas e estacionamentos também continuarão sem alterações.”

    Aaahhh claro… Estes podem passar sem essas coisitas da segurança. Para estes já não estão preocupados com a “nossa” segurança. Tá quieto ò mau… Espera lá que já… Arriscarem-se agora a perder receitas, as PPP rodoviárias??? Isso é que era bom! Caga lá na “sigurança”!..

  3. o que é engraçado sem duvida segurança do cliente, mas afinal as taixas porque devemos pagalas? afinal é o nosso dinheiro que temos la, nós é que estamos a emprestar o dinheiro aos bancos e tudo temos que pagar? enfim ladrões que temos na frente de Portagal, sei que esta norma sobre os cartões vem da cee, mas por ca astaixas sempre foi o ganha pão dos bancos, repito taixas no meu dinheiro que empresto aos bancos, quando vai a falência eu é que fico sem ele, mas se somos nós a entrar na desgraça temos que pagar a esses ladrões

  4. Ora vamos lá ver se entendo. Os cartões de débito vão deixar de ser para pagar contas no MB? E só podemos usar cartão de crédito? Cheira-me a futura cholisse. Quanto às cadernetas, cheira a lobby naqueles corredores. As cadernetas são única e exclusivamente usadas nas máquinas do próprio banco, fica tudo registado. Ao contrário num telemóvel, num computador, e quando houver roubo de qualquer forma, o cidadão está tramado para reaver o seu valor. Já me aconteceu na CGD, em que fiquei sem cerca de 3000€, e depois de pôr pés ao caminho vim a saber que tinha sido via Luxemburgo, depois Ucrânia e aí se perdeu. Da segunda vez, já com cartões mudados e códigos, telefonaram num sábado a dizer que estava a ser vítima de fraude. Mandei suspender todos os cartões e fui ao banco na segunda feira. Mas os 3000€ foram. O BPI foi correto e accionou de imediato o seguro e não sofri nenhuma perda. Quanto a esses cómicos da Apple, são uns bedamerdas ao afirmar que o sistema operativo deles é incorruptível é treta. Nem a CGD nem eles me reembolsaram até hoje. Já vão 5 anos. Ficaram mais ricos.

  5. Façam os pagamentos online com mbway ao gerar cartões de crédito temporários com mbway não se pagam taxas, nas transferências mbway é que alguns bancos cobram taxas.

    Eu crio cartões mbway de 1 utilização para por vezes fazer pagamentos de cêntimos no AliExpress nunca paguei taxas.

    Crio cartões mbway (mesmo comerciante até ao valor atribuído) e adiciono ao PayPal para o eBay sem stress sem taxas, melhor solução para pagamentos online.

    Tenho um pagamento recorrente com prazo de um ano para um serviço de cloud, sem stress como a subscrição é de um ano só tenho de criar novo cartão e continuar a subscrição sem problemas.

    • “Façam os pagamentos online com mbway ao gerar cartões de crédito temporários com mbway não se pagam taxas
      “Eu crio cartões mbway de 1 utilização para por vezes fazer pagamentos de cêntimos no AliExpress nunca paguei taxas.
      Crio cartões mbway (mesmo comerciante até ao valor atribuído) e adiciono ao PayPal para o eBay sem stress sem taxas”

      …..shiuuuu, fala baixo Pedro!!!

  6. Alguém me explica como o sms token é mais seguro do que o cartão matriz e o sms token? Na cgd, para operações de valor maior, sempre foi o que me pediram…
    Além disso… então e se me roubarem ou simplesmente perder o telefone?!? Não vejo nenhuma mais valia nestas alterações. Seguramente que os bancos que não cobravam pelas cadrenetas vão beneficiar com isso, mas nada mais… quanto ao chip ser mais seguro que a banda magnética, é uma treta, pois a codificação pode ser idêntica em ambos, apenas diverge eventualmente a rapidez de acesso. Ambos são clonáveis e ambos têm fragilidades, muito próximas… juntos complementam-se, mas isolados nenhum é realmente melhor do que o outro… só disparates!
    A caixa tem o MB net à anos, sem custos e segurança idêntica ao mbway. Tudo o resto, são tretas. Os cartões de crédito não são seguros, mas os telemóveis também não!
    Qualquer dia estamos todos a meter o dinheiro no colchão! Até rima…

  7. Se o chip deixa de funcionar vou ter de ir ao banco pedir novo cartão por motivos de desgaste ou problemas de contacto com o tpa? Já que querem deixar a banda magnética de lado nos cartoes é para os bancos terem lucros de substituição de cartões?

    NO WAY

    Então levanto dinheiro no multibanco e pago as compras. Não vou dar o luxo ao banco para substituir n de vezes o cartão de débito. o chip estraga-se com facilidade.

    • Nunca vi um chip estragado!…
      E há bancos onde não se paga a substituição (nem anuidade) dos cartões de débito ou crédito (nem taxas, nem MBWAY, etc), por exemplo: ActivoBank!!

  8. Vão brincar com uma coisa que cá sei… Um cliente é obrigado a ter telemóvel!??? Eu tenho, mas haverá quem não precise de tal coisa!

  9. Por acaso leu o preçário?
    Substituição maioria dos bancoa cobram, mesmo o activobank. Substituição é cobrada quando o cartão esta dentro de validade e encontrar em mau uso. Não é o envio do cartão novo perto de o anterior terminar o prazo.

    Parece que teve sorte que nunca viu um chip danificado. Não acontece a todos.

RESPONDER

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …

Canal Panda e jogar sem medo. A receita de Lage para vencer os russos do Zenit

O Benfica joga esta terça-feira com o Zenit de São Petersburgo, na sexta e última jornada do grupo G da Liga dos Campeões. Os encarnados precisam de vencer por dois (ou mais) golos para garantir …

Polícia de Hong Kong desativa bombas artesanais escondidas em escola

As autoridades de Hong Kong desativaram duas bombas artesanais numa escola esta terça-feira. Os engenhos foram descobertos por um guarda e desconhece-se se estão associados à crise política que se vive no país. A líder de …

Tancos. Carlos Alexandre quer ouvir António Costa presencialmente

O juiz Carlos Alexandre quer ouvir o primeiro-ministro, António Costa, presencialmente durante a fase de instrução do processo de Tancos, recusando assim que o seu testemunho seja feito apenas por escrito. De acordo com a …

Orçamento de 2020 sem verba para pré-reformas na Função Pública

Alexandra Leitão, ministra da Modernização do Estado e Administração Pública, esclareceu que a proposta do Orçamento do Estado para o próximo ano não deverá reservar qualquer verba para financiar pré-reformas na função pública. Segundo o Diário …