Redução calórica de 15% ajuda a travar o envelhecimento

Um estudo revela que reduzir o consumo calórico em 15% pode ser um dos segredos da longevidade, além de ajudar a proteger de doenças relacionadas com os elevados níveis de stress oxidativo.

Um novo estudo, publicado recentemente na Cell Metabolism, mostra que a redução de 15% das calorias consumidas ao longo de dois anos desacelera o processo metabólico que conduz ao envelhecimento e reduz a probabilidade de doenças relacionadas com elevados níveis de stress oxidativo, como diabetes, Alzheimer ou cancro.

“Reduzir as calorias pode retardar o metabolismo basal – a quantidade mínima de calorias necessária para manter as funções vitais – e, se os derivados do metabolismo aceleram o processo de envelhecimento, então a redução de calorias ao longo de vários anos pode ajudar a diminuir o risco de doenças crónicas e prolongar a vida”, disse a investigadora Leanne M. Redman, citada pelo Público.

A investigadora que coordenou o estudo, que é também professora no Pennington Biomedical Research, no estado norte-americano do Luisiana, garante que reduzir o consumo calórico “tem benefícios para toda a gente, independentemente do estado de saúde”.

Desta forma, o estudo foi realizado num grupo que reduziu o seu consumo calórico em 15% e num grupo de controlo que comia sem restrições. O estudo nota que houve uma melhoria da disposição dos participantes, além de que os indivíduos perderam, em média, nove quilos.

O estudo frisa que uma maior longevidade está associada “àqueles que utilizam a sua energia de forma mais eficiente”. Assim, esta investigação combina duas teorias associadas à longevidade: uma taxa de metabolismo mais baixa e a redução dos níveis de stress oxidativo (que promove o envelhecimento celular).

Este estudo, refere o jornal, torna-se significativo pelo facto de ter sido o primeiro a ser realizado em humanos, com base em ensaios clínicos em indivíduos aleatórios.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

ADN herdado dos neandertais pode aumentar o risco de covid-19

Uma nova investigação concluiu que um segmento de ADN herdado dos neandertais presente em alguns humanos pode aumentar o risco de covid-19. De acordo com o estudo levado a cabo por cientistas da Alemanha e …

Ricardo Salgado vai ser acusado de liderar organização criminosa dentro do BES

O Ministério Público (MP) prepara-se para acusar Ricardo Salgado de liderar uma associação criminosa enquanto esteve à frente do Grupo Espírito Santo (GES), avança o jornal Público este sábado. De acordo com o matutino, esta …

FC Pingzau: O clube que sonha com a Champions e que também pode ser seu por 500 euros

Deter parte de um clube com aspirações à Liga dos Campeões é possível e já pode fazê-lo por apenas 500 euros.O FC Pingzau é o clube austríaco detido por adeptos com o objetivo de chegar …

Uma pitada de poeira de rocha pode ajudar a evitar alterações climáticas catastróficas

O uso de poeira de rocha na agricultura traz não só vantagens para a colheita, mas também para o ambiente. Esta técnica permite uma remoção eficiente do dióxido de carbono. Espalhar poeira de rocha nos terrenos …

ANA avança com plano de "saídas voluntárias"

A ANA, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com "um plano de saídas voluntárias", no âmbito do redimensionamento das equipas. A ANA - Aeroportos de Portugal, gestora dos aeroportos nacionais, vai avançar com “um plano de …

Cientistas detetaram estranhos objetos astronómicos circulares (e não fazem ideia do que são)

Recorrendo a telescópios, uma equipa de astrofísicos detetou quatro estranhos objetos astronómicos. Foram encontrados nos comprimentos de onda de rádio e são circulares e mais brilhantes do que as suas bordas. Estes estranhos e inesperados …

Especialista alerta sobre possíveis vírus extraterrestres que podem chegar à Terra em futuras missões

O cientista e antigo colaborador da NASA Scott Hubbard alertou para a possível chegada de vírus extraterrestres à Terra em futuras missões espaciais, notando que o interesse pela exploração do Espaço tem aumentado. O antigo …

Covid-19. A morada e a cor da pele são um fator de risco no Brasil

Enquanto que na Europa a idade é um fator de risco da covid-19, no Brasil, o sítio onde moram e a cor da sua pele definem essa fronteira entre os que têm maior ou menor …

Lagos dos Estados Unidos estão a ficar cobertos de verde. Nem os mais remotos escapam

Vários lagos montanhosos dos Estados Unidos estão a tornar-se verdes devido ao crescimento de algas que prosperam por causa das alterações climáticas, concluiu um estudo conduzido por cientistas da Universidade do Colorado. De acordo com a …

No Algarve, metade dos casos de infeção resultaram de transmissão social

Um estudo apresentado na última reunião do Infarmed, em Lisboa, veio estabelecer uma relação entre a propagação do vírus no Algarve e o fator social. De acordo com o estudo, apresentado na última reunião do Infarmed, …