Recibos electrónicos obrigatórios para rendas acima dos 70 euros

istevenxue / Flickr

A obrigatoriedade de os senhorios passarem recibo electrónico nas rendas mensais acima de 70 euros vai “complicar a vida” a muita gente. O alerta é da Associação Lisbonense de Proprietários.

A partir de Maio, os proprietários com rendimentos provenientes de imóveis com valores superiores a 838,44 euros anuais terão que passar, obrigatoriamente, recibo electrónico, conforme adianta o Jornal de Negócios, salientando que, na prática, estão em causa casos com rendas mensais a partir dos 70 euros.

Uma medida que resulta das novas regras sobre os recibos electrónicos criadas com a reforma do IRS que entrou em vigor em Janeiro de 2015.

O Jornal de Negócios sustenta que a portaria vai ser publicada nos próximos dias e que se aplicará de imediato. O diploma, de acordo com a mesma publicação, atesta os valores a partir dos quais os recibos electrónicos serão obrigatórios.

A situação vai causar “algumas dificuldades” a alguns senhorios, sobretudo os mais idosos, alerta o presidente da Associação Lisbonense de Proprietários, Menezes Leitão, em declarações à Agência Lusa.

O responsável diz que se trata de uma medida “burocrática que vai complicar a vida” a muitos senhorios.

“É que muitos senhorios são pessoas idosas e com algumas dificuldades informáticas. Vão ser obrigados a recorrer a algum auxílio para cumprir essa obrigação”, avisa Menezes Leitão.

A Associação Lisbonense de Proprietários afiança ainda que está prevista na Lei a possibilidade de a obrigação do recibo electrónico ser substituída por uma declaração, igualmente emitida pela Internet, mas apenas no mês de Janeiro. No entanto, esta medida só abrangerá os proprietários da categoria F.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. o que complica imenso, é haver tantos arrendamentos sem qualquer tipo de recibo. Depois para obter receita, o estado necessita de agravar outro tipo de impostos para as famílias (como IVA, IRS e IMI). Lamento, mas se todos pagarem fica mais fácil e barato. Só não estou certo, que a medida terá efeito determinante para colocar a pagar quem ainda não passa recibo.

  2. Quem foge não passa recibo. Nas cidades das férias, nas cidades universitárias,etc continua-se a não se passar recibo.
    Qual o fim da medida? Pôr os outros a trabalhar para o Estado, para despedir mais gente, para sobrar ainda mais para a “nomenclatura”, para os que estão na mama da politica e dos partidos.
    Nós vamos ser os novos criados, tal e qual como se passa em alguns Hipers em que nós povo já somos os caixas.
    Tamos no bom caminho.

  3. Sem sequer entrar na crítica da medida, cujo conteúdo desconheço (e continuo a desconhecer, porque o artigo não a explica, nem tem de explicar), o que entendo é que ninguém em seu perfeito juízo publica uma medida legislativa deste tipo num mês para a aplicar no mês seguinte. Isto, sabendo-se que muitos dos proprietários são pessoas idosas e sem recurso a meios informáticos nem a sua aprendizagem. Só gostava de entender o que ganha o fisco com isto tudo! Alguém deve ter aí programas de recibos para vender…

  4. que pena que tenho dos coitadinhos dos senhorios. esses coitadinhos mesmo sendo obrigados a efectuar obras nas casas que têm alugadas nem isso fazem.
    tenho um vizinho que já mora numa casa alugada de um desses coitadinhos vai para 5o anos (sim 50anos) sempre foi ele que fez as obras todas até hoje, chão novo,canalização nova,instalação electrica nova tudo o coitadinho mandou fazer obras no andar de cima que também é sua pertença teve que partir até ao r/c por causa do cano de esgoto e até hoje (mais de 3 anos) ainda não reparou a merda que fez.
    coitadinhos tenho tanta pena deles! deveria ser era ainda pior.

  5. Acho que tem que ser tomadas medidas que desincentivem o arrendamento pois investir numa casa para arrendamento não cria postos de trabalho. Parece-me que emitir recibo eletronico não resolve a fuga aos impostos pois quem foge não emite recibo nem em papel. Acho que devem ser cobrados os impostos respetivos por uma questão de justiça mas não sou dos anjinhos que ainda pensam que se no limite não houvesse economía paralela os impostos desceriam. O tanas, quando muito os cofres ficavam ainda mais cheios.

  6. Obrigar os senhorios a passar recibos electronicos pode ter um efeito contrário ao que se pretende. A extrema dificuldade que muitos senhorios terão em cumprir esta lei poderá levá-los a não cumprir a lei. Incumprimento por incumprimento pode levá-los a não declarar as rendas. A medida é tão imbecil que pode ter o efeito contrário aquele que se pretende.
    Isto para não falar das pessoas que tinham internet em casa e deixaram de ter por não conseguirem comportar mais este custo. Se o estado quer obrigar os cidadãos a fazer recibos electrónicos via internet então tem a obrigação de disponibilizar gratuitamente internet em casa de cada cidadão.
    E a questão da formação? quem é qu vai disponibilizar um formador gratuito para ensinar a fazer o recibo electrónico?
    É mais uma lei que apenas serve para empecilhar a vida do cidadãoreduzindo-lhe ainda mais a qualidade de vida, sem aumentar em nada a produtividade nem a riqueza nacional.

RESPONDER

Diamante de 183 quilates está à venda em leilão angolano

A Sodiam, empresa pública de comercialização de diamantes angolana, lançou na quarta-feira o segundo leilão para venda de diamantes brutos, que inclui uma pedra de 183 quilates, e no qual estão já registadas mais de …

Bruxelas aprova compra de Seguradoras Unidas e AdvanceCare pela Generali

A Comissão Europeia aprovou, esta quinta-feira, a compra das portuguesas Seguradoras Unidas e AdvanceCare ao grupo norte-americano Apollo pelo grupo italiano Generali, um negócio no valor estimado de 600 milhões de euros. O Executivo comunitário adiantou, …

"Rebeldes" que saíram do Partido Conservador concorrem como independentes ou pela oposição

Vários deputados dissidentes ou expulsos do Partido Conservador estão a candidatar-se como independentes ou por partidos da oposição nas legislativas de 12 de dezembro por se oporem ao Brexit negociado pelo primeiro-ministro. O antigo procurador-geral Dominic …

CGD já está a cobrar comissões nos depósitos de instituições financeiras

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) já começou a cobrar comissões nos depósitos das instituições financeiras, de modo a tentar contornar a política monetária do Banco central Europeu. A intenção de cobrar comissões nos depósitos de …

Câmara de Oliveira de Azeméis pagou contas de concelhia do PSD, acusa Ministério Público

O Ministério Público (MP) deduziu esta quarta-feira acusação contra 68 arguidos no âmbito da operação “Ajuste Secreto”. Entre os acusados está o antigo autarca da Câmara de Oliveira de Azeméis Hermínio Loureiro, que é a …

PAN defende atribuição de cartão de cidadão a sem-abrigo

A iniciativa recomenda ao executivo socialista, liderado por António Costa, que seja atribuído "um cartão de identificação a todos aqueles que não têm uma casa ou um teto". O PAN apresentou na Assembleia da República um …

Governo quer criar regras especiais para alunos do profissional acederem ao Ensino Superior

O Governo quer criar um modelo de acesso específico para alunos do ensino profissional que queiram prosseguir estudos superiores, uma proposta que chegou a estar desenhada na anterior legislatura, mas que ainda não avançou. Segundo noticiou …

Menos de metade dos médicos do SNS trabalha em regime de exclusividade

Menos de metade (42,9%) dos médicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) trabalha em regime de exclusividade, avança o Jornal de Notícias, citando números da Administração Central dos Serviços de Saúde.  Segundo dados apresentados esta quinta-feira …

Grávidas e crianças até aos 10 anos não devem comer peixe-espada e atum, recomenda Espanha

A Agência Espanhola de Segurança Alimentar e Nutrição publicou novas recomendações no final de outubro para o consumo de determinados tipos de pescado, nomeadamente o atum e o peixe-espada, tubarão ou cação e Lúcio. Em causa …

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …