Bruno Fernandes no Real Madrid por 70 milhões. Afinal, não há acordo

José Sena Goulão / Lusa

Declarações prestadas na tarde de ontem pelo diretor desportivo da Fiorentina, Daniele Pradè, revelavam que o Real Madrid já tinha um acordo para contratar Bruno Fernandes em 2020, mas agora surgem informações em sentido contrário.

O clube espanhol tomou uma posição sobre a situação e, através de uma informação dada rádio espanhola Marca, que terá recolhido informações junto de fonte do clube da capital espanhola, o Real Madrid negou a existência de qualquer acordo com os leões.

O Real Madrid desmente com clareza que tenha chegada a acordo com o Sporting para a transferência de Bruno Fernandes”, lê-se na publicação da rádio Marca.

O presidente da Fiorentina tinha dito que o internacional português Bruno Fernandes deveria ser brevemente anunciado como reforço do Real Madrid, a troco de 70 milhões de euros, valor estabelecido pelo presidente do Sporting para vender o passe do jogador. “É provável que o Sporting tire o Raphinha do mercado, uma vez que o Bruno Fernandes vai para o Real Madrid por 70 milhões“, afirmou Pradè.

O Sporting reagiu às declarações do presidente do clube viola. Numa nota enviada às redações, o diretor desportivo do clube, Hugo Viana, respondeu com críticas às declarações do dirigente italiano. “O Sporting não comenta a vida de outros clubes, mas considera inoportuna e leviana a forma como nesta altura se abordam questões de mercado”, realçou o dirigente leonino.

Segundo avançava o Record esta sexta-feira, o Sporting e o agente Jorge Mendes já têm praticamente fechado o acordo para a transferência de Bruno Fernandes. Apesar de não ser o empresário do jogador, Jorge Mendes foi chamado para desbloquear um possível negócio a rondar os 70 milhões de euros.

Também a Renascença dizia que o jogador estaria a caminho do Real Madrid, permanecendo em Alvalade até ao fim da época e sendo transferido apenas no próximo verão. Já a TSF, assegurava que o negócio de Bruno Fernandes não está fechado.

A direção do Sporting esteve em conversações no Mónaco com o objetivo de chegar a um entendimento para a transferência do médio português. Contudo, a mesma fonte revela que não há qualquer acordo entre as partes. Neste mercado, o Sporting terá recusado propostas de Inglaterra que não chegaram a um dos objetivos de Frederico Varandas: vender o médio por 70 milhões de euros.

Se Bruno Fernandes por permanecer em Alvalade, o Sporting está disposto a oferecer-lhe um aumento salarial único no plantel. O médio português passaria a ganhar 5 milhões de euros por ano. Nunca antes os sportinguistas pagaram tanto a um atleta. Só Jorge Jesus, antigo treinador do clube, recebeu um salário tão alto.

As equipas interessadas em Bruno Fernandes têm até 2 de setembro para selar um acordo, altura em que fecha o mercado de transferências na Europa.

No Sporting desde 2017, Bruno Fernandes marcou 49 golos em 113 jogos oficiais pelos leões. Médio mais goleador do futebol europeu na última temporada, foi eleito melhor jogador da I Liga nas últimas duas épocas.

Acordo com Tottenham estava “acertado”

Em entrevista à revista GQ, Bruno Fernandes abordou, entre outros temas, a relação com o antigo presidente do Sporting Bruno de Carvalho.

“Sempre tive uma boa relação. Pessoalmente, nunca tive problemas. A única conversa que tive com ele foi no dia em que perdemos com o Atlético Madrid. Foi marcada uma reunião que o presidente diz que não foi marcada. Bruno de Carvalho não quis fazer a reunião e depois veio dizer que quis, só que o Rui Patrício é que não quis. Eu falei com o presidente e disse-lhe que, se ele tivesse ido ao balneário e mesmo que nos insultasse e desfizesse o nosso trabalho, nós iríamos levar aquilo tranquilamente porque era ali dentro. As coisas resolvem-se dentro do balneário. Se criamos espalhafato para fora, demonstramos desunião, que foi o que acabou por se verificar. Ainda lhe disse ‘O que você conseguiu foi que o grupo se unisse, mas contra si“, afirmou Bruno Fernandes.

“Houve uma coisa que não gostei mesmo, que foi ele ter vindo dizer que tínhamos falado e que eu estava muito triste. Ele não disse sobre o que é que falámos realmente. O que eu lhe disse foi que, se era para aquilo, eu preferia não jogar à bola e que ia fazer outra coisa qualquer. Disse-lhe que tinha uma filha, uma família, e que não estava disposto a correr aquele tipo de riscos”, explicou.

Bruno Fernandes recordou o dia em que aconteceu o ataque à Academia de Alcochete, em maio do ano passado, e considera que foi um “erro” a equipa ter disputado a Taça de Portugal contra o Desportivo das Aves.

“Se senti medo? Sim, nesse dia se não fosse a Polícia, eu tinha-me ido logo embora. Vesti-me e disse, ‘foi um prazer jogar convosco’, saí e, quando estou a deixar as instalações, chega um carro da Polícia que me pára e diz que tenho de prestar declarações e que não podia sair. Mas até já tinha ligado para a minha mulher a dizer-lhe para arranjar as coisas que íamos arrancar para o Porto”, afirmou o capitão do Sporting.

“Aquela mensagem de voz que andou a circular por aí no Whatsapp é mesmo do meu cunhado, que é namorado da irmã da minha mulher. Nem tudo o que ele diz ali é verdade, porque ainda estava tudo muito confuso, mas era mesmo a voz dele e eu tinha tudo preparado para regressar ao Porto. Se a polícia não me parasse à saída da Academia, eu tinha-me ido embora e não tinha voltado mais, não tinha sequer jogado a final da Taça de Portugal”, prosseguiu.

Sobre a final da Taça de Portugal, Bruno Fernandes considera que entrar em campo no Jamor para defrontar o Desportivo das Aves não foi a melhor decisão. “Foi um erro nosso, não devíamos ter jogado esse jogo. Culpo-nos a nós jogadores, porque cedemos à pressão que existiu tanto da parte da FPF como do Sindicato dos Jogadores”, explicou.

Seguiu-se depois a rescisão unilateral e mais tarde o regresso ao Sporting. O médio diz não se arrepender por ter voltado ao emblema de Alvalade.

Bruno Fernandes foi, por diversas vezes, apontado como possível reforço do Tottenham neste mercado de transferências, mas a mudança para Inglaterra não se chegou a concretizar. O capitão leonino revela agora que teve “tudo acertado” para rumar aos clube londrino, mas a transferência para o Tottenham não aconteceu porque os spurs não chegaram a acordo com os leões.

“Como todos sabem, o Tottenham fez várias propostas por mim. Tudo acertado comigo – ou praticamente deveria estar. Nunca fiz grandes exigências, o meu empresário ficou sempre de tratar das partes financeiras. Era e é um objetivo meu jogar em Inglaterra, o Sporting sabe disso, toda a gente sabe disso, e havia condições para que as coisas fossem feitas. Mas o Sporting entendeu que o valor não era suficiente e tenho de respeitar a decisão”, afirmou Bruno Fernandes.

Apesar de ter visto adiado o sonho de jogar na Premier League, o internacional português diz estar totalmente focado e motivado para jogar no Sporting.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

OE2021. Bloco prepara voto contra. PSD só salva proposta se Costa pedir desculpa

O Bloco de Esquerda prepara-se para votar contra o Orçamento do Estado para 2021 na generalidade, avança este sábado o semanário Expresso. Governo e Bloco de Esquerda tem negociado nos últimos dias a proposta de …

Inscrição perdida contém a chave para o enigma dos esqueletos de Almaçã

Uma inscrição de pedra desaparecida esconde a chave para o mistério dos esqueletos de Almaçã, enterrados debaixo de uma muralha medieval. Em Almaçã, Espanha, onze corpos foram enterrados debaixo de uma enorme muralha de uma vila …

Espanha prepara-se para decretar estado de alerta

O Governo espanhol prepara-se para decretar estado de alerta em todo o território, depois de ter colocado a região de Madrid neste nível de alerta. A notícia é avançada este sábado pelo jornal espanhol El País, …

Jerónimo de Sousa deve ser reconduzido na liderança do PCP

O atual secretário-geral do PCP deve ser reconduzido no cargo no congresso que está agendado para o final de novembro, avança este sábado o jornal Público. De acordo com o matutino, as atuais regras sanitárias …

Elixir oral (e outros produtos domésticos) poderá ajudar a neutralizar o SARS-CoV–2

Alguns produtos domésticos, como é o caso do elixir oral e produtos para a descongestionar as vias nasais, mostraram-se eficazes em neutralizar um tipo coronavírus num estudo científico levado a cabo com células humanas. A …

Presidente da Polónia com teste positivo de covid-19

O Presidente da Polónia, Andrzej Duda, testou positivo para o novo coronavírus, anunciou este sábado o porta-voz do chefe de Estado. "Como se esperava, o Presidente @AndrzejDuda foi ontem [sexta-feira] submetido a um teste para detetar …

"Com o futebol acabei com a Guerra do Iraque". Jorvan Vieira, o treinador português que é Deus no mundo árabe

Jorvan Vieira é um nome que pouco deve dizer à maioria dos adeptos de futebol. Filho de portugueses emigrados no Brasil, fez grande parte da sua carreira no Médio Oriente, onde é acarinhado por milhões. …

Capacidade de cuidados intensivos na Europa vai chegar ao limite, alerta OMS

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou esta sexta-feira que muitas unidades de cuidados intensivos na Europa vão chegar ao limite da sua capacidade nas próximas semanas. "Há uma situação muito preocupante a acontecer na Europa. …

Geólogos "ressuscitam" placa tectónica desaparecida

A existência da placa tectónica Ressurreição nunca foi consensual: alguns geólogos argumentam que nunca foi real e outros alegam que a placa sofreu um processo de subducção no manto da Terra, em algum lugar da …

Não se esqueça: muda a hora este domingo

Os relógios vão atrasar 60 minutos na madrugada do próximo domingo em Portugal para dar início ao horário de inverno. Em Portugal Continental e na Região Autónoma da Madeira, os relógios deverão ser atrasados uma hora …