Rapaz que acusou Kevin Spacey de agressão sexual terá filmado avanços do ator

O rapaz que acusou o ator Kevin Spacey de o ter apalpado sem consentimento, quando teria 18 anos, terá filmado os avanços do ator a 7 de julho de 2016, num restaurante em Nantucket, Massachusetts, no qual trabalhava.

Os documentos da investigação fazem referência a um vídeo alegadamente enviado pelo jovem à sua namorada, através da aplicação Snapchat, que poderá mostrar Spacey a tatear as calças e as virilhas da alegada vítima, refere a estação norte-americana NBC. Por norma, os vídeos enviados através desta plataforma tendem a apagar-se automaticamente, mas também podem ser guardados.

A recetora do vídeo, alegada namorada do rapaz que é filho de Heather Unruh, uma jornalista de Boston, terá recebido uma primeira mensagem do companheiro dizendo-lhe que Kevin Spacey estava a “fazer-se” a ele. Porém, como a recetora não acreditou, o rapaz terá então “enviado o vídeo através do Snapchat, referem os documentos.

Os documentos da investigação policial referem ainda que a alegada vítima terá “tentado afastar-se com o corpo”, afastando também as mãos de Kevin Spacey de si, mas o ator “continuou a tentar tocar-lhe nas calças”.

O relatório indica ainda que a polícia terá mostrado à alegada vítima o vídeo que esta garante mostrar os avanços do ator sobre si nesse dia. O rapaz terá confirmado que aquelas eram as roupas que vestia no dia em que diz ter sido sexualmente agredido.

O rapaz afirmou à polícia que o caso “não teve um efeito emocional profundo” em si, mas que terá reportado o ataque sexual de que diz ter sido alvo à polícia de Nantucket, no final de outubro de 2016 por não querer que “acontecesse a mais ninguém”. O rapaz terá sido inquirido pela polícia de Massachusetts em novembro de 2017 — o mesmo mês em que a mãe denunciou o caso publicamente.

Kevin Spacey, de 59 anos, deverá comparecer perante um juiz no dia 7 de janeiro para responder por acusações de agressão sexual e lesão corporal.

Em resposta, Spacey colocou no Youtube um vídeo chamado “Deixem-me ser franco”, um trocadilho com o nome da personagem na série “House of Cards”, Frank Underwood.

“Claro que houve quem acreditasse em tudo e estivesse à espera de me ouvir confessar tudo. Estão mortos por me ouvir declarar que tudo o que disseram é verdade e que tive o que merecia. Mas não vou pagar pelo que não fiz”, ouve-se no vídeo, sem se perceber se o ator se refere às acusações que enfrenta na vida real. O vídeo termina com Spacey a dizer que em breve será conhecida “toda a verdade”.

Este vídeo foi a primeira aparição pública do ator desde que foi acusado de assédio sexual pela primeira vez, em outubro de 2017, quando o ator Anthony Rapp acusou Kevin Spacey de assédio e de o tentar seduzir quando tinha 14 anos – há mais de 30 anos.

O ator Kevin Spacey é também acusado por oito funcionários da série “House of Cards” de assédio sexual.

Spacey está também a ser investigado por agressão sexual em Los Angeles, por acontecimentos de 2016, e também enfrenta acusações sobre situações semelhantes quando era diretor artístico do teatro Old Vic, em Londres.

Hollywood está cada vez menos tolerante face ao assédio sexual. Pouco depois de as primeiras acusações terem vindo a público, Kevin Spacey foi retirado do filme “Todo o Dinheiro do Mundo” a apenas um mês e meio da estreia, e despedido da série da Netflix, House of Cards.

ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde …

Desgostos e namoriscos com humanos. Aquário de Quioto expõe complexas relações dos pinguins num fluxograma

O Aquário de Quioto, antiga capital do Japão, tem um fluxograma onde expõe as relações dos seus pinguins. Entre diferenças de idade, desgostos de amor e até namoriscos com humanos, as relações entre estes animais …

O sangue azul do caranguejo-ferradura é fundamental para a vacina da covid-19. Mas há um problema

O sangue azul do caranguejo-ferradura pode ser um elemento muito importante para encontrar a vacina para a covid-19, mas há um grande senão. O sangue azul do caranguejo-ferradura (Limulus Polyphemus) é a única fonte natural conhecida …

Jovem guarda-redes russo atingido por raio durante um treino

Ivan Zakborovsky, um jovem guarda-redes russo, está em coma induzido. O clube já revelou que o atleta não corre perigo. Ivan Zakborovsky, um guarda-redes de apenas 16 anos do Znamaya Truda, da Rússia, foi atingido por …

Elegante, leve e com fibra de carbono. O Tyr quer ser diferente de todos os outros caiaques

Embora os caiaques com assento se tenham tornado muito populares entre os pescadores, a maioria dos barcos é bastante tubular, pesada e de plástico. O Tyr da Apex Watercraft é diferente por ser elegante, leve …

2029 Majestic, a mota elétrica futurista com um design centenário

A 2029 Majestic é inspirada no modelo original de 1929, mas tem um motor elétrico e peças impressas em 3D. É o casamento ideal entre tecnologia e a tradição. Em 1929, Georges Roy criou a Majestic, …

Fernando Alonso regressa à Fórmula 1 com a Renault

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar à Fórmula 1 depois de ter abandonado a modalidade em 2018. Assina agora um contrato de dois anos com mais um de opção. A escuderia Renault anunciou esta quarta-feira …

China reitera que não participará no diálogo EUA/Rússia para reduzir arsenal atómico

A China reiterou, esta quarta-feira, que não entrará nas negociações entre os Estados Unidos e a Rússia para um novo acordo que limite a quantidade de armas nucleares, e acusou Washington de “constituir uma ameaça”. Pequim …

Traumas na infância e um pai "sociopata". As revelações do livro da sobrinha de Trump

O livro de memórias de Mary Trump, sobrinha do Presidente norte-americano Donald Trump, já chegou às mãos de vários jornalistas nos Estados Unidos. A data de publicação está marcada para dia 14 de julho. No livro, …

Rússia detém antigo jornalista por acusações de traição

O ex-jornalista Ivan Safronov, assessor do diretor da agência espacial russa Roscosmos, foi detido esta terça-feira e acusado de traição. Esta terça-feira, as autoridades russas prenderam um antigo jornalista que trabalhava agora como assessor do chefe …