“O ser humano deixa para a última”: quase 9 mil pagam quotas no PSD, Montenegro (mais) favorito

1

Na última semana do prazo, quase 8.7 mil militantes pagaram as quotas em falta. Luís Montenegro reforça estatuto de favorito para o dia 28 de Maio.

No final de Abril mais de metade dos militantes do Partido Social Democrata (PSD) não podia votar nas próximas eleições directas porque não tinha em dia o pagamento de quotas. Nos últimos dias o cenário alterou-se um pouco.

O prazo para actualização terminava no dia 10 de Maio, a terça-feira passada, e só na última semana permitida houve 8.669 militantes a pagar as quotas, sublinha o jornal Observador.

Se, a um mês das eleições (marcadas para 28 de Maio), havia cerca de 35 mil militantes com quota válida, agora com as contas fechadas, o portal do PSD apresenta 44.617 militantes com as quotas actualizadas.

Ou seja, um pouco mais de metade dos militantes – são 85 mil no total – vai poder escolher entre Luís Montenegro e Jorge Moreira da Silva.

Paulo Cunha, apoiante de Montenegro, não ficou surpreendido com este aumento de quotas em dia, nos últimos dias.

“É normal que isso aconteça. Há um hábito enraizado no ser humano – e os portugueses não são excepção – de que o cumprimento das obrigações seja o mais próximo possível do limite do prazo. É perfeitamente compreensível que, quanto mais nos aproximarmos do fim do prazo, mais quotas se paguem. Quando é que se paga mais IMI? No início de Maio ou no final de Maio?”, analisou o líder da distrital de Braga do PSD, na rádio Observador.

Foi precisamente em Braga que mais militantes pagaram quotas, ao longo da última semana em que isso era permitido. Braga é o distrito onde Moreira da Silva nasceu mas também aqui Montenegro será favorito.

Braga ultrapassou a Área Metropolitana de Lisboa e é agora a segunda distrital com mais militantes com quota válida.

Porto é a líder e, só nesta distrital, Luís Montenegro conta vencer com maioria “esmagadora”, obtendo cerca de 80% da votação.

Montenegro, que já foi derrotado nas directas por Rui Rio, em 2019, é mais apoiado do que o seu concorrente nas estruturas do partido. E é o claro favorito para vencer estas eleições no PSD.

  Nuno Teixeira da Silva, ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.