Em Portugal, quase metade das IPSS dão prejuízo

José Coelho / Lusa

Mais de 40% das IPSS deram prejuízo em 2016. O Estado comparticipa menos de metade dos gastos das instituições de solidariedade e 22% das necessidades financeiras não têm cobertura.

Quase metade das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) deram prejuízo em 2016. Esta é a conclusão do estudo “Importância económica e social das IPSS em Portugal”, encomendado pela Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS) à Universidade Católica e consultado pelo Jornal de Notícias.

Segundo o estudo, 10% das 5647 instituições existentes deparam-se com problemas de asfixia financeira e 18,76% apresentam este resultado negativo antes de amortizações e impostos.

Ao JN, Américo Mendes, autor do estudo, revela que esta é “uma percentagem significativa de IPSS no vermelho“. “Ouvimos sempre dizer que há muitas dificuldades. Agora, temos um dado mais objetivo.”

O responsável pela análise acrescenta ainda que esta investigação “desmonta a ideia de que é o Estado que paga as instituições”, já que a comparticipação estatal não chega a metade (46,12%) – a Segurança Social assegura 38,76% dos gastos, mais 31,7% dos utentes.

Com todas as parcelas somadas, chega-se à conclusão de que 22% das necessidades financeiras das IPSS portuguesas não têm cobertura.

Também em declarações ao matutino, Lino Maria, presidente da CNIS, afirma que “o Estado não comparticipa como era necessário e expectável à luz do acordo de cooperação”.

Além disso, acrescenta ainda que os donativos da sociedade civil às instituições não chegam a 1% porque “está instalada a ideia na comunidade de que é o Estado que financia e suporta, o que tem levado a algum afastamento“.

O estudo sublinha ainda que o peso dos gastos com pessoal nos orçamentos das instituições representa 58,41% dos custos das IPSS – o Estado comparticipa por utente, ainda que no passado já tenha ajudado nas despesas com os trabalhadores.

“Ao não cumprir as suas obrigações, o Estado está a falhar e a pôr em perigo um estrato populacional muito significativo”, afirma Lino Maia, que lamenta o “desrespeito muito grande por parte de quem fiscaliza”.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O Estado está a falhar é certo mas também uma boa parte das IPSS não cobra NADA aos seus “clientes” é TUDO de BORLA, quer sejam necessitados quer não o sejam. Ora todas as partes deviam de comparticipar…

RESPONDER

Meninas paquistanesas unidas pelo crânio foram separadas com sucesso em Londres

Duas meninas paquistanesas, que nasceram unidas pela cabeça num caso raro de siamesas, foram separadas com sucesso num hospital de Londres e já tiveram alta. Nascidas em janeiro de 2017, na cidade de Charsadda, no centro …

Ex-jogadores do Atlético de Madrid suspeitos de fraude fiscal

Os ex-futebolistas do Atlético de Madrid Juanma López e Mariano Aguilar estão a ser investigados por suspeita de terem defraudado o fisco em mais de cinco milhões de euros, revelou a justiça espanhola. Juanma López, de …

Açores considerados "hope spot" para a conservação dos oceanos

O arquipélago dos Açores foi classificado como "hope spot" (local de esperança) de proteção dos oceanos pela Mission Blue Foundation Sylvia Earle Alliance, um reconhecimento que pretende fazer da conservação da região uma prioridade. O reconhecimento …

Aprovado projeto contra sacos e cuvetes de plástico para pão, fruta e legumes

A comissão parlamentar de Ambiente aprovou, esta terça-feira, um projeto de lei dos Verdes para proibir a distribuição de sacos de plástico ultraleves e cuvetes de plástico para pão, frutas e legumes no comércio. O projeto …

BE diz que investimento nos serviços públicos não compensou "deterioração"

"Nos últimos quatro anos houve mais investimento nos serviços públicos, mas não o suficiente para compensar a deterioração dos anos anteriores e para lançar novos projetos", disse Catarina Martins. A coordenadora do Bloco de Esquerda (BE) …

Israel. Ministro da Educação acredita na reorientação sexual e diz já a ter aplicado a um aluno

O ministro da Educação israelita e líder de um partido de extrema-direita, Rafi Peretz, afirmou na semana passada que a reorientação sexual é possível, acrescentando que "tem um conhecimento profundo sobre a área" e ele próprio …

Cinco meses após ser nomeado, médico português é afastado do cargo de conselheiro do Papa

Cinco meses depois de ser nomeado para a equipa de conselheiros do Papa Francisco na área da bioética e da dignidade humana, Rui Nunes, presidente da Associação Portuguesa de Bioética, foi afastado do cargo. Em comunicado …

El Chapo condenado a prisão perpétua

O narcotraficante mexicano Joaquín "El Chapo" Guzmán foi esta quarta-feira condenado a prisão perpétua nos Estados Unidos. A sentença foi lida num tribunal de Brooklyn, em Nova Iorque, na presença da mulher do agora condenado, …

Escritor líbano-francês Amin Maalouf vence Prémio Calouste Gulbenkian 2019

O jornalista e escritor líbano-francês Amin Maalouf é o vencedor do Prémio Calouste Gulbenkian 2019, no valor de 100 mil euros, anunciou a fundação, que vai também premiar a Associação de Apoio à Vitima, um …

Câmara de Viana do Castelo admite retirar à força últimos moradores do prédio Coutinho

O presidente da Câmara de Viana do Castelo, José Maria Costa, admitiu esta quarta-feira que os últimos nove moradores do prédio Coutinho poderão ser retirados “coercivamente”, considerando que são “ocupantes ilegais”. "Tomaremos todas as decisões que …