Quase 200 baleias morreram encalhadas na Nova Zelândia em menos de uma semana

Cinquenta e uma baleias-piloto morreram esta sexta-feira depois de encalharem numa ilha da Nova Zelândia, elevando para 196 o número de baleias que perderam a vida nas mesmas situações naquele país em menos de uma semana.

De acordo com o Departamento de Conservação neozelandês, 90 baleias-piloto encalharam na quinta-feira em Hanson Bay, nas remotas ilhas Chatham. Quando as equipas de salvamento chegaram ao local, 50 já tinham morrido e uma foi mais tarde abatida.

As ilhas Chatham ficam a cerca de 800 quilómetros a leste das principais ilhas da Nova Zelândia e abrigam cerca de 600 pessoas. No último fim de semana, 145 baleias-piloto morreram na ilha Stewart, a 30 quilómetros da costa sul da ilha Sul.

Quando os técnicos de conservação chegaram ao local, cerca de 75 das baleias já estavam mortas. As restantes foram abatidas, devido à sua condição frágil.

Também no fim de semana, no domingo, dez orcas-pigmeias foram encontradas mortas em Ninety Mile Beach, na ilha Norte.

Apesar dos melhores esforços de 200 funcionários e voluntários, que conseguiram resgatar oito das baleias depois de as transportarem para uma praia com melhores condições, todas as baleias acabaram por encalhar novamente na quarta-feira, dia em que tiveram de ser abatidas.

Num vídeo divulgado pelo Departamento de Conservação, Dave Lundquist, o consultor técnico sobre espécies marinhas reitera não haver evidências de que estes episódios estão de alguma forma ligados. “Falamos de encalhes em toda a costa da Nova Zelândia num curto período de tempo, o que naturalmente faz com que todos pensem que podem ter algo a ver uns com os outros”, disse.

O especialista lembrou que os encalhes podem ser causados pela tentativa das baleias em escaparem de predadores, devido a ferimentos ou doenças. Não obstante, admitiu a possibilidade de haver fatores provocados pelo homem, como o ruído subaquático.

“Em muitos destes casos, é provavelmente uma combinação desses fatores”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

A Rússia criou a arma mais mortífera da história. Foi há 72 anos

Comummente conhecida por AK-47, a espingarda Kalashnikov foi responsável por milhões de mortes durante a nossa História, sendo uma das armas mais populares do mundo e a mais fabricada pela indústria de armamento. Segundo o The Conversation, …

Luxemburgo 0-2 Portugal | Campeão marca presença no Euro

Portugal venceu o Luxemburgo por 2-0 e apurou-se para a fase final do Euro2020 – a 11ª presença consecutiva da turma das “quinas” em fases finais de grandes competições. Num encontro mal jogado, em parte pelas …

Hologramas e outras tecnologias podem ajudar a combater incêndios florestais

Portugal continua a ser assombrado pela destruição sem precedentes dos incêndios florestais. Agora é a hora de aproveitar as nossas ferramentas tecnológicas e encontrar maneiras inovadoras de ajudar a aliviar o problema e também evitar …

Pombos estão a perder dedos ou patas por causa da poluição

Basta passar algum tempo na praça de uma cidade para ver que alguns pombos têm patas feridas ou dedos em falta. Embora possamos pensar que isto é causado por algum vírus ou pelos eventuais desentendimentos …

Descoberto no Japão fóssil de pássaro com 120 milhões de anos

O fóssil de um pássaro do Cretáceo recentemente descoberto no Japão pode levar os cientistas a repensarem alguns detalhes sobre a evolução do voo. Há cerca de 120 milhões de anos, um pássaro com o tamanho …

Irão corta acesso à Internet após protestos contra a subida do preço da gasolina

O Irão cortou o acesso à internet no sábado, após os protestos contra o aumento do preço da gasolina, que provocaram fortes confrontos entre manifestantes e forças de segurança. O Irão cortou o acesso à internet …

A maior parte das Testemunhas de Jeová não apresenta queixa em caso de abuso sexual. Mas uma nova lei pode alterar essa realidade

Em casos de abuso sexual dentro organização religiosa Testemunhas de Jeová, a maior parte das vítimas não acusa os agressores por receio de serem excluídas, revelou um artigo da Vice. Agora, uma nova lei norte-americana, …

Hong Kong. Agente atingido por flecha e operação policial reforçada com canhão de água

Um polícia foi atingido numa perna por uma flecha lançada por manifestantes antigovernamentais e pró-democracia, informaram as forças de segurança, que reforçaram a operação no local com um canhão de água. Um polícia foi atingido …

Príncipe André nega ter abusado sexualmente de jovem de 17 anos

O príncipe André, filho de Isabel I, é acusado de ter abusado sexualmente de Virginia Giuffre, uma jovem que na altura tinha 17 anos. O caso remonta ao dia 10 de março de 2001 e, este …

FC Porto tira pão da boca ao Sporting ao desviar central brasileiro

Os 'dragões' podem estar perto de chegar a acordo para a transferência de Gustavo Henrique. O central do Santos estava em negociações com o Sporting, mas uma forte investida do FC Porto, pode ter mudado …