Quase 200 baleias morreram encalhadas na Nova Zelândia em menos de uma semana

Cinquenta e uma baleias-piloto morreram esta sexta-feira depois de encalharem numa ilha da Nova Zelândia, elevando para 196 o número de baleias que perderam a vida nas mesmas situações naquele país em menos de uma semana.

De acordo com o Departamento de Conservação neozelandês, 90 baleias-piloto encalharam na quinta-feira em Hanson Bay, nas remotas ilhas Chatham. Quando as equipas de salvamento chegaram ao local, 50 já tinham morrido e uma foi mais tarde abatida.

As ilhas Chatham ficam a cerca de 800 quilómetros a leste das principais ilhas da Nova Zelândia e abrigam cerca de 600 pessoas. No último fim de semana, 145 baleias-piloto morreram na ilha Stewart, a 30 quilómetros da costa sul da ilha Sul.

Quando os técnicos de conservação chegaram ao local, cerca de 75 das baleias já estavam mortas. As restantes foram abatidas, devido à sua condição frágil.

Também no fim de semana, no domingo, dez orcas-pigmeias foram encontradas mortas em Ninety Mile Beach, na ilha Norte.

Apesar dos melhores esforços de 200 funcionários e voluntários, que conseguiram resgatar oito das baleias depois de as transportarem para uma praia com melhores condições, todas as baleias acabaram por encalhar novamente na quarta-feira, dia em que tiveram de ser abatidas.

Num vídeo divulgado pelo Departamento de Conservação, Dave Lundquist, o consultor técnico sobre espécies marinhas reitera não haver evidências de que estes episódios estão de alguma forma ligados. “Falamos de encalhes em toda a costa da Nova Zelândia num curto período de tempo, o que naturalmente faz com que todos pensem que podem ter algo a ver uns com os outros”, disse.

O especialista lembrou que os encalhes podem ser causados pela tentativa das baleias em escaparem de predadores, devido a ferimentos ou doenças. Não obstante, admitiu a possibilidade de haver fatores provocados pelo homem, como o ruído subaquático.

“Em muitos destes casos, é provavelmente uma combinação desses fatores”, concluiu.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Estudo europeu releva que carros híbridos são “desastre ambiental”

Um estudo europeu chamou aos carros híbridos plug-in um "desastre ambiental" - as emissões de dióxido de carbono destes carros encontrar-se-ão acima do legalmente declarado e a associação ambientalista Zero pede o fim dos benefícios …

Fisco alerta para mensagens falsas enviadas a contribuintes

A Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) alertou os contribuintes, numa mensagem no portal das Finanças, para o envio de mensagens falsas para o telemóvel nas quais é pedido que se carregue em 'links' que são …

"Pandemia do medo". Crianças brincam cada vez menos e isso pode aumentar a ansiedade

A pandemia assim o obriga. Mais tempo fechadas em salas de aula e sem oportunidades para brincarem com os amigos, as crianças estão cada vez mais sedentárias e isso não é positivo para o seu …

Convívio deve ser limitado às pessoas com quem se vive, apela DGS

A diretora-geral da Saúde apelou aos portugueses, esta segunda-feira, na conferência de imprensa sobre a evolução da pandemia em Portugal, para limitarem os contactos físicos às pessoas com quem vivem. "Ao conviver em presença com familiares …

"Lembranças da Lua." China prepara missão para recolher amostras do solo lunar

A China vai fazer a primeira tentativa desde os anos 70 de ir à Lua recolher rochas. A missão ficará a cargo da Chang'e 5, que será lançada esta terça-feira. A Chang'e 5 vai realizar a …

Hotéis já podem ser usados como escritórios e centros de dia

Os estabelecimentos hoteleiros, de turismo de habitação e resorts já estão autorizados a serem temporariamente usados como escritórios, showrooms e centros de dia, segundo o decreto-lei publicado em Diário da República. O diploma publicado no domingo, …

Bolsonaro critica "ataques injustificados" sobre a desflorestação da Amazónia

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, considerou durante a cimeira virtual do G20, que as críticas sobre o aumento da desflorestação são "ataques injustificados" e "demagógicos" que surgem de países "menos competitivos". “Eu apresento factos, dados …

Dois novos casos de legionella diagnosticados no Grande Porto

Mais duas pessoas foram diagnosticadas com legionella, esta segunda-feira, na região do Grande Porto, elevando para 87 o número de casos identificados desde o início do surto. Fonte da Administração Regional de Saúde do Norte (ARS-Norte) …

Reformaram-se 1.649 professores este ano. É o valor mais alto desde 2013

Este ano, reformaram-se mais 1.649 professores em Portugal continental. É o valor mais alto dos últimos sete anos. De acordo com o Correio da Manhã, entre janeiro e dezembro deste ano, aposentaram-se 1.649 professores em Portugal …

Já foram assassinadas 30 mulheres este ano, metade por violência doméstica

O Observatório das Mulheres Assassinadas (OMA) contabilizou 30 mulheres assassinadas entre 1 de janeiro e o dia 15 de novembro, 16 das quais em contexto de relações de intimidade, um valor abaixo das 21 registadas …