Putin mandou abater avião de passageiros em 2014

premier.gov.ru

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

Vladimir Putin determinou que um avião de passageiros fosse abatido em pleno voo, em 2014. A ordem foi dada porque havia a suspeita de que a aeronave carregava uma bomba com destino à cerimónia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi.

A revelação foi feita pelo próprio presidente russo num documentário de duas horas para o qual foi entrevistado, revela a BBC. No documentário, Putin diz ter sido informado de que um avião tinha sido sequestrado quando a Olimpíada de Inverno estava prestes a começar.

A aeronave ia da Ucrânia à Turquia, mas a rota teria sido desviada para atingir a cidade russa de Sochi. O presidente russo conta, porém, que se tratava de um falso alarme – e o avião nunca chegou a ser abatido.

O filme foi divulgado dias antes das eleições presidenciais marcadas para 18 de março, que devem consolidar a sua reeleição. O presidente russo disputa o lugar com outros sete candidatos, mas nenhum parece ameaçá-lo. O principal líder da oposição, Alexei Navalny, foi impedido de concorrer.

“Disseram-me que um avião na rota da Ucrânia para Istambul tinha sido capturado e que os sequestradores exigiam aterrar em Sochi”, recorda Putin no filme, segundo a Reuters.

O Boeing 737-800 da companhia aérea turca Pegasus Airlines voava de Kharkiv para Istambul com 110 passageiros a bordo. No estádio onde se iria celebrar a cerimónia de abertura dos Jogos – e que seria alegadamente o destino do avião – estavam mais de 40,000 pessoas.

Segundo o jornalista Andrey Konrashov, os pilotos afirmaram que um passageiro disse ter consigo uma bomba e ordenou que mudassem a rota para aterrar em Sochi.

No filme, Putin relata que os seus auxiliares da área de segurança lhe disseram que o procedimento de emergência para uma situação como essa era abater a aeronave. “Disse-lhes: façam o que tem de ser feito”.

O presidente conta ter recebido, minutos depois, uma chamada a informá-lo de que se tratava de um falso alarme. Logo depois, Vladimir Putin seguiu para Sochi para a abertura dos Jogos de Inverno. Na origem do incidente terá estado um passageiro embriagado e o avião acabou por se dirigir, como previsto, para a Turquia.

Dmitry Peskov, o porta-voz do Kremlin, confirmou as revelações de Putin.

Konrashov, que conduz o documentário, é um famoso apresentador da TV estatal russa que hoje exerce como secretário de imprensa da campanha à reeleição. O presidente é questionado sobre haver alguma possibilidade de devolver a península da Crimeia à Ucrânia.

“O quê? Essa possibilidade não existe nem nunca existirá“, diz Putin. A Crimeia foi anexada ao território russo em 2014, depois de um controverso referendo não reconhecido pela comunidade internacional.

Em setembro do ano passado, a Organização das Nações Unidas acusou a Rússia de “cometer graves violações de direitos humanos na Crimeia”.

Imperdoável: traição

No documentário, Putin diz que é capaz de perdoar algumas coisas, “mas não tudo”. Quando Konrashov perguntou ao líder russo o que não seria capaz de perdoar, ele respondeu: “Traição”.

Mas Putin diz ainda não ter tido de lidar com “eventos sérios que possam ser chamados de traição”. “Talvez eu tenha escolhido pessoas que não são capazes disso“, disse.

Putin contou ainda que so eu avô paterno trabalhou como cozinheiro dos líderes russos Vladimir Lenine e Joseph Estaline. Spiridon Putin desfrutava de alta consideração dentro da equipa de Estaline, segundo o presidente russo.

“Foi cozinheiro do Lenine e, depois, de Estaline numa das casas na área de Moscovo”, disse, de acordo com a agência Reuters. O avô do presidente cozinhou para o alto escalão do governo soviético praticamente até morrer em 1965, aos 86 anos, afirma o documentário.

ZAP //

PARTILHAR

11 COMENTÁRIOS

  1. Realmente, que título tão alarmista, até parece mal. Tenho que concordar com o que já foi comentado anteriormente, trata-se claramente de um “Click Bait”. Vejam lá se têm calma com esses títulos que até acabam por cheirar um “pouquinho” a xenofobia. Fica-vos muito mal.

  2. De um modo geral os jornalistas em Portugal têm uma formatação, que já vem da sua própria escola, anti-russa e pró-americana. Vejam como sempre noticiam tudo o que é da Rússia , sobre a Rússia ou com a Rússia de demoníaco, de transcendental, de indecente. Os americanos durante os últimos vinte anos continuaram a desenvolver tecnologias de vigilância, sobrevoando o espaço universal, incluindo a Russia , acima da atmosfera, a vigiar, a fotografar, a filmar, a espiar. Os russos decidiram recentemente voltar a desenvolver as mesmas tecnologias de vigilância e fazer o mesmo com os americanos… São acisados de perturbação da paz mundial, de ameaçadores, etc. Os americanos não descansaram enquanto nao albergaram na Nato quase todos os países que eram do Pacto de Varsóvia, forneceram-lhes armas, tecnologias e estabeleceram bases nesses países. Quando os Russos acordam para essa estratégia de armamento junto às suas fronteiras e reagem, logo são os diabólicos. Os americanos passeam navios e armamento pelos portos do planeta, incluindo por Lisboa. Quando os Russos deslocam um porta aviões que seja, são escoltados e não são bem vindos nunca. Façam jornalismo a sério, independente e neutros pá!

    • Bem… tu estás mesmo todo “desformatado”!….
      Os EUA não são para aqui chamados mas, vai à Rússia perguntar aos jornalistas russos o que lhes acontece se ousarem sair da “formatação” vigente na “monarquia” russa e depois pode ser que acabes com esses disparates!!..
      Jornalistas e não só; o ex-espião russo (e a filha) que há dias receberam (no Reino Unido) uma “prenda” do Putin, que o digam…

      • Isso é tudo mentira. Vivi por motivos profissionais na Rússia durante 7 anos até outubro do ano passado. Conheço pessoalmente através da minha mulher (Russa e jornalista) grande parte dos meios de comunicação nacionais. O que o senhor refere é uma profunda mentira.

        • Ah?!
          É tudo mentira o quê?!
          Que a ditadura russa não admite dissidentes nem jornalistas que façam perguntas incomodas?
          Isso é mentira?!
          Se acha que sim, então é o senhor que não conhece NADA sobre Rússia!!
          Ter vivido lá ou ser casado com uma “jornalista” russa vale ZERO, pois a sua opinião é tudo menos isenta!
          Eu também trabalho com muitos russos (ex-militares, médicos, professores, engenheiros, etc) e eles dizem exactamente o contrário de si!
          Se nos países ocidentais (onde os media são “independentes”) é o que se vê, o que fará na Rússia onde está quase tudo na mão do governo/Putin!!
          Eu até gosto de ver regularmente a RT (para ter outra visão sobre determinados assuntos), mas nota-se logo que nunca há noticias a criticar a Rússia/Putin – e nos canais nacionais russos, nem se fala!!
          Mas, mostre lá uma notícia/artigo nos media russos a criticar o governo/Putin!
          Quero ver isso!!

          • Ui ui. Que o senhor não anda bem. Vá para o frio alguns anos e depois diga-me se mantém a mesma opinião. Sabe, aqui no Ocidente também se distorce muito a realidade russa.
            Veja o que acontece por exemplo na Síria.

            • Bem… eu não ando bem, mas o sr continua a escrever disparates e sem responder onde está a “mentira”!!
              Veja lá se não apanhou frio demais e ficou assim!…
              Mas, ficamos à espera de noticias dos media russos a criticar o governo/Putin – quando encontrar, avise!!
              O que tem Síria?!
              Está a falar do país onde ainda agora a Rússia se “esqueceu” de cumpriu o cessar fogo que tinha acabado de assinar?!
              Na Síria há uma “competição” para ver quem faz pior; por um lado os EUA (com apoio da França e R. Unido, etc) e do outro a Rússia – no meio está Turquia, que tanto jogo num lado como noutro!
              Portanto tudo, mal!!
              Sim, é verdade que no ocidente também se distorce a realidade russa, mas na Rússia distorce-se completamente toda realidade seja do exterior, seja da própria Rússia!
              E, sendo a Rússia uma ditadura a “imitar uma democracia”, os seus media não se podem comparar com os dos países democráticos!!

  3. Caro senhor ou senhora “Eu!”. Não tenha tanta certeza que o ex espião russo foi assassinado por alguém a mando de Putin ou de alguma instituição russa. Onde foi buscar essa convicção? Ah, já sei, foi às notícias, as da comunicação social formatada para dar notícias aos formatados. Na Russia confirmaram? Não, pelo contrário. A opinião deles ou defesa vale alguma coisa? Não porque o senhor ou senhora diz que não. Nem todos os regimes políticos são como o senhor ou senhora julga serem os ideais. Estou actualmente com dúvidas se o que tenho em Portugal é o ideal. Na China têm um que é o deles, em Angola têm um que é o deles, no Brasil têm outro diferente, em Marrocos têm um que é muito especial e logo ao lado na Argelia um outro completamente diferente, na Russia ainda outro diferente. O facto de o senhor ou senhora achar que o sistema a que chamou democrático é a solução ideal para formatar o planeta é uma ideia somente sua. O istema americano é completamente aberrante e tem a capacidade de criar ditadores fanáticos mais perigosos do que em sistemas totalitários. Na Rússia existem eleições, são à maneira deles e nem sempre entendemos como tudo funciona. Num pais daquele tamanho o sistema político tem que ser muito especial. Como o seu ódio intrínseco ao sistema político da Russia que de facto é uma herança, admito do que foi a Urss, o que é natural, todos os seus comentários vão dar ao mesmo. Sei que para si, já entendi, as opiniões dos outros, a mais valia de serem casados, terem lá vivido, conhecerem pessoalmente as coisas, vale zero, o meu comentário naturalmente também vale zero. É a diversidadade! (Cv: vivi em pais africano de língua oficial portuguesa e religião católica predominante, vivi em país arabe de religião muçulmana, vivi em país europeu de religião predominantemente cristã ortodoxa, vivi em pais europeu de religiao predominantemente católica, ambos pertencentes ao pacto de Varsóvia, sou casado com uma pessoa que nasceu num país de ditadura de partido unico socialista)

    • Não sei onde foi buscar todas essas considerações – eu não disse nada disso!!
      Eu nunca falei em certezas, mas uma coisa é certa: quem tinha interesse em eliminar um ex-espião russo além do Putin/Rússia?
      A defesa deles vale tanto como a do psicopata Pedro Dias que se lembrou de dizer em tribunal que foi o GNR (a quem ele mais tarde deu um tiro na cabeça!) que matou o casal só porque sim!…
      Na Rússia existem eleições?!
      Sim e isso que dizer o quê?
      Que eles tem vergonha de ser uma ditadura disfarçada de democracia e por isso tem que fazer de conta?!
      No tempo do Salazar (e de outros ditadores) também havia “eleições”…
      Se algum “sistema politico” é tão complexo para eu não conseguir entender então isso é mais uma razão para eu desconfiar dele!..
      Tem duvidas se a democracia é o sistema ideal?
      Pois, eu também… se eu for o ditador (ou familiar/amigo), posso ser a favor da ditadura; senão, acho que eu e todos os outros preferimos a democracia!…
      Experiências/vivências pessoais, neste caso, são como na ciência – valem ZERO!
      Isso de se viver, casar, etc, etc, depende é sempre relativo – sei lá se é casado com a filha do Putin, etc, etc!!..
      A Isabelinha (rainha de Angola) também vive em Angola e diz que aquilo lá é o paraíso na terra; pena é que para 99,99% da população angolana não seja bem assim…
      .
      Mas, continuo à espera de noticias/artigos dos media russos a criticar o Putin/governo russo!…

RESPONDER

Talvez os neandertais não fossem tão brutos como se pensava

Apesar de vários esqueletos de neandertais terem sido encontrados com ferimentos graves na cabeça e no pescoço, um novo estudo sugerem que não fossem tão violentos como se pensava. Na verdade, os níveis de lesões cranianas …

A galáxia mais brilhante do Universo é "canibal"

A galáxia mais brilhante já descoberta no Sistema Solar, a W2246-0526, localizada na constelação Aquarius, devorou não duas mas três das suas galáxias-satélites, o que pode explicar a sua forte luminosidade. De acordo com um novo …

Picasso roubado há 6 anos na Holanda terá sido encontrado sob uma árvore na Roménia

Procuradores romenos estão a investigar se um quadro que apareceu este sábado na Roménia é o mesmo que há seis anos foi roubado de um museu da Holanda, noticiou a agência de notícias Associated Press. A …

O colossal drone solar da Boeing vai voar em 2019

A Aurora Flight Sciences, subsidiária da Boeing, vai lançar em 2019 o seu drone solar Odysseus, que terá a capacidade voar durante meses de forma autónoma e o objectivo de dar acesso Internet a todo …

Justiça brasileira proíbe TV de divulgar inquérito sobre morte de Marielle Franco

A decisão judicial de proibir a emissão de reportagens sobre a investigação do assassinato da vereadora carioca responde a um pedido da polícia do Rio de Janeiro e do Ministério Público. A emissora afirma que …

Relatório revela 71 locais com elevado risco de inundações em Portugal

Portugal tem 71 zonas com elevado risco de inundação, de acordo com um relatório da Agência Portuguesa do Ambiente (APA) que analisou fenómenos extremos ocorridos, fazendo previsões para o futuro. O relatório "Avaliação Preliminar do Risco …

Cinco pessoas mortas por intoxicação de CO em Vila Real

Cinco pessoas da mesma família morreram este domingo, devido a uma intoxicação, no concelho de Sabrosa, distrito de Vila Real, adiantou à agência Lusa fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Vila Real. A …

O discurso de ódio já está em Portugal

O diretor da Amnistia Internacional Portugal, Pedro Neto, alertou, em entrevista à agência Lusa, para a presença do discurso de ódio em Portugal, apontando o combate à discriminação como o maior desafio atual dos direitos …

Menino francês suicida-se após castigo por usar telemóvel na escola

Um menino de 11 anos suicidou-se na cidade de Beausoleil, perto do Mónaco, no sul da França, depois de ter recebido um castigo no colégio por ter usado o telemóvel na sala de aula. A criança, …

X-59: A nova aeronave supersónica experimental da NASA entrou em produção

A Lockheed Martin iniciou a produção do avião supersónico experimental X-59, um contrato, encomendado pela NASA, no valor estimado de cerca de 230 milhões de euros. O X-59 surgiu como a solução da empresa norte-americana para …