Farmacêutica Purdue aceita declarar-se culpada em processo sobre analgésico opiáceo

A farmacêutica Purdue concordou em declarar-se culpada pela promoção agressiva do analgésico opiáceo OxyContin. O acordo foi anunciado pelo ministério da Justiça norte-americano e está avaliado em cerca de 8,3 mil milhões de dólares.

A farmacêutica Purdue concordou, esta quarta-feira, declarar-se culpada pela promoção agressiva do analgésico opiáceo OxyContin e a combater o flagelo das overdoses alimentadas por este tipo de medicamentos, num acordo com o ministério da Justiça dos Estados Unidos.

O acordo foi anunciado pelo ministério da Justiça norte-americano e está avaliado em cerca de 8,3 mil milhões de dólares (cerca de sete mil milhões de euros).

A Purdue Pharma, propriedade da controversa família Sackler, vai declarar-se culpada de três acusações – que envolvem fraude e violação das leis de suborno – por ter enganado, em particular, a agência reguladora norte-americana FDA entre 2007 e 2017. Isto depois do laboratório já ter sido sancionado em 2007 com uma multa de 635 milhões de dólares (537 milhões de euros).

O laboratório farmacêutico terá de pagar diretamente ao Estado federal cerca de 225 milhões de dólares (190,6 milhões de euros) em multas criminais, mais 2,8 mil milhões de dólares (1,7 mil milhões de euros) para encerrar a parte civil do processo.

A totalidade dos 8,3 mil milhões de dólares de multas, indemnizações e reembolsos anunciados não devem ser pagos, uma vez que a Purdue – que entrou com pedido de recuperação judicial no ano passado – tem já muitas outras dívidas a honrar.

A empresa, com sede em Connecticut, também terá de se dissolver e, em seguida criar uma nova entidade dedicada ao “bem público” – empresa de benefício público -, administrada por um fundo. Além da venda do OxyContin para fins “legítimos”, terá também de fornecer, gratuitamente ou ao preço de custo, medicamentos anti-overdose e o tratametno para a dependência de opiáceos.

Os lucros da nova entidade deverão também contribuir para o pagamento dos programas desenvolvidos pelas comunidades locais – Estados, municípios, reservas indígenas – para combater os danos causados pela crise dos opiáceos.

Mais de 450 mil americanos morreram de overdoses relacionadas com opiáceos desde 1999, de acordo com os centros de prevenção de doenças. “Purdue lamenta profundamente e assume a sua responsabilidade pelos seus erros de conduta”, afirmou o presidente, Steve Miller, em comunicado.

A “Purdue está muito diferente hoje (…), mudámos substancialmente a nossa direção, nossas operações, nossa governança e o nosso modo de viligência”, assegurou o responsável, que assumiu a liderança do laboratório em meados de 2018.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Rio Ave 0 - 2 Sporting | Leão invicto com uma garra no “caneco”

O Sporting registou o 31º jogo consecutivo sem perder na Liga NOS. Na visita ao Rio Ave, os “leões” venceram o Rio Ave por 2-0 e estão muito perto de conquistar o ceptro de campeões …

Taylor's lança vinho do Porto produzido na vindima de 1896 (e custa uma pequena fortuna)

A Taylor's vai lançar um "raro" vinho do Porto produzido na vindima de 1896, na Região Demarcada do Douro, e que tem uma edição limitada de 1.700 decantadores de cristal, embalados numa luxuosa caixa de …

"Este calendário pode ser muito mais perigoso do que finalizar o campeonato"

Dois treinadores de equipas femininas de andebol analisaram a sucessão de jornadas duplas em fins-de-semana consecutivos. Diogo Guerra avisa: "Este calendário é uma irresponsabilidade enorme. Só espero que ninguém se aleije". A primeira divisão nacional feminina …

Mulher dá à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as ecografias

Uma mulher de 25 anos deu à luz nove bebés, mais dois do que mostraram as várias ecografias realizadas ao longo da gravidez. O caso aconteceu no Mali. Este está a ser considerado um recorde mundial …

Andrea Bocelli dá dois concertos em Coimbra em 25 e 26 de junho

O tenor italiano Andrea Bocelli vai atuar no Estádio Cidade de Coimbra em 25 e 26 de junho, em dois concertos que contam com a participação da fadista Mariza. "Em cumprimento das normas de segurança e …

Califórnia vai ter o maior sistema de armazenamento de energia não hidrelétrica do mundo

A empresa canadiana Hydrostor, que fornece soluções de armazenamento de energia de longa duração, revelou esta semana que irá desenvolver 1.000 MW de CAES na Califórnia, de acordo com um comunicado. O CAES é um tipo …

Seis anos e mil milhões de links depois, cientistas concluem que a Internet está a crescer (e a encolher)

Uma equipa de investigadores analisou mil milhões de links ao longo de seis anos e concluiu que a Internet está tanto a crescer como a encolher. O mundo online está em constante expansão — sempre agregando …

Há estranhas rádios-fantasma na Rússia (e exploradores entraram numa delas)

Aos 14 anos, um jovem comprou um rádio de ondas curtas e estava a testá-lo quando encontrou a transmissão errada - uma rádio fantasma. Imagine que é um entusiasta da rádio, sozinho à noite, a trabalhar …

Dinheiro e refeições grátis. A Sérvia vai recompensar os cidadãos que forem vacinados

O Presidente da Sérvia, Aleksandar Vucic, anunciou esta quarta-feira que serão pagos 25 euros aos cidadãos já vacinados contra a covid-19 e aos que se vão vacinar até final de maio, uma iniciativa original no …

Ivã, o (não tão) Terrível. Aliado de Putin reescreve história para reabilitar reputação do primeiro czar da Rússia

Segundo um alto funcionário russo, Ivã, o Terrível, não era terrível e a sua reputação de tirano cruel é o resultado de uma campanha de difamação realizada pelo Ocidente no século XVI. Nikolai Patrushev, o poderoso …