Puolanka é a cidade “mais pessimista” da Finlândia (e tira proveito disso)

haaveilla / Flickr

Puolanka, na Finlândia

Puolanka, uma pequena cidade finlandesa, está repleta de grandes placas amarelas que o avisam: “Está a chegar a Puolanka. Ainda tem tempo de voltar para trás”.

A cidade finlandesa de Puolanka transformou o pessimismo numa imagem de marca. Além das placas amarelas e dos vídeos que contam com centenas de milhares de visualizações, Puolanka tem um festival dedicado ao pessimismo e até uma loja online.

Harri Peltola, presidente da câmara, revela que quando conta a outros finlandeses que é de Puolanka, todos mencionam o pessimismo. A identidade sombria inerente a esta pequena cidade rural surgiu aquando das intensas mudanças demográficas que se verificaram na cidade e da cobertura negativa na imprensa nacional.

A taxa de natalidade da Finlândia está a cair e a sua população está a envelhecer. O relatório mais recente da Statistics Finland prevê que a população começará a diminuir em 2031, aumentando a preocupação com o sistema de bem-estar social e de saúde.

Os mais atingidos são municípios como Puolanka. A cidade tem cerca de 2.600 habitantes, mais de 37% com mais de 64 anos. Ouvido pela BBC, Timo Aro, especialista em demografia, refere que a mudança na população está a criar vencedores e perdedores – e Puolanka é um dos perdedores.

No início dos anos 2000, a cidade era muitas vezes citada na imprensa nacional como o pior exemplo no que diz respeito à demografia, e foi esta alavanca que impulsionou o movimento pessimista em torno desta localidade.

Jaakko Paavola é dono de uma livraria em Puolanka e lançou a “noite do pessimismo”, uma iniciativa que tinha como objetivo complementar a lista monótona dos eventos de verão da cidade. Segundo o responsável, em vez de uma taxa de inscrição, os participantes pagavam uma taxa de saída.

“As pessoas vieram não apenas para ver o programa, mas para se verem. No verdadeiro espírito de pessimismo, eles diziam ao vizinho: Vejo que ainda está vivo.”

O que começou por ser uma ideia de amigos transformou-se rapidamente num grupo de pessimistas que passaram a organizar vários eventos locais, e até apresentações por todo o país.

Depois de uma década de atividade, o grupo extinguiu-se em 2016, devido a um acentuado declínio de associados. Mas pouco tempo depois, Tommi Rajala foi contratado pelo município pata desenvolver serviços municipais online e desenvolver e manter viva a marca do pessimismo inerente à cidade.

“Normalmente, a publicidade tem tudo a ver com fazer as coisas parecerem melhores do que são. A melhor coisa sobre o pessimismo é que não preciso de mentir“, conta. Rajala deixou o seu emprego na câmara, mas ainda lidera a associação pessimista, uma organização sem fins lucrativos, administrada maioritariamente por voluntários.

A verdade é que a comunicação social ampliou a marca; a loja online recebe um fluxo constante de pedidos de camisolas com slogans como “velho rabugento” e “bruxa difícil” e o concerto do verão passado atraiu plateias de todo o país. O pessimismo é uma marca que resulta em Puolanka.

Ainda assim, Rajala não tem medo de afirmar que os dias da pequena cidade estão contados. “Enquanto morador de Puolanka, se sonhar constantemente que a cidade vai melhorar e que o número de habitantes irá aumentar, estarei a lutar contra moinhos de vento”, diz, afirmando que este tipo de devaneios levam à frustração.

Por outro lado, “se aceitar os factos tal como eles são e usar a realidade para os seus fins, viver nesta cidade torna-se inteiramente possível”, afirma à BBC, num tom perigosamente otimista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …

Astrónomo do Instituto SETI garante que vamos encontrar extraterrestres até 2036

Seth Shostak, astrónomo e astrofísico do Instituto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) está convencido de que os humanos vão encontrar uma civilização extraterrestre inteligente até 2036. “O SETI duplica a velocidade aproximadamente a cada dois anos …

Mais leve e elegante. Assim é a nova e-bike que vai chegar às ruas da Europa

A startup Urban Cycles Oy, com sede em Helsínquia, demarcou uma espécie de lacuna no mercado europeu de bicicletas elétricas e por isso quis preenchê-la. O objetivo era produzir uma bicicleta elegante e mais leve. Um …

Incêndio reduz a maior ilha de areia do mundo a metade. É Património da Humanidade

Quase metade de Fraser, a maior ilha de areia do mundo, que se situa no nordeste da Austrália e foi classificada como Património da Humanidade pela UNESCO, foi destruída por um incêndio florestal. O incêndio queimou …

"Toca de bruxaria" permaneceu até agora numa casa do século XVI. Encontrados crânios de cavalo e veneno

Uma casa cheia de objetos ocultos foi recentemente alvo de grande interesse. O espaço estava localizado dentro de numa casa do século XVI no País de Gales, e encontrava-se repleto de objetos ocultos, incluindo crânios …

Em 1843, o primeiro cartão de Natal foi considerado "escandaloso" (agora vai ser leiloado pela Christie)

Um exemplar do primeiro cartão de Natal impresso comercialmente, em 1843, que retratava uma cena da era vitoriana que escandalizou a população, vai ser posto à venda esta sexta-feira e é considerado um item raríssimo. Este …

Marcelo quer alívio de restrições no Natal sem pôr em xeque janeiro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira esperar que a "possível exceção" no Natal ao quadro de restrições para conter a covid-19 "seja bem entendida e bem vivida" e não provoque …

Bill Gates diz que o mundo estará de volta à normalidade já na primavera de 2021

Bill Gates, que desde 2015 tinha vindo a lançar alguns alertas sobre uma possível pandemia, deixou agora uma mensagem de esperança ao dizer que acredita que os EUA irão voltar ao normal na primavera de …

Mais um passo na hegemonia. China constrói aldeia nos Himalaias, em zona também disputada pela Índia e pelo Butão

Novas imagens de satélite mostram que a China construiu uma aldeia nos Himalaias, ao longo de uma fronteira que também é disputada pela Índia e pelo Butão, e que foi palco de um impasse agressivo …

João Félix eleito jogador do mês da liga espanhola. Ronaldo vence prémio em Itália

O português João Félix, do Atlético de Madrid, foi eleito o melhor jogador da Liga espanhola de futebol do mês de novembro. O luso revelou-se uma peça fundamental durante todo o mês e ajudou a equipa …