Pumpkin Island já custou 78 dólares. Agora pode comprá-la por 17 milhões

Se ainda não decidiu onde passar férias fica aqui uma dica: uma ilha privada na costa da Austrália está à venda por 17 milhões de dólares (cerca de 14,5 milhões de euros). A Pumpkin Island já foi adquirida através de um jogo de poker, mas logo de seguida foi vendida por apenas 78 dólares (cerca de 66 euros).

A fantástica ilha australiana situa-se na costa de Queensland, e ocupa perto de 6 hectares. Segundo conta Maggie Hiufu Wong, da CNN Travel, a ilha chega agora ao mercado pela exorbitante quantia de 17 milhões de dólares.

A luxuosa ilha é conhecida pela sua vertente sustentável. Possui um resort que funciona com fontes renováveis ​​de energia, utilizando sistemas de energia eólica e solar, e também um sistema que pode converter a água da chuva em água potável.

Para além disso ainda há mais razões para comprar a ilha: dois bungalows que se posicionam de frente para o mar, um heliporto, um barco com capacidade de acolher 36 passageiros, um bar de ostras, salão de jogos, biblioteca, entre outros extras que chamam a atenção de qualquer turista.

A Pumpkin Island fica a apenas trinta minutos de barco do estado de Queensland, e atualmente é propriedade de Wayne e Laureth Rumble. O casal passou o período de quarentena na ilha quando a pandemia começou a eclodir na Austrália.

Este foi o local perfeito para a família se isolar da realidade do mundo em plena pandemia de coronavírus. “É isolado, privado e ainda temos total liberdade. Os nossos filhos estavam a brincar no parque, na praia e a vida aqui parecia muito normal até que víamos as notícias. Foi o lugar ideal para passar a pandemia”, referiu o casal à CNN Travel.

Em 2003, a família Rumble ainda conseguiu um bom negócio ao comprar a fantástica ilha por apenas 909 mil dólares (cerca de 771 mil euros). Apesar disso, e da ótima estadia durante a quarentena, o casal e os filhos querem voltar a fazer as malas e por isso vender a ilha. O objetivo é mudarem-se para mais perto da família que vive na Nova Zelândia.

A família guarda agora as memórias dos dias na ilha. “Adoraríamos entregar a ilha a alguém que cuidasse dela tanto quanto nós cuidamos, é um lugar muito especial e, idealmente, os novos proprietários devem encontrar tanta alegria na beleza e na natureza deslumbrante quanto nós”, contou o casal à CNN Travel.

Esta não é a primeira vez que a família abre “as portas” da ilha. Em 2010, os Rumble alugaram a ilha à conhecida empresa Queensland Beer, que mudou o nome da Pumpkin Island para promover a sua cerveja.

De 2012 a 2013, a ilha foi também alugada a uma cervejaria que a utilizou para promover a cerveja Castlemaine XXXX, sendo renomeada para XXXX durante esses anos.

Segundo o Bussiness Insider, na altura houve uma competição onde os clientes que encontrassem uma lata de cerveja dourada podiam ganhar umas férias na ilha.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Spike Lee vai produzir série documental para o 20.º aniversário dos atentados de 11 de setembro

O realizador Spike Lee está a preparar uma série documental para estrear no 20.º aniversário dos atentados do 11 de Setembro, um "retrato sem precedentes" dos nova-iorquinos e da capacidade de recuperação depois da destruição …

Guru de investimentos, Warren Buffett, assume ter cometido um "erro"

O bilionário norte-americano Warren Buffett, considerado o "guru" dos mercados de investimento, assumiu ter cometido um erro quando adquiriu, em 2016, a Precision Castparts por 32,1 mil milhões de euros. Na carta que escreve anualmente para …

Governo "devolve" 59 milhões em TSU às empresas para compensar aumento do salário mínimo

O Governo vai "compensar" as empresas em aproximadamente 59,2 milhões de euros devido ao aumento do salário mínimo nacional, estimou o ECO, tendo por base os dados avançados pelo Executivo aos parceiros sociais. De acordo com …

Decisões tardias, jogos políticos ou desinformação. Por que razão a República Checa não está a conseguir fugir da pandemia

Numa altura em que vários países da Europa começam a pensar em desconfinar, o oposto acontece na República Checa. O país já ultrapassou as 20 mil mortes e volta a entrar num novo confinamento. Mas …

Ministério Público abre inquérito para averiguar adjudicações de vereador de Coimbra

A Procuradoria-Geral da República afirmou esta terça-feira que instaurou um inquérito para averiguar as alegadas adjudicações feitas pelo vereador Jorge Alves, que renunciou ao cargo, nos Transportes Urbanos de Coimbra a uma empresa detida pelo …

Reino Unido. Dados sobre assassinos e violadores não foram enviados para a UE

A condenação no Reino Unido de 109 assassinos, 81 violadores e um indivíduo que cometeu ambos os crimes não foi transmitida aos países da União Europeia (UE) devido a uma falha informática e ao consequente encobrimento …

Vaga de frio no Texas. Mulher processa empresa de energia depois de receber conta de 9.000 dólares

Uma mulher residente no estado do Texas, nos Estados Unidos, avançou com uma ação coletiva de mil milhões de dólares contra o seu fornecedor de energia depois de a empresa apresentar uma conta de eletricidade …

Sérgio Conceição elogia SC Braga e fala de pessoas "subservientes" que querem "tachinhos"

Na antevisão do jogo com o SC Braga, marcado para esta quarta-feira, a contar para a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, Sérgio Conceição referiu-se a algumas incidências do último dérbi, mostrou-se desagradado …

Arábia Saudita. Repórteres sem Fronteiras pedem acusação do príncipe herdeiro pela morte de Khashoggi

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) entrou com uma ação judicial na Alemanha, na qual pede a acusação do príncipe herdeiro saudita Mohammed Bin Salman por crimes contra a humanidade, incluindo o assassinato do jornalista …

População prisional reduziu 18% nos últimos quatro anos

A ministra da Justiça salientou hoje que, nos últimos quatro anos, a população prisional baixou de 13.779, no final de 2016, para 11.300 no final de 2020, o que traduz uma redução de cerca de …