PSD quer passe social da Área Metropolitana de Lisboa alargado ao Entroncamento

O PSD vai propor o alargamento da coroa do passe social da Área Metropolitana de Lisboa ao Entroncamento, isto porque quem quem vive no distrito de Santarém paga mais 300% pelo transporte para a capital.

O PSD anunciou esta segunda-feira que vai propor o alargamento da coroa do passe social da Área Metropolitana de Lisboa ao Entroncamento, argumentando que quem vive no distrito de Santarém paga mais 300% pelo transporte público para a capital.

“Os deputados do PSD e a distrital do PSD de Santarém pretendem levar esta proposta à Assembleia da República e vêm publicamente desafiar o governo a incluir esta solução na proposta de Orçamento de Estado”, anunciou Duarte Marques, deputado social-democrata.

Em causa estão duas propostas, uma para alargar a coroa do passe social, que atualmente termina na Azambuja, até ao Entroncamento, e outra para “atribuir como bónus a totalidade ou um desconto de 50% na compra do passe de Lisboa (Navegante ou Lisboa Viva) a quem tiver um passe de um percurso superior exterior à coroa da Área Metropolitana de Lisboa ou a 50 quilómetros de distância de Lisboa”.

“Quem vive em Santarém e utiliza o comboio para chegar à capital, demora provavelmente o mesmo tempo que quem vive em Cascais ou em Sintra, muito embora gaste mais 300% pela compra do passe social”, sustenta Duarte Marques, em comunicado.

O deputado sublinha que “Santarém, Cartaxo, Almeirim, Torres Novas, Tomar ou Entroncamento são concelhos com cada vez mais movimentos pendulares diários para Lisboa, uma vez que o aumento exponencial do preço da habitação na capital tem promovido ainda mais a opção de viver fora da cidade, em concelhos onde o custo de vida é mais baixo”.

O PSD aponta que “um habitante da Azambuja paga de passe 55 euros, mas se for do Cartaxo, 12km ao lado, já paga 134 euros e de Santarém 161 euros sem esquecer que como são passes fora da AML não podem ser combinados, logo estas pessoas têm que adquirir um segundo passe para circularem dentro da cidade de Lisboa (+ 40 a 50 euros)”.

“Acreditamos que se o preço do comboio entre Entroncamento e Lisboa for mais acessível nos comboios mais rápidos seriam uma alternativa bastante competitiva para os cidadãos que se deslocam diariamente entre o distrito de Santarém e Lisboa. Além de se reduzir o fluxo de trânsito em Lisboa, melhorava-se a qualidade de vida destas pessoas e atraía-se mais gente para viver no Ribatejo”, sustenta Duarte Marques.

Por outro lado, para “além dos trabalhadores, há muitos estudantes universitários que fazem este percurso diariamente porque não conseguem arrendar um quarto com os preços atuais”, aponta.

António Costa anunciou a 1 de outubro anunciou, em entrevista à TVI, que a proposta do Governo para o Orçamento do Estado para 2019 conterá “uma inovação radical em matéria de transportes, com um passe único” nas áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Quando foram governo nunca se “lembraram” deste pormenor… e de outros também importantes para a vida das pessoas. Agora é que “acordaram”… Mas o que lá está agora, segue os mesmos critérios.

    • Quanto eles foram para o governo estiveram a tentar tapar o buraco gigantesco que os seus amiguinhos deixaram ou já não se recorda?! Se agora é possível crescer e dar algumas melhorias de vida à população não se deve ao seu partido mas àqueles que agora o senhor critica. Caso contrário estariam também a tapar buracos, o que não é o caso.

RESPONDER

Santos Silva diz que notícia sobre “despesas supérfluas” da presidência da UE é “ridícula“

O ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros considera “ridícula” a notícia avançada na quinta-feira pelo jornal Politico que dava conta de “despesas supérfluas e contratos de patrocínio” durante a presidência portuguesa do Conselho da União …

UE tem de libertar-se da "má vontade" e negociar entre iguais, diz Reino Unido

A União Europeia (UE) deve libertar-se da sua má vontade e construir uma boa relação com o Reino Unido como soberanias iguais, disse no domingo o conselheiro do Governo britânico David Frost, prometendo defender os …

Acordo com Groundforce falha por acionista maioritário ter ações penhoradas

O acordo entre a TAP e a Pasogal, acionista da Groundforce, falhou, porque as ações do acionista já estão penhoradas e, assim, não podem ser dadas como garantia, disse à Lusa fonte oficial do Ministério …

Apenas 24 países têm mulheres no poder. Igualdade de género alcançado somente "em 130 anos"

Menos de 500 milhões de pessoas dos cerca de 7,8 mil milhões que constituem a população mundial têm atualmente uma mulher Presidente ou chefe de governo, avançou a ONU Mulher. "Ao ritmo atual, a igualdade de …

Império de Cristiano Ronaldo mudou-se para Portugal (na pista dos benefícios fiscais)

Após ter dissolvido a CRS Holding no Luxemburgo, Cristiano Ronaldo passou a sede de uma das suas principais empresas para Lisboa renomeando-a CR7 Lifestyle Unipessoal. Nesta altura, o craque já tem seis empresas instaladas em …

Coro de crianças na Alemanha compõe música de apoio a Portugal

Um coro com cerca de quatro dezenas de crianças, da cidade de Tecklenburg, na Alemanha, criou uma música para "dar conforto" aos portugueses durante a pandemia de covid-19. "Quando eu li nas notícias sobre a situação …

Pelo menos 6% das portuguesas já foram vítimas de agressão física ou sexual

No dia em que se assinala o Dia Internacional da Mulher, a Pordata compilou um conjunto de indicadores que retratam a situação da mulher, em Portugal e na União Europeia.  Segundo o Eurostat e a Agência …

PS exige "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro

As federações do PS de Aveiro, Coimbra, Guarda, Leiria, Oeste, Santarém e Viseu exigiram este domingo a "demissão imediata" de Pedro Machado da presidência da Turismo Centro de Portugal (TCP) e a convocação de eleições …

“Opaco” e “mal estruturado”. Pilotos criticam plano de adesão voluntária da TAP

Esta segunda-feira, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) definiu o programa de medidas voluntárias da TAP como “mal estruturado”, “absolutamente opaco” e com “deficiências de informação”. A direção de recursos humanos da companhia “revela-se …

"Bolsonaro pode estar a preparar guerra civil", temem politólogos

Politólogos ouvidos pelo DN temem que o Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, possa estar a preparar uma guerra civil. "Deseja armar a população, confia em poderes paralelos e estimula a indisciplina dos escalões mais baixos …