PSD bate no fundo e a maioria foge ao PS (quem lucra é Santana)

Miguel A. Lopes / Lusa

Rui Rio, Pedro Santana Lopes

O PSD revela o pior resultado desde 1976 numa sondagem quando Rui Rio enfrenta o desafio de Luís Montenegro à sua liderança. O PS também desce, ficando mais longe da maioria absoluta, e o partido de Pedro Santana Lopes ganha força.

Na sondagem realizada para o Expresso e para a SIC, o PSD surge com apenas 24,8% nas intenções de voto, o que constitui o pior resultado do partido desde 1976, quando os sociais-democratas de Francisco Sá Carneiro contaram apenas 24,3% dos votos nas eleições legislativas.

Estes números surgem quando a liderança de Rui Rio está fragilizada, depois de Luís Montenegro, ex-líder parlamentar dos sociais-democratas, se ter apresentado como candidato à presidência do PSD, pedindo eleições antecipadas no partido.

O mau desempenho do PSD nas previsões de voto foi precisamente um dos argumentos avançados por Montenegro para avançar como candidato, vaticinando que o partido pode ter “uma derrota humilhante” caso Rio continue na liderança.

Quando o actual presidente do PSD assumiu o cargo há um ano, os sociais-democratas tinham 26,9% das intenções de voto. Em Março de 2018, Rio ainda conseguiu levar o partido até aos 28,4%, mas desde então foi sempre a cair.

O PSD está, agora, a 15,2 pontos percentuais do PS que também está em queda, situando-se nos 40%, com uma quebra de 1,8 pontos percentuais. Os socialistas estão mais longe do objectivo da maioria absoluta.

E quem ganha com as quedas de PS e PSD é o partido Aliança de Pedro Santana Lopes que, sem sequer estar em campanha activa, consegue 4% das intenções de voto. Com este resultado nas próximas eleições europeias, Santana conseguiria eleger o cabeça de lista do Aliança, Paulo Sande, para o Parlamento Europeu.

Quem mantém as mesmas intenções de voto são o Bloco de Esquerda, com 7,6%, o CDS e a CDU (a coligação PCP e Os Verdes), com 7,1% cada.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Não acredito nas sondagens que dão o Pedro a subir, quem vai votar num homem que foi a eleições como candidato num partido que dizia acreditar e defendeu durante Anos, (partido que lhe deu todo o protagonismo), não ganha, sai, arrasa o partido, (que fez dele o Santana Lopes), cria um partido apenas pensando na sua reforma, porque não será necessário muito para conseguir um lugar no Parlamento.
    Quando houver eleições nesse partido, se não ganhar sai e forma outro.

  2. PSD ainda não bateu no fundo, calma, o Luis Montenegro ainda não acabou o trabalho dele. Depois disso, sim, o PSD estará no fundo, ou como quem diz, “fundido”.

  3. O que se está a passar com o PSD,não é novidade, assim como já aconteceu com o Partido Socialista.
    Outras crises já foram ultrapassadas.
    Temos de dar força ao Rui Rio, pois é no meu entender a pessoa indicada para reduzir ao acabar com a rapaziada que só quer poder e protagonismo.
    Os grandes interesse de Portugal tem de estar a cima das querelas ambíguas das pessoas que só querem é a cadeira do poderão ter. e estão-se borrifando para os interesses do Povo.
    O que fez Santana Lopes enquanto esteve no cargo de 1.º Ministro?
    Montenegro, o que fez pelo Povo, enquanto líder parlamentar do PSD?
    A cegueira pelo poder, leva ao desrespeito dos valores da democracia. O congresso com todos os ses e mas, elegeu o Rui Rio.
    Montenegro e Santana, demonstram que não sabem perder.
    O meu voto, não vão ter.

RESPONDER

Portugal foi o país da Europa que mais pagou a agentes de futebol

Em 2019, Portugal foi o país da Europa que mais gastou em comissões a agentes nos processos de venda de jogadores de futebol. Os números são de um relatório FIFA, citado esta quinta-feira pelo Jornal de …

"Agregar, agregar, agregar". Se vencer, Pinto Luz conta com Rio e Montengro

O candidato à liderança do PSD Miguel Pinto Luz disse que caso vença as diretas de 11 de janeiro quer contar os seus adversários nesta corrida - o antigo líder parlamentar Luís Montenegro e o …

Açores são o único arquipélago do mundo com certificado de destino turístico sustentável

Os Açores são a primeira região do país certificada como destino turístico sustentável, distinção atribuída a apenas 13 regiões no mundo e entregue esta quinta-feira com a categoria de "prata" pela certificadora Earthcheck. "É com profundo …

Kendrick Lamar atua em data extra do Alive

O rapper norte-americano Kendrick Lamar vai atuar a 8 de julho, num dia extra do festival Alive, no Passeio Marítimo de Algés, em Oeiras. Esta será a terceira vez que o rapper atua em Portugal, tendo …

Hugh Grant em campanha porta a porta contra Boris Johnson e o Brexit

Hugh Grant está em campanha contra o primeiro-ministro do seu país. O ator britânico decidiu juntar-se aos trabalhistas e liberais democratas para derrotar Boris Johnson e, nos últimos dias, tem participado em ações de campanha …

Sarah previu a vitória de Trump em 2016. Agora, alerta para o perigo das redes sociais

Sarah Kendzior, que previu a vitória de Donald Trump nas eleições presidenciais de 2016, diz que as redes sociais podem ser utilizadas como uma arma política. Quando quase todos menosprezavam a corrida eleitoral de Donald Trump …

Marcelo "afasta-se" do encontro entre Pompeo e Netanyahu

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, garantiu esta quinta-feira que o encontro, que decorre em Lisboa, entre o secretário de estado dos Estados Unidos e o primeiro ministro israelita "é uma realidade que …

Economia portuguesa cresce acima da média europeia

As economias da zona euro e da União Europeia (UE) mantiveram, no terceiro trimestre, o ritmo de crescimento do período homólogo, respetivamente 1,2% e 1,4%, com Portugal a avançar acima da média (1,9%). Segundo revelou o …

Atendimento a sem-abrigo passa a ser feito independentemente da morada

O atendimento de emergência a pessoas sem-abrigo passa a poder ser feito em qualquer centro distrital da Segurança Social, independentemente da morada em que a pessoa está registada ou da existência de um processo familiar, …

Catarina Martins presente na contra-cimeira do clima em Madrid

A coordenadora do BE integra a comitiva bloquista que, na sexta-feira, vai a Madrid para a manifestação da contra-cimeira do clima, enquanto decorre na capital espanhola a cimeira da Organização das Nações Unidas, a COP25. Em …