“Ecossistemas tóxicos.” PSD e PCP estudam mais incompatibilidades para autarcas

Ricardo Castelo, Rodrigo Antunes / Lusa

Rui Rio (PSD), Jerónimo de Sousa (PCP)

O PSD está a estudar a hipótese de limitar as funções que os autarcas podem exercer em instituições que dependem direta ou indiretamente do poder local. PCP, PEV, PAN e Chega também estão disponíveis para estudar soluções que evitem a acumulação de cargos.

Em muitos casos, os autarcas locais ocupam funções em órgãos sociais que dependem dos apoios destas autarquias ou têm relações com o poder local. O caso do Lar de Reguengos de Monsaraz trouxe à tona este problema: quatro dos cinco membros do conselho de administração são ou foram autarcas do PS.

Ao Expresso, o PSD admite que este “é um tema que merece ser ponderado“. Por isso, o gabinete de Rui Rio admite estar a estudar a hipótese de limitar as funções que os autarcas podem exercer em instituições que dependem direta ou indiretamente do poder local.

Por sua vez, o PCP recorda que estas “matérias estão reguladas na lei com alguma profundidade”, mas não exclui a hipótese de a corrigir. “Sem prejuízo, pode sempre haver alguma iniciativa legislativa caso haja necessidade, não para resolver casos concretos, mas para enquadramento geral dessas matérias”, garantiu fonte oficial do partido.

Os Verdes estão alinhados: “[Estamos] disponíveis para analisar e votar toda e qualquer iniciativa que vise melhorar o funcionamento dos lares”.

Ao semanário, o PAN e o Chega asseguraram que vão avançar com iniciativas legislativas para impedir este tipo de acumulação de funções. “Não é possível ser-se parcial quando se tem interesses nos dois lados de uma atividade”, justificou André Ventura.

Mesmo denunciando a existência de uma cultura que promove “linhas de reporte pouco claras”, “nomeações por mera fidelidade” e tendência para a “desresponsabilização” permanente, a Iniciativa Liberal não se compromete com mais. O PS e o Bloco de Esquerda preferiram não fazer comentários sobre esta questão.

“Temos demasiadas relações de proximidade excessiva e promiscuidade entre as pessoas que servem nos municípios e que depois aparecem em cargos de direção nas associações de bombeiros locais, IPSS ou Santa Casa”, disse João Paulo Batalha, presidente da Associação Transparência e Integridade (TIAC).

Acabamos a viver em ecossistemas tóxicos em que tudo, de forma direta ou indiretamente, vai dar ao presidente da câmara”, concluiu.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Podem aproveitar e legislar para que os deputados e os autarcas não possam exercer funções quando tem interesses empresariais, nem negociar em nome de empresas em que eles próprios tem interesses.

RESPONDER

PSD confiante num plano de vacinação "a tempo e horas". CDS diz que se anda a "correr atrás do prejuízo"

O presidente do PSD considerou que o plano de vacinação para a covid-19 vai ser "polémico", mas disse acreditar que o Governo vai conseguir concluí-lo "a tempo e horas". Já o presidente do CDS-PP pediu …

Altice escreve a Costa a criticar leilão do 5G (e a informar sobre suspensão de projeto)

Os acionistas do grupo Altice Patrick Drahi (presidente) e Armando Pereira escreveram ao primeiro-ministro a criticar as regras do leilão do 5G, informando que, perante o atual panorama regulatório, veem-se forçados a suspender projetos. "Lamentamos que, …

Anulação de transferência para o Novo Banco foi um "percalço"

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho, considerou hoje que a anulação, pelo parlamento, da transferência de 476 milhões de euros do Fundo de Resolução para o banco foi um "percalço". "O percalço que aconteceu …

Videojogos podem estar a ser usados para espalhar ideologia extremista e preparar ataques

Os videojogos 'online' podem estar a ser usados ​​para propagar ideologias extremistas e para preparar ataques terroristas, afirmou o coordenador antiterrorista da União Europeia (UE), Gilles de Kerchove. A 09 de novembro, Gilles de Kerchove já …

Ex-ministro grego Yanis Varoufakis pede boicote à "black friday" da Amazon

O economista e ex-ministro das Finanças grego Yanis Varoufakis pediu um boicote de um dia à Amazon, na 'black friday', enquanto sindicalistas, ativistas ambientais, defensores da privacidade e da justiça tributária planeiam ações coordenadas contra …

Bolsonaro nega ter chamado covid-19 de "gripezinha", mas fê-lo pelo menos duas vezes

O Presidente brasileiro negou na quinta-feira ter-se referido à covid-19 como "gripezinha", afirmando que não há nenhum registo que prove o oposto, apesar de a imprensa ter partilhado pelo menos dois vídeos com esse conteúdo. "Falei …

Cuba anuncia mais duas vacinas e já conta com quatro possíveis fármacos contra a covid-19

Cuba anunciou esta quinta-feira que vai começar os ensaios clínicos de dois projetos de vacinas contra a covid-19, que aumentam para quatro o número de possíveis fármacos deste tipo desenvolvidos na ilha para combater a …

Governo garante que não haverá limite de idade na vacinação. Marcelo fala em "ideia tonta"

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde garantiu, esta sexta-feira, que a vacinação para a covid-19 não terá qualquer limite de idade e que os idosos e doentes com comorbilidades serão uma prioridade. Numa conferência …

Descontos nas ex-SCUT poupam privados, mas é o Estado quem sai lesado

Os descontos nas ex-SCUT, aprovados em Parlamento esta quinta-feira, poupam os privados, mas geram perdas de 1.500 milhões de euros para o Estado. Uma maioria de deputados ditou a aprovação da parte de uma proposta do …

Portugal com mais 67 mortes e 5444 novos casos de covid-19

Portugal regista, esta sexta-feira, mais 67 mortes e 5444 novos casos de infeção por covid-19, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da DGS, dos 5444 novos casos, 3161 …