PS quer englobar mais rendimentos no IRS

João Relvas / Lusa

O PS incluiu no seu projeto de programa eleitoral uma proposta para englobar mais rendimentos em IRS. A medida tem sido reclamada pelos parceiros políticos.

A ideia não é fazer o englobamento de outros rendimentos no IRS de um dia para o outro, mas ir aplicando o princípio de forma faseada, de acordo com o ECO. No projeto de programa eleitoral para a área das desigualdades, os socialistas revelam que querem “caminhar no sentido do englobamento dos diversos tipos de rendimentos em sede de IRS, eliminando as diferenças entre taxas”.

A intenção é “promover a progressividade fiscal” e, assim, combater as desigualdades em Portugal. O programa eleitoral está a ser coordenado por João Tiago Silveira, responsável pelo gabinete de estudos do PS, e será apresentado na convenção socialista marcada para 20 de julho. Para já, o partido vai apresentando os projetos de programa em quatro áreas – desigualdades, alterações climáticas, demografia e sociedade digital – para lançar ideias para debate público e recolher sugestões.

No cálculo do IRS a pagar, o Fisco junta os rendimentos das pessoas singulares para depois aplicar uma taxa que é tanto mais alta quanto maiores forem os rendimentos, variando entre 14,5% e 48%, a que ainda se junta a taxa adicional de solidariedade. No entanto, nem todos os tipos de rendimento são obrigatoriamente englobados naquele cálculo. Alguns podem ficar de fora, ficando sujeitos a uma taxa separada de 28%.

Os rendimentos obtidos com salários de um trabalhador por conta de outrem ou com pensões são obrigatoriamente englobados e ficam sujeitos à taxa do escalão em que o contribuinte é colocado. Mas os rendimentos resultantes de rendas de casas podem pagar a taxa autónoma e os rendimentos de capitais podem suportar uma liberatória.

Bloco de Esquerda e PCP defendem há anos que esta diferença de tratamento deve terminar. Por trás deste princípio está o seguinte raciocínio: se um contribuinte faz parte do escalão que paga a taxa de IRS de 45%, ao ter um rendimento com possibilidade de ser tributado à parte a 28% sai beneficiado.

Agora, o PS inclui esta intenção no projeto de programa, cujo capítulo referente às desigualdades foi divulgado esta quinta-feira, que quer levar às eleições marcadas para 6 de outubro.

No documento não são divulgados detalhes. No entanto, o PS pondera não fazer o englobamento de uma só vez, já que o texto do projeto de programa refere “caminhar no sentido” do englobamento. Não  claro se a ideia é conseguir um englobamento total ou se se trata de um englobamento para rendimentos acima de um determinado valor.

No ano passado, o Governo e o PCP negociaram uma medida de englobamento que não chegou a ficar na lei. A proposta comunista previa que os contribuintes que no conjunto tivessem rendimentos brutos superiores a 100 mil euros passassem a ser obrigados a fazer o respetivo englobamento para efeitos de IRS.

O PCP calculava que esta proposta renderia aos cofres públicos 100 milhões de euros de receita adicional. Também o Bloco de Esquerda tem insistido nesta medida, usando até como argumento que esta é uma forma de aliviar os impostos sobre salários e pensões. No entanto, durante esta legislatura, a medida nunca avançou.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Supremo Tribunal recusa recurso de George Pell. Cardeal continua a cumprir pena de prisão por abuso de menores

O Supremo Tribunal do estado australiano de Victoria decidiu recusar o recurso que foi interposto pelos advogados do cardeal australiano George Pell contra a sua condenação a seis anos de prisão por pedofilia. De acordo com …

Já sabemos como era o rosto de Hilda, uma das druidas mais antigas da Escócia

Uma estudante da Universidade de Dundee, na Escócia, revelou o rosto de um dos druidas mais antigos do país através de uma reconstrução 3D super detalhada. Hilda foi uma mulher druida que viveu durante a Idade …

Refugiados vindos da Turquia já chegaram a Portugal

Um grupo de 16 refugiados chegou na tarde desta terça-feira a Portugal proveniente de Istambul, na Turquia, ao abrigo do Programa Voluntário de Reinstalação do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), anunciou …

Militares na reserva e reforma fazem queixa-crime contra Gomes Cravinho

O ministro da Defesa, João Gomes Cravinho, foi alvo de uma queixa-crime junto da Procuradoria-Geral da República (PGR) pela alegada prática do crime de ofensa a organismo serviço ou pessoa coletiva. A notícia é avançada pelo …

SEF recorre ao Ministério Público por suspeita de venda de vagas de atendimento

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) apresentou uma participação ao Ministério Público, por indícios de crime de auxílio à imigração ilegal, devido à alegada venda de vagas de atendimento em portais de anúncios classificados. A …

Cientistas desmascaram teoria comum sobre canhotos

Desde sempre houve muitas alegações sobre o que significa ser canhoto e se muda o tipo de pessoa que alguém é — mas a verdade é quase um enigma. Mitos sobre a lateralidade aparecem ano após …

Arranca a greve na Ryanair. Empresa não descarta atrasos ou mudanças de voos

Os tripulantes da Ryanair começam esta quarta-feira uma greve de cinco dias, até domingo, convocada pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) e que conta com serviços mínimos decretados pelo Governo. Nesta …

O navio Open Arms já atracou em Lampedusa

O navio Open Arms chegou ao porto da ilha de Lampedusa por volta da meia-noite, hora italiana, depois do procurador de Agrigento, Luigi Patronaggio, ter ordenado a apreensão do navio e o desembarque imediato dos …

Fernando Haddad condenado a quatro anos e meio de prisão

O ex-prefeito de São Paulo e antigo candidato às Presidenciais brasileiras foi condenado a quatro anos e seis meses de prisão, em regime semiaberto, por recursos financeiros não declarados durante a eleição municipal de 2012. Fernando …

Reunião com motoristas termina sem acordo. Há troca de acusações e uma nova greve à vista

Falhou esta terça-feira o acordo para iniciar um processo de mediação entre Antram, que representa as empresas, e o Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP). A Antram acusou, esta terça-feira, o Sindicato dos Motoristas …