PS está de olho na nova igualdade parental espanhola (e quer o mesmo em Portugal)

Lies Thru a Lens / Flickr

A deputada do PS Carla Tavares, que intervém nas comemorações do Dia Internacional da Mulher, em Bruxelas, vai propor que os 28 sigam o exemplo da Espanha, que acaba de ampliar a licença de parentalidade para 16 semanas – tanto para homens, como para mulheres.

O Governo de Pedro Sánchez aprovou, na passada sexta-feira, a equiparação das licenças de paternidade e maternidade, colocando assim o nosso país vizinho na liderança da Europa. A medida será implementada gradualmente em Espanha para que, a partir de 2021, ambos os pais de recém-nascidos disponham de 16 semanas pagas integralmente.

A deputada socialista Carla Tavares elogia a medida espanhola e adianta que o PS trabalhará para que a mesma seja também aplicada em Portugal.

“No futuro, esse é o nosso objetivo. Vou estar nas comemorações do Dia Internacional da Mulher em Bruxelas, numa sessão interparlamentar, e conto fazer esse desafio aos Estados membros”, disse Carla Tavares ao Diário de Notícias. As comemorações decorrem esta quinta-feira, em Bruxelas.

“Estamos a falar de uma Europa onde a maior parte dos Estados membros nem sequer tem a partilha da licença parental, como acontece em Portugal. É importante que a licença parental seja paritária, o que não tem que ver apenas com os direitos das mulheres, mas também com os direitos dos pais. Cada vez mais, os homens querem ficar com os seus filhos e têm esse direito”, acrescentou ainda a deputada.

Apesar de não ser ainda nesta legislatura, Carla Tavares promete que os socialistas de tudo farão para que aconteça o mais rapidamente possível.

Ainda assim, a deputada reconhece que têm sido dados passos importantes, como um conjunto de propostas, que serão votadas na próxima semana na especialidade. Votar-se-á, entre outras medidas, o alargamento de 15 para 20 dias da licença obrigatória do pai.

No caso dos prematuros, será acrescido à licença o tempo em que o bebé esteve internado mais um mês, período de tempo dado “para corrigir a idade”. Nos outros casos, será sempre integrada à licença o tempo de internamento, adianta o DN.

A licença parental em Portugal é de 120 dias, pagos a 100%, ou 150, pagos a 80%. Os primeiros 42 dias de licença após o nascimento do bebé têm de ser obrigatoriamente gozados pela mãe. O pai é obrigado a gozar 15 dias úteis, tendo cinco de ser gozados logo a seguir ao nascimento e os restantes no primeiro mês.

O Governo espanhol justificou o alargamento da licença parental – tanto para homens como para mulheres – como mais um passo para a igualdade de género, tornando-se o país com o período de licença para homens mais alargado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Qualquer coisa envolve custos..Esses custos são repassados para os produtos ou serviços,prejudicando investimentos..Ou seja,qualquer benefício social já nasce com data de validade…

RESPONDER

Olhos postos no Senegal. Violentos protestos contra a prisão do opositor do Governo

Os confrontos no Senegal, os piores dos últimos anos, foram desencadeados pela detenção do líder da oposição Ousmane Sonko. Os confrontos eclodiram em Dakar, na quinta-feira, depois de o principal líder da oposição, Ousmane Sonko, ter …

Grupo de cientistas questiona missão da OMS e pede investigação independente na China

Um grupo de cientistas está a pedir uma investigação independente sobre a origem do Sars-CoV-2, com acesso total aos registos da China. Um grupo de cientistas escreveu uma carta aberta, divulgada nos jornais Le Monde e …

Brasil a braços com uma tragédia anunciada. República Checa pede ajuda estrangeira

No Brasil, o número diário de mortes já ultrapassou o dos Estados Unidos. Alemanha, Suíça e Polónia estão a disponibilizar os seus hospitais para receber casos graves de covid-19 da República Checa. Em relação a número …

Iniciativa Liberal diz não a Moedas e avança com candidatura em Lisboa

Este sábado, a Iniciativa Liberal rejeitou integrar a megacolicação encabeçada por Carlos Moedas e anunciou um candidato próprio à Câmara de Lisboa.  Foi este sábado, na Praça do Município, que João Cotrim de Figueiredo, líder do …

Agente da PSP que chamou "aberração" a Ventura suspenso por 10 dias

A Direção Nacional da Polícia de Segurança Pública (PSP) confirmou a suspensão de dez dias a Manuel Morais, o agente que chamou "aberração" a André Ventura. O agente da PSP Manuel Morais vai iniciar, este sábado, …

1.007 novos casos e 26 mortes nas últimas 24 horas

Portugal registou este sábado 26 mortes e 1.007 novos casos de infeção nas últimas 24 horas, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS). O boletim epidemiológico deste sábado, divulgado pela Direção-Geral da Saúde, dá conta de 1.007 …

Publicada lista de entidades abrangidas por alargamento da ADSE

A ADSE já publicou a lista de entidades abrangidas pelo alargamento do subsistema de saúde da função pública aos trabalhadores com contrato individual de trabalho. As entidades reguladoras e a maioria das empresas municipais foram …

O "caminho ainda é longo", mas Portugal já administrou um milhão de vacinas

Esta sexta-feira, Portugal ultrapassou o marco do primeiro milhão de vacinas administradas, mas o "caminho ainda é longo". Portugal ultrapassou, esta sexta-feira, um milhão de vacinas contra a covid-19 administradas, uma marca que o secretário de …

Cavaco fala em "democracia amordaçada" (e na "vergonha" dos números da pandemia)

Este sábado, numa participação na Academia de Formação Política das Mulheres Sociais-Democratas, Cavaco Silva deixou duras críticas ao Executivo de António Costa, sublinhando que a pandemia mostrou um "SNS fragilizado por decisões erradas do governo". O …

Remédio contra piolhos está a ser usado contra covid-19. Infarmed e DGS investigam

"Centenas" de doentes de covid-19, em Portugal, têm sido tratados com o antiparasitário Ivermectina que é usado contra piolhos e lombrigas. Há médicos que o prescrevem e que também o tomam a título preventivo, embora …