PS acusa PSD e CDS de fazerem “coligações negativas” contra autarcas socialistas

(dr) PSocialista / Flickr

José Luis Carneiro

O PS acusou hoje o PSD e o CDS-PP de se prepararem para fazer “coligações negativas” contra os autarcas socialistas e adiantou que anunciará a maioria dos seus candidatos autárquicos até à primeira quinzena de abril.

Estas posições foram transmitidas pelo secretário-geral adjunto do PS, José Luís Carneiro, em conferência de imprensa, na Assembleia da República, depois de PSD e CDS-PP terem apresentado publicamente na terça-feira um acordo político para as eleições autárquicas.

José Luís Carneiro acusou as direções do PSD e do CDS-PP de não terem feito acompanhar o anúncio das suas coligações “de um contributo sobre o futuro do desenvolvimento do Poder Local democrático”.

“O anúncio desta coligação não trouxe uma única proposta, uma única ideia sobre a visão para o desenvolvimento local. Tirando o detalhe contabilístico, PSD e CDS-PP limitaram-se a dizer que estariam contra o PS e contra os autarcas socialistas. Por não estarmos perante uma ideia, uma visão e uma proposta sobre o desenvolvimento local, consideramos que esta é uma coligação negativa”, salientou o “número dois” da direção do PS.

Questionado sobre a proposta do PSD no sentido de se adiar de setembro/outubro para novembro/dezembro as eleições autárquicas, José Luís Carneiro voltou a rejeitá-la.

“Não deixa de ser curioso que quem antecipa calendários sobre autárquicas tem precisamente como proposta o adiamento das eleições autárquicas. No entender do PS, esse adiamento não serve os interesses democráticos”, disse.

Interrogado sobre os calendários já definidos pelo PS em relação às eleições autárquicas, José Luís Carneiro respondeu que, “até ao fim de março, ou primeira quinzena de abril, estará definido o essencial das candidaturas” socialistas.

“Mas, antes das candidaturas, há um trabalho programático, que tem a ver com a história do PS no Poder Local democrático e com os grandes compromissos das nossas candidaturas”, afirmou.

No mês de abril, por ocasião das comemorações da fundação do PS, segundo José Luís Carneiro, “serão divulgadas as marcas” deste partido “no Poder Local democrático desde 1976”.

“Vamos mostrar como os autarcas socialistas, por todo o país, foram capazes de trabalhar com as populações na edificação de infraestruturas de água, saneamento, de transportes rodoviários, mas também nas infraestruturas escolares, de saúde e de habitação. O PS esteve na erradicação das barracas em grandes centros urbanos e nos investimentos em qualificação e inovação económica local”, sustentou.

Por esta altura também, de acordo com o secretário-geral adjunto dos socialistas, “serão apresentadas as linhas programáticas fundamentais do partido para as eleições autárquicas”.

“Depois da visão programática apresentada, aparecerão então as protagonistas e os protagonistas para entregarem as suas vidas ao desenvolvimento das comunidades locais”, acrescentou.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

TAP. Bruxelas reconhece importância de salvar companhia mas sem distorcer concorrência

A Comissão Europeia reconhece a importância de o Estado português salvar a TAP, mas receia que o auxílio de 3.200 milhões à reestruturação viole as regras de concorrência e duvida que o mesmo garanta de …

Há 101 concelhos sem farmácias com testes comparticipados

Apesar de 461 farmácias já poderem fazer vender testes à covid-19 comparticipados, ainda há 101 concelhos sem qualquer apoio do Estado. Apesar de o Governo ter decidido comparticipar, há cerca de um mês, a 100% a …

Ataque ao Capitólio. Mais dois polícias cometeram suicídio, elevando o total para quatro

Depois da morte de dois agentes poucos dias depois do ataque, a Polícia Metropolitana confirmou que em Julho mais dois polícias que defenderam o Capitólio cometeram suicídio. Mais dois agentes de polícia que responderam à insurreição …

"Estamos do seu lado", garante Boris Johnson à opositora bielorrussa

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, disse esta terça-feira à líder da oposição bielorrussa no exílio, Svetlana Tikhanovskaya, que está “do seu lado” e do da Bielorrússia. Johnson manifestou “o seu forte apoio” a Tikhanovskaya “e ao …

Grupos negativos com "reservas muito em baixo". Federação apela para dádiva de sangue antes das férias

Federação Portuguesa de Dadores Benévolos de Sangue (FEPODABES) apelou esta terça-feira à dádiva de sangue antes de férias e sublinhou a necessidade de sangue dos grupos O-, A- e B -, que têm as reservas …

Multas nas praias. Falta de máscaras e ajuntamentos são as ações mais observadas pela polícia

A época balnear voltou a iniciar-se de uma forma diferente dos outro anos, com regras para os banhistas e donos de concessões. Quem não cumprir está sujeito a multas - o que tem sido uma …

EUA. Pelo menos dois feridos em tiroteio junto ao Pentágono. Edifício está encerrado

Um tiroteio esta terça-feira numa paragem de autocarros e metro junto ao Pentágono, em Arlington, Virgínia, nos Estados Unidos (EUA), causou pelo menos dois feridos. Segundo avançou o Correio da Manhã, imagens do local mostram os …

Ibiza planeia ter "detetives" estrangeiros infiltrados em festas ilegais

Medida tem como objetivo controlar as festas ilegais, promovidas com frequência nas redes sociais e que atraem locais, turistas e trabalhadores sazonais. Perante o número de casos crescente — a incidência está acima dos 1.800 casos …

Jogos Olímpicos: "Não temos naturalizados, não somos o Qatar"

Selecionador da seleção de andebol do Bahrein, que afastou Portugal dos quartos-de-final, lembra que muitos dos jogadores apurados são amadores. Portugal com dois pontos, Bahrein com dois pontos, Japão com dois pontos. Na diferença entre golos …

"Não acredito neste tempo! Não pode ser! Não pode ser!" - recorde mundial incrível em Tóquio

Adam Gemili protagonizou o momento mais dramático da manhã em Tóquio, mas o destaque vai para o incrível recorde mundial nos 400 metros barreiras. "Bem, não acredito neste tempo! Não é possível! 45.94! Não pode ser! …